Artigo 153 da Constituição Federal de 1988

Constituição Federal de 1988

Nós, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assembléia Nacional Constituinte para instituir um Estado Democrático, destinado a assegurar o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada na harmonia social e comprometida, na ordem interna e internacional, com a solução pacífica das controvérsias, promulgamos, sob a proteção de Deus, a seguinte CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL.
Art. 153. Compete à União instituir impostos sobre:
I - importação de produtos estrangeiros;
II - exportação, para o exterior, de produtos nacionais ou nacionalizados;
III - renda e proventos de qualquer natureza;
IV - produtos industrializados;
V - operações de crédito, câmbio e seguro, ou relativas a títulos ou valores mobiliários;
VI - propriedade territorial rural;
VII - grandes fortunas, nos termos de lei complementar.
VIII - produção, extração, comercialização ou importação de bens e serviços prejudiciais à saúde ou ao meio ambiente, nos termos de lei complementar. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 132, de 2023)
§ 1º É facultado ao Poder Executivo, atendidas as condições e os limites estabelecidos em lei, alterar as alíquotas dos impostos enumerados nos incisos I, II, IV e V.
§ 2º O imposto previsto no inciso III:
I - será informado pelos critérios da generalidade, da universalidade e da progressividade, na forma da lei;
II - não incidirá, nos termos e limites fixados em lei, sobre rendimentos provenientes de aposentadoria e pensão, pagos pela previdência social da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, a pessoa com idade superior a sessenta e cinco anos, cuja renda total seja constituída, exclusivamente, de rendimentos do trabalho . (Revogado pela Emenda Constitucional nº 20, de 1998)
§ 3º O imposto previsto no inciso IV:
I - será seletivo, em função da essencialidade do produto;
II - será não-cumulativo, compensando-se o que for devido em cada operação com o montante cobrado nas anteriores;
III - não incidirá sobre produtos industrializados destinados ao exterior.
IV - terá reduzido seu impacto sobre a aquisição de bens de capital pelo contribuinte do imposto, na forma da lei. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 42, de 19.12.2003)
§ 4º O imposto previsto no inciso VI terá suas alíquotas fixadas de forma a desestimular a manutenção de propriedades improdutivas e não incidirá sobre pequenas glebas rurais, definidas em lei, quando as explore, só ou com sua família, o proprietário que não possua outro imóvel.
(Revogado)
§ 4º O imposto previsto no inciso VI do capu t: (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 42, de 19.12.2003)
I - será progressivo e terá suas alíquotas fixadas de forma a desestimular a manutenção de propriedades improdutivas; (Incluído pela Emenda Constitucional nº 42, de 19.12.2003)
II - não incidirá sobre pequenas glebas rurais, definidas em lei, quando as explore o proprietário que não possua outro imóvel; (Incluído pela Emenda Constitucional nº 42, de 19.12.2003)
III - será fiscalizado e cobrado pelos Municípios que assim optarem, na forma da lei, desde que não implique redução do imposto ou qualquer outra forma de renúncia fiscal. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 42, de 19.12.2003) (Regulamento)
§ 5º O ouro, quando definido em lei como ativo financeiro ou instrumento cambial, sujeita-se exclusivamente à incidência do imposto de que trata o inciso V do "caput" deste artigo, devido na operação de origem; a alíquota mínima será de um por cento, assegurada a transferência do montante da arrecadação nos seguintes termos: (Vide Emenda Constitucional nº 3, de 1993)
I - trinta por cento para o Estado, o Distrito Federal ou o Território, conforme a origem;
II - setenta por cento para o Município de origem.
§ 6º O imposto previsto no inciso VIII do caput deste artigo: (Incluído pela Emenda Constitucional nº 132, de 2023)
I - não incidirá sobre as exportações nem sobre as operações com energia elétrica e com telecomunicações; (Incluído pela Emenda Constitucional nº 132, de 2023)
II - incidirá uma única vez sobre o bem ou serviço; (Incluído pela Emenda Constitucional nº 132, de 2023)
III - não integrará sua própria base de cálculo; (Incluído pela Emenda Constitucional nº 132, de 2023)
IV - integrará a base de cálculo dos tributos previstos nos arts. 155, II, 156, III, 156-A e 195, V; (Incluído pela Emenda Constitucional nº 132, de 2023)
V - poderá ter o mesmo fato gerador e base de cálculo de outros tributos; (Incluído pela Emenda Constitucional nº 132, de 2023)
VI - terá suas alíquotas fixadas em lei ordinária, podendo ser específicas, por unidade de medida adotada, ou ad valorem; (Incluído pela Emenda Constitucional nº 132, de 2023)
VII - na extração, o imposto será cobrado independentemente da destinação, caso em que a alíquota máxima corresponderá a 1% (um por cento) do valor de mercado do produto. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 132, de 2023)

