Artigo 149 da Constituição Federal de 1988

Constituição Federal de 1988

Nós, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assembléia Nacional Constituinte para instituir um Estado Democrático, destinado a assegurar o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada na harmonia social e comprometida, na ordem interna e internacional, com a solução pacífica das controvérsias, promulgamos, sob a proteção de Deus, a seguinte CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL.
Art. 149. Compete exclusivamente à União instituir contribuições sociais, de intervenção no domínio econômico e de interesse das categorias profissionais ou econômicas, como instrumento de sua atuação nas respectivas áreas, observado o disposto nos arts. 146, III, e 150, I e III, e sem prejuízo do previsto no art. 195, § 6º, relativamente às contribuições a que alude o dispositivo.
§ 1º Os Estados, o Distrito Federal e os Municípios poderão instituir contribuição, cobrada de seus servidores, para o custeio, em benefício destes, de sistemas de previdência e assistência social. (Parágrafo Renumerado pela Emenda Constitucional nº 33, de 2001)
(Revogado)
§ 1º Os Estados, o Distrito Federal e os Municípios instituirão contribuição, cobrada de seus servidores, para o custeio, em benefício destes, do regime previdenciário de que trata o art. 40, cuja alíquota não será inferior à da contribuição dos servidores titulares de cargos efetivos da União. (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 41, 19.12.2003) (Vide ADIN 3133)
(Revogado)
§ 1º A União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios instituirão, por meio de lei, contribuições para custeio de regime próprio de previdência social, cobradas dos servidores ativos, dos aposentados e dos pensionistas, que poderão ter alíquotas progressivas de acordo com o valor da base de contribuição ou dos proventos de aposentadoria e de pensões. (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 103, de 2019) (Vigência)
§ 1º-A. Quando houver deficit atuarial, a contribuição ordinária dos aposentados e pensionistas poderá incidir sobre o valor dos proventos de aposentadoria e de pensões que supere o salário-mínimo. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 103, de 2019) (Vigência)
§ 1º-B. Demonstrada a insuficiência da medida prevista no § 1º-A para equacionar o deficit atuarial, é facultada a instituição de contribuição extraordinária, no âmbito da União, dos servidores públicos ativos, dos aposentados e dos pensionistas. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 103, de 2019) (Vigência)
§ 1º-C. A contribuição extraordinária de que trata o § 1º-B deverá ser instituída simultaneamente com outras medidas para equacionamento do deficit e vigorará por período determinado, contado da data de sua instituição. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 103, de 2019) (Vigência)
§ 2º As contribuições sociais e de intervenção no domínio econômico de que trata o caput deste artigo: (Incluído pela Emenda Constitucional nº 33, de 2001)
I - não incidirão sobre as receitas decorrentes de exportação; (Incluído pela Emenda Constitucional nº 33, de 2001)
II - poderão incidir sobre a importação de petróleo e seus derivados, gás natural e seus derivados e álcool combustível; (Incluído pela Emenda Constitucional nº 33, de 2001)
(Revogado)
II - incidirão também sobre a importação de produtos estrangeiros ou serviços; (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 42, de 19.12.2003)
III - poderão ter alíquotas: (Incluído pela Emenda Constitucional nº 33, de 2001)
a) ad valorem, tendo por base o faturamento, a receita bruta ou o valor da operação e, no caso de importação, o valor aduaneiro; (Incluído pela Emenda Constitucional nº 33, de 2001)
b) específica, tendo por base a unidade de medida adotada. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 33, de 2001)
§ 3º A pessoa natural destinatária das operações de importação poderá ser equiparada a pessoa jurídica, na forma da lei. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 33, de 2001)
§ 4º A lei definirá as hipóteses em que as contribuições incidirão uma única vez. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 33, de 2001)
Art. 149-A Os Municípios e o Distrito Federal poderão instituir contribuição, na forma das respectivas leis, para o custeio do serviço de iluminação pública, observado o disposto no art. 150, I e III. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 39, de 2002)
Parágrafo único. É facultada a cobrança da contribuição a que se refere o caput, na fatura de consumo de energia elétrica. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 39, de 2002)
Larissa Oliveira, Advogado
há 8 horas

A aplicabilidade da Reforma da Previdência no Regime Próprio de Previdência Social (RPPS), para os servidores públicos federais, estaduais e municipais.

extraordinária, por meio de lei, nos termos dos §§ 1º-B e 1º-C do art. 149 da Constituição Federal (objeto de remissão... somente poderá ser editada quando a alteração de redação dada pela reforma …

Página 111 do Associação dos Municípios do Paraná (AMP) de 30 de Outubro de 2020

de Iluminação Pública, Art. 149-a, CF 1180-00507-COSIP - Contribuição de Iluminação Pública, Art. 149-a, CF CONTA/FONTE: 1120-00000...

Tribunal Superior do Trabalho TST - EMBARGOS DECLARATORIOS : ED 829-81.2012.5.15.0045

sua responsabilidade subsidiária. Eis o teor do acórdão do TRT: "De início, verifica-se que a invocação dos artigos 149 e 150... a esta Turma para submissão da matéria a um eventual juízo de …

Tribunal Superior do Trabalho TST - AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA : AIRR 630-84.2019.5.09.0658

sindicais, o art. 10, § 2º, do ADCT da Constituição Federal de 1988, estabeleceu que "até ulterior disposição legal... , IV , e 149 da Constituição Federal , 578 e seguintes da CLT e 4º, § 1º, do …

Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região TRT-15 : RORSum 0010051-86.2020.5.15.0047 0010051-86.2020.5.15.0047

contribuição compulsória, com caráter tributário definido pelo artigo 149 da Constituição Federal/88, sendo norteada.... Com o advento da Constituição Federal de 1988, o art. 8º, I, passou a …

Tribunal Superior do Trabalho TST : Ag 12-54.2017.5.11.0012

(ões): violação do(s) inciso XXVII do artigo 22; §6º do artigo 37 da Constituição Federal. violação à legislação... violação ao art. 22, XXVII, da Constituição Federal. Consta no v. acórdão (id. …

Tribunal Superior do Trabalho TST - AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA : AIRR 10416-84.2013.5.03.0156

Vinculante do E. STF, tampouco violação literal e direta de qualquer dispositivo de lei federal e/ou da Constituição... PESSOAL - Para a eficácia da cobrança da contribuição sindical anual e …

Tribunal Superior do Trabalho TST : Ag 26014-93.2015.5.24.0004

e 6º do artigo 896 da CLT. Outrossim, a Instrução Normativa n.221/2018 do c. TST, no art.18, § 3º, dispõe que: As teses... pelo STF, pois a interpretação conjugada dos artigos 5°, XIII, 22, XVI, …

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul TJ-RS - Recurso Cível : 0018454-37.2020.8.21.9000 RS

art. 149 da Constituição Federal e às revogações previstas na alínea \a\ do inciso I e nos incisos III e IV do art. 35.... 1º da Emenda à Constituição Federal nº 103/19, no art. 149 da Constituição

Tribunal Superior do Trabalho TST : ARR 443-92.2013.5.01.0243

, a regularidade fiscal e o cumprimento do disposto no inciso XXXIII do artigo 7º da Constituição Federal (Lei nº 8.666/93, art. 27... Federal. - violação do(s) artigo 2º; artigo 5o, inciso II; artig…