Art. 156 da Constituição Federal de 88

Constituição Federal de 1988

Nós, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assembléia Nacional Constituinte para instituir um Estado Democrático, destinado a assegurar o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada na harmonia social e comprometida, na ordem interna e internacional, com a solução pacífica das controvérsias, promulgamos, sob a proteção de Deus, a seguinte CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL.
Art. 156. Compete aos Municípios instituir impostos sobre:
I - propriedade predial e territorial urbana;
II - transmissão "inter vivos", a qualquer título, por ato oneroso, de bens imóveis, por natureza ou acessão física, e de direitos reais sobre imóveis, exceto os de garantia, bem como cessão de direitos a sua aquisição;
III - vendas a varejo de combustíveis líquidos e gasosos, exceto óleo diesel;
(Revogado)
III - serviços de qualquer natureza, não compreendidos no art. 155, II, definidos em lei complementar.(Redação dada pela Emenda Constitucional nº 3, de 1993)
IV - serviços de qualquer natureza, não compreendidos no art. 155, I, b, definidos em lei complementar.
(Revogado pela Emenda Constitucional nº 3, de 1993)
§ 1º - O imposto previsto no inciso I poderá ser progressivo, nos termos de lei municipal, de forma a assegurar o cumprimento da função social da propriedade.
(Revogado)
§ 1º Sem prejuízo da progressividade no tempo a que se refere o art. 182, § 4º, inciso II, o imposto previsto no inciso I poderá:(Redação dada pela Emenda Constitucional nº 29, de 2000)
I - ser progressivo em razão do valor do imóvel; e (Incluído pela Emenda Constitucional nº 29, de 2000)
II - ter alíquotas diferentes de acordo com a localização e o uso do imóvel.(Incluído pela Emenda Constitucional nº 29, de 2000)
§ 2º O imposto previsto no inciso II:
I - não incide sobre a transmissão de bens ou direitos incorporados ao patrimônio de pessoa jurídica em realização de capital, nem sobre a transmissão de bens ou direitos decorrente de fusão, incorporação, cisão ou extinção de pessoa jurídica, salvo se, nesses casos, a atividade preponderante do adquirente for a compra e venda desses bens ou direitos, locação de bens imóveis ou arrendamento mercantil;
II - compete ao Município da situação do bem.
§ 3º O imposto previsto no inciso III, não exclui a incidência do imposto estadual previsto no art. 155, I, b, sobre a mesma operação.
(Revogado)
§ 3.º Em relação ao imposto previsto no inciso III, cabe à lei complementar: (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 3, de 1993)
(Revogado)
§ 3º Em relação ao imposto previsto no inciso III do caput deste artigo, cabe à lei complementar:(Redação dada pela Emenda Constitucional nº 37, de 2002)
I - fixar as suas alíquotas máximas; (Incluído pela Emenda Constitucional nº 3, de 1993)
(Revogado)
I - fixar as suas alíquotas máximas e mínimas;(Redação dada pela Emenda Constitucional nº 37, de 2002)
II - excluir da sua incidência exportações de serviços para o exterior. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 3, de 1993)
III - regular a forma e as condições como isenções, incentivos e benefícios fiscais serão concedidos e revogados. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 3, de 1993)
§ 4º Cabe à lei complementar:
(Revogado pela Emenda Constitucional nº 3, de 1993)
I - fixar as alíquotas máximas dos impostos previstos nos incisos III e IV;
(Revogado pela Emenda Constitucional nº 3, de 1993)
II - excluir da incidência do imposto previsto no inciso IV exportações de serviços para o exterior.
(Revogado pela Emenda Constitucional nº 3, de 1993)

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Cível : AC 10481150078055001 MG

encerrada no Código Tributário Nacional. O art. 156, inciso II, da Constituição prevê: Art. 156. Compete aos Municípios..., "a", da Constituição da República, no referido art. 35 do Código …

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJ-DF : 07033722620198070018 DF 0703372-26.2019.8.07.0018

a incidência da imunidade prevista no inciso I, do parágrafo 2º, do art. 156, da Constituição Federal. Alegou ser irrelevante, para... por acionista em integralização de capital social, tendo por …

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJ-DF : 07106891220188070018 DF 0710689-12.2018.8.07.0018

IMUNIZANTE CONTIDA NO ART. 156, § 2º, DA CONSTITUIÇAO FEDERAL, EM RELAÇAO AO VALOR TOTAL DOS BENS. IMPOSSIBILIDADE.... INTEGRALIZAÇAO AO CAPITAL SOCIAL. ART. 156, § 2º, I, CRFB/88. ALCANCE DA …

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Apelação Cível : AC 10145237420198260053 SP 1014523-74.2019.8.26.0053

, prescreve o artigo 156, II, da Constituição Federal de 1988, que compete aos municípios instituir imposto sobre “transmissão..., também, o disposto na Constituição Federal (art. 150, I) e, …

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Apelação Cível : AC 10033954120188260587 SP 1003395-41.2018.8.26.0587

o artigo 156, II, da Constituição Federal de 1988, que compete aos municípios instituir imposto sobre “transmissão inter... como cessão de direitos à sua aquisição, vem estabelecida no art. 156, …

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Apelação : APL 10597996520188260053 SP 1059799-65.2018.8.26.0053

na Constituição Federal (art. 150, I) e, especificamente, o disposto no artigo 97, inciso II e § 1º Código Tributário Nacional: “Art..., da Constituição Federal de 1988, que compete aos municípios …

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Apelação : APL 10009786820188260247 SP 1000978-68.2018.8.26.0247

/2018 (p. 23). Com efeito, prescreve o artigo 156, II, da Constituição Federal de 1988, que compete aos municípios instituir... Municipal n. 156/2002, já que está em consonância com o disposto na Con…

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Direta de Inconstitucionalidade : ADI 21108130220198260000 SP 2110813-02.2019.8.26.0000

próprias geradas pelos impostos estaduais e municipais (artigos 155 e 156, Constituição Federal) e dos recursos da repartição..., e que as exceções ao princípio da não afetação vêm enumeradas no art

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Apelação Cível : AC 10128877820168260344 SP 1012887-78.2016.8.26.0344

a precatório vencido e não pago pela F azenda do Estado - Admissibilidade (artigo 156, II do CTN) - A Fazenda do Estado... pelos artigos 368 e seguintes do Código Civil, sendo recepcionada pela …

Supremo Tribunal Federal STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO : RE 1211802 SP - SÃO PAULO

. II do art. 145 e o art. 156 da Constituição da República e argumenta que “não se pode admitir que o Município... do art. 22, os incs. I e VIII do art. 30, o inc. II do art. 145 e o art. 156 da Cons…