Modelo de Ação de Repetição de Indébito Fiscal

AO JUÍZO DE DIREITO CIVIL DA VARA ÚNICA DA COMARCA DO MUNICIPIO ALFA DO ESTADO BETA JOÃO , nacionalidade, estado civil, profissão, inscrito no CPF/MF nº..., residente de domiciliado, no município…
1
0
Denes Menezes, Advogado
ano passado

Ação Declaratória c/c Repetição de Indébito e Pedido de Tutela Inibitória

AO JUÍZO DO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL CÍVEL DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DE RECIFE - PE PEDRO ÁLVARES CABRAL , brasileiro, solteiro, navegador, portador do CPF número XXXXX-00, com endereço eletrônico…
1
0

Replica restituição de imposto de renda

AO DOUTO JUIZ FEDERAL DA 19ª VARA FEDERAL DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO DISTRITO FEDERAL- DF xxx xxxx devidamente qualificada nos autos do processo em epígrafe, que move em face da UNIAO FEDERAL (FAZENDA…
1
0
Leonardo Lima, Estudante de Direito
há 2 anos

Peça inicial de anulatória de débito fiscal

 PRÁTICA JURÍDICA TRIBUTÁRIA (2022)  PROF. VALÉRIA FURLAN  Caso fictício (com fins exclusivamente acadêmicos):  A Indústria Perdigoto Ltda., em 15 de janeiro de 2022, foi autuada pela fiscalização…
2
0

Ação Anulatória de Lançamento de Ofício - Caso Copesul

ILMO. JUÍZO DE DIREITO DA VARA DA FAZENDA PÚBLICA DE CANOAS/RS TRAMITAÇÃO PREFERENCIAL ROCHA , brasileiro, portador do RG n.º e do CPF n.º , residente e domiciliado na Rua , n.º , bairro , /, CEP ,…
3
0
Jose Williams, Advogado
há 3 anos

Direito Tributário e o Imposto de Renda

4. DIREITO TRIBUTÁRIO. 4.1. Conceito De acordo com a doutrina, Direito tributário é um ramo conjunto de normas jurídicas do ramo do direito público que tem o propósito de disciplinar a relação de…
2
0
Jessica Firmino, Advogado
há 3 anos

Modelo de Habeas Corpus

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DE DIREITO DA ..... VARA CRIMINAL DA CAPITAL. SARAJANE , nacionalidade, estado civil, profissão, portadora da identidade nº........, CPF..........., com endereço…
1
0

Embargos à execução c/c pedido de efeito suspensivo

EXCELENTÍSSIMO SR. JUIZ FEDERAL DA __ VARA FEDERAL DE EXECUÇÕES FISCAIS DE NOVO HAMBURGO -RIO GRANDE DO SUL. Por dependência à Ação de Execução Fiscal número: 001/1.18.12345678-9. EMBARGANTE: BAITACA…
1
0

Restituição e Pedido de Isenção de Contribuição Previdenciária

AO JUIZO FEDERAL DO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL DA SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE BRASÍLIA-DF. NOME (QUALIFICAÇÃO) XXXXXXXXXX , vem mui respeitosamente por meio de sua advogada, procuração anexa, que esta…
5
1

Art. 11 - Modelo de Petição de revisão de juros de carro pela taxa média do mercado + danos morais em face da financeira/banco.

Art. 11 - Modelo de Petição de revisão de juros de carro pela taxa média do mercado + danos morais em face da financeira/banco. Excelentíssimo Senhor Doutor Juízo de Direito da ____ Vara Cível da…
2
0