Artigo 130 da Constituição Federal de 1988

Constituição Federal de 1988

Nós, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assembléia Nacional Constituinte para instituir um Estado Democrático, destinado a assegurar o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada na harmonia social e comprometida, na ordem interna e internacional, com a solução pacífica das controvérsias, promulgamos, sob a proteção de Deus, a seguinte CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL.
Art. 130. Aos membros do Ministério Público junto aos Tribunais de Contas aplicam-se as disposições desta seção pertinentes a direitos, vedações e forma de investidura.
Art. 130-A. O Conselho Nacional do Ministério Público compõe-se de quatorze membros nomeados pelo Presidente da República, depois de aprovada a escolha pela maioria absoluta do Senado Federal, para um mandato de dois anos, admitida uma recondução, sendo: (Incluído pela Emenda Constitucional nº 45, de 2004)
I o Procurador-Geral da República, que o preside; (Incluído pela Emenda Constitucional nº 45, de 2004)
II quatro membros do Ministério Público da União, assegurada a representação de cada uma de suas carreiras; (Incluído pela Emenda Constitucional nº 45, de 2004)
III três membros do Ministério Público dos Estados; (Incluído pela Emenda Constitucional nº 45, de 2004)
IV dois juízes, indicados um pelo Supremo Tribunal Federal e outro pelo Superior Tribunal de Justiça; (Incluído pela Emenda Constitucional nº 45, de 2004)
V dois advogados, indicados pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil; (Incluído pela Emenda Constitucional nº 45, de 2004)
VI dois cidadãos de notável saber jurídico e reputação ilibada, indicados um pela Câmara dos Deputados e outro pelo Senado Federal. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 45, de 2004)
§ 1º Os membros do Conselho oriundos do Ministério Público serão indicados pelos respectivos Ministérios Públicos, na forma da lei. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 45, de 2004)
§ 2º Compete ao Conselho Nacional do Ministério Público o controle da atuação administrativa e financeira do Ministério Público e do cumprimento dos deveres funcionais de seus membros, cabendo lhe: (Incluído pela Emenda Constitucional nº 45, de 2004)
I zelar pela autonomia funcional e administrativa do Ministério Público, podendo expedir atos regulamentares, no âmbito de sua competência, ou recomendar providências; (Incluído pela Emenda Constitucional nº 45, de 2004)
II zelar pela observância do art. 37 e apreciar, de ofício ou mediante provocação, a legalidade dos atos administrativos praticados por membros ou órgãos do Ministério Público da União e dos Estados, podendo desconstituí-los, revê-los ou fixar prazo para que se adotem as providências necessárias ao exato cumprimento da lei, sem prejuízo da competência dos Tribunais de Contas; (Incluído pela Emenda Constitucional nº 45, de 2004)
III receber e conhecer das reclamações contra membros ou órgãos do Ministério Público da União ou dos Estados, inclusive contra seus serviços auxiliares, sem prejuízo da competência disciplinar e correicional da instituição, podendo avocar processos disciplinares em curso, determinar a remoção, a disponibilidade ou a aposentadoria com subsídios ou proventos proporcionais ao tempo de serviço e aplicar outras sanções administrativas, assegurada ampla defesa; (Incluído pela Emenda Constitucional nº 45, de 2004)
(Revogado)
III - receber e conhecer das reclamações contra membros ou órgãos do Ministério Público da União ou dos Estados, inclusive contra seus serviços auxiliares, sem prejuízo da competência disciplinar e correicional da instituição, podendo avocar processos disciplinares em curso, determinar a remoção ou a disponibilidade e aplicar outras sanções administrativas, assegurada ampla defesa; (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 103, de 2019)
IV rever, de ofício ou mediante provocação, os processos disciplinares de membros do Ministério Público da União ou dos Estados julgados há menos de um ano; (Incluído pela Emenda Constitucional nº 45, de 2004)
V elaborar relatório anual, propondo as providências que julgar necessárias sobre a situação do Ministério Público no País e as atividades do Conselho, o qual deve integrar a mensagem prevista no art. 84, XI. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 45, de 2004)
§ 3º O Conselho escolherá, em votação secreta, um Corregedor nacional, dentre os membros do Ministério Público que o integram, vedada a recondução, competindo-lhe, além das atribuições que lhe forem conferidas pela lei, as seguintes: (Incluído pela Emenda Constitucional nº 45, de 2004)
I receber reclamações e denúncias, de qualquer interessado, relativas aos membros do Ministério Público e dos seus serviços auxiliares; (Incluído pela Emenda Constitucional nº 45, de 2004)
II exercer funções executivas do Conselho, de inspeção e correição geral; (Incluído pela Emenda Constitucional nº 45, de 2004)
III requisitar e designar membros do Ministério Público, delegando-lhes atribuições, e requisitar servidores de órgãos do Ministério Público. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 45, de 2004)
§ 4º O Presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil oficiará junto ao Conselho. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 45, de 2004)
§ 5º Leis da União e dos Estados criarão ouvidorias do Ministério Público, competentes para receber reclamações e denúncias de qualquer interessado contra membros ou órgãos do Ministério Público, inclusive contra seus serviços auxiliares, representando diretamente ao Conselho Nacional do Ministério Público. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 45, de 2004)

