Artigo 580 do Decreto Lei nº 5.452 de 01 de Maio de 1943

CLT - Decreto Lei nº 5.452 de 01 de Maio de 1943

Aprova a Consolidação das Leis do Trabalho.
Art. 580. A contribuição sindical será recolhida, de uma só vez, anualmente, e consistirá: (Redação dada pela Lei nº 6.386, de 9.12.1976) (Vide Lei nº 11.648, de 2008)
I - Na importância correspondente à remuneração de um dia de trabalho, para os empregados, qualquer que seja a forma da referida remuneração; (Redação dada pela Lei nº 6.386, de 9.12.1976)
II - Para os agentes ou trabalhadores autônomos e para os profissionais liberais, numa importância correspondente a 15% (quirize por cento) do maior valor de referência fixado pelo Poder Executivo, vigente à época em que é devida a contribuição sindical arredondada para Cr$1,00 (um cruzeiro) a fração porventura existente; (Redação dada pela Lei nº 6.386, de 9.12.1976)
(Revogado)
Il - para os agentes ou trabalhadores autônomos e para os profissionais liberais, numa importância correspondente a 30% (trinta por cento) do maior valor-de-referência fixado pelo Poder Executivo, vigente à época em que é devida a contribuição sindical, arredondada para Cr$ 1,00 (um cruzeiro) a fração porventura existente; (Redação dada pela Lei nº 7.047, de 1º.12.1982)
III - Para os empregadores, numa importância proporcional ao capital social da firma ou empresa, registrado nas respectivas Juntas Comerciais ou órgãos equivalentes, mediante a aplicação de alíquotas, conforme a seguinte tabela progressiva; (Redação dada pela Lei nº 6.386, de 9.12.1976)
(Revogado)
CLASSES DE CAPITAL ALÍQUOTA 1 até 60 vezes o maior valor de referência ............................... ..................................................................................................................................... ............ 0.5% 2 acima de 60, até 1.200 vezes o maior valor de refêrencia....... ..................................................................................................................................... .............. 0,1% 3 acima de 1.200, até 60.000 vezes o maior valor de referência....... ..................................................................................................................................... ........ 0,05% 4 acima de 60.000, até 600.000 vezes o maior valor de referência...... ..................................................................................................................................... ..... 0,01%
III - para os empregadores, numa importância proporcional ao capital social da firma ou empresa, registrado nas respectivas Juntas Comerciais ou órgãos equivalentes, mediante a aplicação de alíquotas, conforme a seguinte tabela progressiva: (Redação dada pela Lei nº 7.047, de 1º.12.1982)
Classe de Capital Alíquota 1. até 150 vezes o maior valor-de-referência .......................................................................................................................................................................... 0,8% 2. acima de 150 até 1.500 vezes o maior valor-de-referência .............. ..................................................................................................................................... 0,2% 3. acima de 1.500 até 150.000 vezes o maior valor-de-referência ............................................................................................................................................. 0,1% 4. acima de 150.000 até 800.000 vezes o maior valor-de-referência........................................................................................................................................... 0,02%
§ 1º A contribuição sindical prevista na tabela constante do item III deste artigo corresponderá à soma da aplicação das alíquotas sobre a porção do capital distribuído em cada classe, observados os respectivos limites. (Redação dada pela Lei nº 6.386, de 9.12.1976)
§ 2º Para efeito do cálculo de que trata a tabela progressiva inserta no item III deste artigo, considerar-se-á o valor de referência fixado pelo Poder Executivo, vigente à data de competência da contribuição, arredondando-se para Cr$1,00 (um cruzeiro) a fração porventura existente. (Redação dada pela Lei nº 6.386, de 9.12.1976)
§ 3º É fixado em 20% (vinte por cento) do maior valor de referência a que alude o parágrafo anterior, a contribuição mínima devida pelos empregadores, independentemente do capital social da firma ou empresa, ficando, do mesmo modo, estabelecido o capital social equivalente a 600.000 (seiscentas mil) vezes o valor de referência, para efeito do cálculo da contribuição máxima, respeitada a tabela progressiva constante do item III. (Redação dada pela Lei nº 6.386, de 9.12.1976)
(Revogado)
§ 3º - É fixada em 60% (sessenta por cento) do maior valor-de-referência, a que alude o parágrafo anterior, a contribuição mínima devida pelos empregadores, independentemente do capital social da firma ou empresa, ficando, do mesmo modo, estabelecido o capital equivalente a 800.000 (oitocentas mil) vezes o maior valor-de-referência, para efeito do cálculo da contribuição máxima, respeitada a Tabela progressiva constante do item III. (Redação dada pela Lei nº 7.047, de 1º.12.1982)
§ 4º Os agentes ou trabalhadores autônomos e os profissionais liberais, organizados em firma ou empresa, com capital social registrado, recolherão a contribuição sindical de acordo com a tabela progressiva a que se refere o item III. (Incluído pela Lei nº 6.386, de 9.12.1976)
§ 5º As entidades ou instituições que não estejam obrigadas ao registro de capital social, consideração, como capital, para efeito do cálculo de que trata a tabela progressiva constante do item III deste artigo, o valor resultante da aplicação do percentual de 40% (quarenta por cento) sobre o movimento econômico registrado no exercício imediatamente anterior, do que darão conhecimento à respectiva entidade sindical ou à Delegacia Regional do Trabalho, observados os limites estabelecidos no § 3º deste artigo. (Incluído pela Lei nº 6.386, de 9.12.1976)
§ 6º Excluem-se da regra do § 5º as entidades ou instituições que comprovarem, através de requerimento dirigido ao Ministério do Trabalho, que não exercem atividade econômica com fins lucrativos. (Incluído pela Lei nº 6.386, de 9.12.1976)

