Artigo 312 do Decreto Lei nº 3.689 de 03 de Outubro de 1941

CPP - Decreto Lei nº 3.689 de 03 de Outubro de 1941

Art. 312. A prisão preventiva poderá ser decretada como garantia da ordem pública, da ordem econômica, por conveniência da instrução criminal ou para assegurar a aplicação da lei penal, quando houver prova da existência do crime e indício suficiente de autoria e de perigo gerado pelo estado de liberdade do imputado. (Redação dada pela Lei nº 13.964, de 2019) (Vigência)
Parágrafo Único.
(Revogado)
A prisão preventiva também poderá ser decretada em caso de descumprimento de qualquer das obrigações impostas por força de outras medidas cautelares (art. 282, § 4o).
(Revogado)
(Incluído pela Lei nº 12.403, de 2011).
(Revogado)
§ 1º A prisão preventiva também poderá ser decretada em caso de descumprimento de qualquer das obrigações impostas por força de outras medidas cautelares (art. 282, § 4o).
(Incluído pela Lei nº 12.403, de 2011).
(Revogado)
(Redação dada pela Lei nº 13.964, de 2019) (Vigência)
§ 2º A decisão que decretar a prisão preventiva deve ser motivada e fundamentada em receio de perigo e existência concreta de fatos novos ou contemporâneos que justifiquem a aplicação da medida adotada. (Incluído pela Lei nº 13.964, de 2019) (Vigência)

Relaxamento de prisão -1 Direito Penal Seção 1- Estágio II

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUÍZ DA ___ VARA CRIMINAL DA COMARCA DE PORTO SEGURO-BA BRUTUS , brasileiro, solteiro, inscrito no CPF sob o nº xxx, carteira de identidade número xxx, residente e domiciliado…
1
0

Intimação - Ação Penal - Procedimento Ordinário - 0816983-06.2021.8.14.0401 - Disponibilizado em 01/03/2024 - TJPA

NÚMERO ÚNICO: 0816983-06.2021.8.14.0401 POLO PASSIVO J. A. P. M. ADVOGADO(A/S) NORMA SIMONE TIMOTEO DA SILVA | 007346/PA PAULO CLEBER MACIEL BATISTA ANDRE | 26090/PA BRENDA MARGALHO DA ROSA |…

Intimação - Liberdade Provisória Com Ou Sem Fiança - 0003109-13.2024.8.16.0017 - Disponibilizado em 01/03/2024 - TJPR

NÚMERO ÚNICO: 0003109-13.2024.8.16.0017 POLO ATIVO DAVID MAICOM DA SILVA POLO PASSIVO MINISTéRIO PúBLICO DO ESTADO DO PARANá ADVOGADO(A/S) PEDRO HENRIQUE PIRO MARTINS | 368680418/SP DATA DE…

Página 135 da II - Judicial - 2ª Instância do Diário de Justiça do Rio de Janeiro (DJRJ) de 1 de Março de 2024

006. HABEAS CORPUS XXXXX-82.2024.8.19.0000 Assunto: Prescrição / Extinção da Punibilidade / Parte Geral / DIREITO PENAL Origem: CAPITAL VARA DE EXEC PENAIS Ação: XXXXX-12.1987.8.19.0001…
0
0

Página 139 da II - Judicial - 2ª Instância do Diário de Justiça do Rio de Janeiro (DJRJ) de 1 de Março de 2024

021. HABEAS CORPUS XXXXX-70.2023.8.19.0000 Assunto: Estelionato / Crimes contra o Patrimônio / DIREITO PENAL Origem: CAPITAL 27 VARA CRIMINAL Ação: XXXXX-56.2023.8.19.0001 Protocolo:…
0
0

Página 145 da II - Judicial - 2ª Instância do Diário de Justiça do Rio de Janeiro (DJRJ) de 1 de Março de 2024

a execução de crime de homicídio, ao desferir três golpes de faca contra a vítima, os quais atingiram as regiões peitoral e mamilar direita e axilar esquerda. Narra a denúncia que crime somente não…
0
0

Página 146 da II - Judicial - 2ª Instância do Diário de Justiça do Rio de Janeiro (DJRJ) de 1 de Março de 2024

tal natureza só são completamente elucidados quando os agentes investigados se acham presos, considerando os conhecidos entraves para se formalizar definitivamente os elementos de prova inerentes à…
0
0

Página 147 da II - Judicial - 2ª Instância do Diário de Justiça do Rio de Janeiro (DJRJ) de 1 de Março de 2024

essencial. Presença efetiva dos requisitos para a decretação da cautela, nos termos dos arts. 312 e 313 do CPP. Gravidade concreta do fato, depurada segundo o modus operandi da conduta, que confere…
0
0

Página 148 da II - Judicial - 2ª Instância do Diário de Justiça do Rio de Janeiro (DJRJ) de 1 de Março de 2024

preventiva. Imputação de tráfico de drogas e corrupção ativa. Writ persegue a nulidade do processo, por alegada violação ao domicílio. Em caráter aditivo, a proposição vestibular tece considerações…
0
0

Página 184 da II - Judicial - 2ª Instância do Diário de Justiça do Rio de Janeiro (DJRJ) de 1 de Março de 2024

CONCRETA E IDÔNEA. PACIENTES QUE OSTENTAM CONDENAÇÃO EM SUAS FAC. NECESSIDADE DA CUSTÓDIA CAUTELAR PARA ASSEGURAR A GARANTIA DA ORDEM PÚBLICA E, CONSEQUENTEMENTE, EVITAR A REITERAÇÃO DELITIVA.
0
0