Artigo 792 da Lei nº 10.406 de 10 de Janeiro de 2002

CC - Lei nº 10.406 de 10 de Janeiro de 2002

Institui o Código Civil.
Art. 792. Na falta de indicação da pessoa ou beneficiário, ou se por qualquer motivo não prevalecer a que for feita, o capital segurado será pago por metade ao cônjuge não separado judicialmente, e o restante aos herdeiros do segurado, obedecida a ordem da vocação hereditária.
Parágrafo único. Na falta das pessoas indicadas neste artigo, serão beneficiários os que provarem que a morte do segurado os privou dos meios necessários à subsistência.

Art. 436 - Seção III. Da Estipulação em Favor de Terceiro - Código Civil Comentado

Seção III Da estipulação em favor de terceiro Art. 436. O que estipula em favor de terceiro pode exigir o cumprimento da obrigação. Parágrafo único. Ao terceiro, em favor de quem se estipulou a…
0
0

3. Os Instrumentos Práticos do Planejamento das Relações Afetivas e Sucessórias - Parte II - O Planejamento das Relações Afetivas e Sucessórias

3.1. Os instrumentos de natureza contratual 3.1.1. Contrato de compra e venda entre ascendente e descendente É muito comum, como medida integrante do planejamento sucessório, a realização de venda de…
0
0

31. Fraude à Execução - Parte IV - Responsabilidade Patrimonial - Processo de Execução e Cumprimento da Sentença: Temas Atuais e Controvertidos

Sidnei Amendoeira Junior Advogado em São Paulo, sócio da MMA Advogados. Graduado, Mestre e Doutor em direito processual civil pela Faculdade de Direito da USP. Professor dos cursos de graduação e de…
0
0

Art. 436 - Seção III. Da Estipulação em Favor de Terceiro - Código Civil Comentado - Ed. 2021

Seção III Da estipulação em favor de terceiro Art. 436. O que estipula em favor de terceiro pode exigir o cumprimento da obrigação. Parágrafo único. Ao terceiro, em favor de quem se estipulou a…
0
0

3. Os Instrumentos Práticos do Planejamento das Relações Afetivas e Sucessórias - Parte II - Manual do Planejamento Patrimonial das Relações Afetivas e Sucessórias

3.1.Os instrumentos de natureza contratual 3.1.1.Contrato de compra e venda entre ascendente e descendente É muito comum, como medida integrante do planejamento sucessório, a realização de venda de…
0
0

Art. 436 - Seção III. Da Estipulação em Favor de Terceiro - Código Civil Comentado: Com Jurisprudência Selecionada e Enunciados das Jornadas do Stj Sobre o Código Civil

Seção III Da estipulação em favor de terceiro Art. 436. O que estipula em favor de terceiro pode exigir o cumprimento da obrigação. Parágrafo único. Ao terceiro, em favor de quem se estipulou a…
0
0

31. (Im)Penhorabilidade do Capital Estipulado no Seguro de Vida - Parte VI. Seguros de Pessoa e Planos de Saúde - Temas Atuais de Direito dos Seguros

Eduardo Barroso Leventhal Janaina Andreazi 1.Introdução À primeira vista, a dúvida suscitada no título do artigo revela-se de fácil resolução, tendo em conta o inciso VI do artigo 833 do Código de…
0
0

29. Considerações Sobre o Beneficiário do Seguro de Vida no Brasil - Parte VI. Seguros de Pessoa e Planos de Saúde - Temas Atuais de Direito dos Seguros

Marcia Mannheimer Guilherme Bernardes 1.Introdução O direito brasileiro é incipiente quando se trata da normatização do direito dos seguros. Enquanto no direito comparado o instituto possui leis…
0
0

7. Os Elementos Objetivos do Fenômeno Sucessório - Parte II - O Fenômeno Sucessório e Seus Elementos Estruturantes

7.1.Os elementos objetivos do fenômeno sucessório 7.1.1.As relações familiares no contexto dos elementos objetivos da sucessão Um dos momentos mais sensíveis no fenômeno sucessório refere-se à…
0
0

4. Institutos Gerais da Função Executiva - Título I – Função Executiva em Geral - Manual da Execução

§ 11.º Responsabilidade Patrimonial 39.Conceito e natureza da responsabilidade patrimonial do executado Efeito do título executivo, e à primeira vista, consiste em possibilitar a sujeição do devedor…
0
0