Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
20 de junho de 2019
Artigo 186 do Decreto Lei nº 3.689 de 03 de Outubro de 1941
Justificando

Justificando -

O Código de Processo Penal de 1941: tudo o que você disser poderá ser usado contra você

Dando continuidade à série de colunas “A herança legal das ditaduras: nossas cicatrizes jurídicas” (artigos anteriores disponíveis aqui e aqui), nessa semana vamos falar sobre o Código de Processo

Novo artigo do Código de Trânsito fere a Constituição brasileira

Por Ademar Gomes A Lei 13.281 /16, que altera dispositivos do Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503 /97), publicada na edição do último dia 5 no Diário Oficial da União , após sansão presidencial,

Vale tudo? – Por Marcos Peixoto

Por Marcos Peixoto – 03/09/2015 Dispõe o artigo 212 do Código de Processo Penal e respectivo parágrafo (grifei): Art. 212. As perguntas serão formuladas pelas partes diretamente à testemunha, não

Máxima do "quem cala consente" é o perigo do silêncio do acusado

As máximas populares são lugares comuns reiterados no dia-a-dia e que formam, querendo ou não, o aparato cognitivo da população, dentre eles os metidos no processo penal. Por mais que o acusado tenha

Em 17 anos. São 84 leis alteradoras de Direito Penal, Processo Penal e Legislação Penal Especial.

do Decreto-Lei no3.689, de 3 de outubro de 1941Código de Processo Penal ; 20) LEI 11.464 , DE 28 DE MARÇO DE 2007. - Dá... DE 2012. Dá nova redação ao art. 387 do Decreto-Lei no 3.689 , de 3 de outubro de 1941 - Código de Processo Penal , para... 3.689 , de 3 de outubro de 1941 - Código de Processo Penal 71) ...

Quinta Turma reconhece nulidade de depoimento, mas mantém ação penal sobre propina em Londrina (PR)

Decisão Quinta Turma reconhece nulidade de depoimento, mas mantém ação penal sobre propina em Londrina (PR) A Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) atendeu pedido da defesa de Roberto

Depoimento é anulado quando pessoa não sabe que é investigada

Investigados têm o direito de não produzir prova contra si mesmo, tanto no inquérito quanto em juízo. Caso não sejam advertidos de que têm o direito de ficar em silêncio, o depoimento torna-se nulo.

Quinta Turma reconhece nulidade de depoimento, mas ação penal sobre propina em Londrina (PR) continua

A Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) atendeu pedido da defesa de Roberto Coutinho Mendes – ex-presidente da Sercomtel, a empresa de telecomunicações de Londrina (PR), e ex-presidente

Ausência de acusado em interrogatório judicial não legitima prisão cautelar

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), deferiu pedido de reconsideração formulado nos autos do Habeas Corpus (HC) 123043 em favor de M.F.R.J. para suspender cautelarmente, até

×