Supremo Tribunal Federal STF - RECLAMAÇÃO : Rcl 0092677-62.2020.1.00.0000 GO 0092677-62.2020.1.00.0000

Supremo Tribunal Federal RECLAMAÇAO 40.667 GOIÁS RELATORA : MIN. ROSA WEBER RECLTE.(S) : FERNANDO DOS SANTOS CARNEIRO ADV.(A/S) : CARLOS MARIO DA SILVA VELLOSO FILHO E OUTRO(A/S) RECLDO.(A/S) :…

Supremo Tribunal Federal STF - AÇÃO ORIGINÁRIA : AO 0036819-12.2021.1.00.0000 DF 0036819-12.2021.1.00.0000

Supremo Tribunal Federal AÇAO ORIGINÁRIA 2.554 DISTRITO FEDERAL RELATORA : MIN. ROSA WEBER AUTOR(A/S)(ES) : JULIANA GOMES ANTONANGELO GARCIA CAMPOS ADV.(A/S) : JULIANA GOMES ANTONANGELO GARCIA CAMPOS…

Supremo Tribunal Federal STF - RECLAMAÇÃO : Rcl 0092677-62.2020.1.00.0000 GO 0092677-62.2020.1.00.0000

Reclamação Constitucional. Alegada violação das ADI’s 160/TO, 328/SC, 789/DF, 2.378/GO e 2.884/RJ. Ingresso de amicus curiae indeferido. Intervenção na condição de assistente simples. Não …

Supremo Tribunal Federal STF - AÇÃO ORIGINÁRIA : AO 0036819-12.2021.1.00.0000 DF 0036819-12.2021.1.00.0000

Ação Originária. Declinação de competência com base na orientação da ADI 4.412/DF. Deliberação negativa do Conselho Nacional de Justiça. Ausência alteração ou substituição dos ato imputáveis às …

Página 30 do Supremo Tribunal Federal (STF) de 30 de Julho de 2021

AGRAVO REGIMENTAL EM MANDADO DE SEGURANÇA. DELIBERAÇÃO NEGATIVA DO CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO. NÃO CABIMENTO DA IMPETRAÇÃO. A jurisprudência do Supremo Tribunal Federal é pacífica no…

Página 58 do Supremo Tribunal Federal (STF) de 30 de Julho de 2021

Ministro ALEXANDRE DE MORAES Relator Documento assinado digitalmente PETIÇÃO 9.825 (172) ORIGEM : 9825 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL PROCED. : DISTRITO FEDERAL RELATOR :MIN. ALEXANDRE DE MORAES…

Página 59 do Supremo Tribunal Federal (STF) de 30 de Julho de 2021

Goiás, restabelecendo, portanto, a decisão anterior; (ii) o acórdão proferido na Apelação em Mandado de Segurança nº 0213925.37.1999.8.09.0051, em trâmite perante o Tribunal de Justiça de Goiás, no…

Página 60 do Supremo Tribunal Federal (STF) de 30 de Julho de 2021

jurídico-institucional, este Supremo Tribunal Federal explicitou, com fundamento no art. 130 da Constituição da República, aplicar-se, aos membros dos Ministérios Públicos junto aos Tribunais de…

Supremo Tribunal Federal STF - AÇÃO ORIGINÁRIA : AO 0036903-13.2021.1.00.0000 ES 0036903-13.2021.1.00.0000

Supremo Tribunal Federal AÇAO ORIGINÁRIA 2.585 ESPÍRITO SANTO RELATORA : MIN. ROSA WEBER AUTOR(A/S)(ES) : ORLANDO JOSE MORANDI JUNIOR ADV.(A/S) : JOSE CARLOS NASCIF AMM E OUTRO(A/S) RÉU(É)(S) :…

Página 12 do Supremo Tribunal Federal (STF) de 28 de Julho de 2021

ordinária contra atos do CNJ. A regra de competência em questão deve ser interpretada de acordo com os fins que justificaram a sua edição. A outorga de atribuição ao STF para processar e julgar ações…