Art. 265 do Código Processo Penal - Decreto Lei 3689/41

CPP - Decreto Lei nº 3.689 de 03 de Outubro de 1941

Art. 265. O defensor não poderá abandonar o processo senão por motivo imperioso, comunicado previamente o juiz, sob pena de multa de 10 (dez) a 100 (cem) salários mínimos, sem prejuízo das demais sanções cabíveis. (Redação dada pela Lei nº 11.719, de 2008).
§ 1o A audiência poderá ser adiada se, por motivo justificado, o defensor não puder comparecer. (Incluído pela Lei nº 11.719, de 2008).
§ 2o Incumbe ao defensor provar o impedimento até a abertura da audiência. Não o fazendo, o juiz não determinará o adiamento de ato algum do processo, devendo nomear defensor substituto, ainda que provisoriamente ou só para o efeito do ato. (Incluído pela Lei nº 11.719, de 2008).
Vitor Guglinski, Advogado
há 2 anos

Acórdão - TJGO: Hipervulnerabilidade do consumidor como causa de nulidade de negócio jurídico

Caros amigos do Jusbrasil, tudo bem? Segue abaixo a transcrição de um interessante julgado da 6ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, em que o eminente relator, Juiz de Direito...

Carla Setubal, Advogado
há 3 anos

[Modelo] Razões Finais - Representação - Código de Ética

EXMO. SR. DR. PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE ÉTICA E DISCIPLINA DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL SEÇÃO RIO DE JANEIRO. “Eu não recearia muito as más leis se elas fossem aplicadas por bons juizes. Não há...