Página 1660 da Judiciário do Tribunal Superior do Trabalho (TST) de 17 de Maio de 2024

Publique-se. Brasília, 10 de maio de 2024. Maria Cristina Irigoyen Peduzzi Ministra Relatora Processo Nº Ag-ED-AIRR-XXXXX-25.2022.5.12.0031 Complemento Processo Eletrônico Relator Min. Alexandre…
0
0

Página 1661 da Judiciário do Tribunal Superior do Trabalho (TST) de 17 de Maio de 2024

compulsoriedade da contribuição sindical, em 29/06/2018". Ressalta que "o STF manifestou entendimento de que a autorização prévia e expressa exigida pela Lei 13.467/2017 deve ser manifestada…
0
0

Publicação do processo nº 0000579-25.2022.5.12.0031 - Disponibilizado em 17/05/2024 - TST

Despacho Processo Nº Ag-ED-AIRR-0000579-25.2022.5.12.0031 Complemento Processo Eletrônico Relator Min. Alexandre Luiz Ramos Agravante LINCE - SEGURANÇA PATRIMONIAL LTDA. Advogado Dr. Marlon Nunes…

Página 10803 da Judiciário do Tribunal Superior do Trabalho (TST) de 16 de Maio de 2024

Com efeito, ressalto que o entendimento desta Corte, após o julgamento da citada ADI 3.395, firmou-se no sentido de que compete à Justiça Comum o julgamento de causas instauradas entre o Poder…
0
0

Página 10804 da Judiciário do Tribunal Superior do Trabalho (TST) de 16 de Maio de 2024

jurisprudenciais transcritas. Assim, é necessário, sob pena de não haver análise das razões recursais, que a parte indique o trecho da decisão regional (inciso I), apontando a contrariedade a…
0
0

Página 10805 da Judiciário do Tribunal Superior do Trabalho (TST) de 16 de Maio de 2024

1,0641. A Nota Técnica CGRT/SRT nº 05/2004, após sucessivas alterações legislativas, demonstra o valor convertido do MVR, in verbis: "(...) Observa-se que para agentes ou trabalhadores autônomos,…
0
0

Página 10806 da Judiciário do Tribunal Superior do Trabalho (TST) de 16 de Maio de 2024

Cuida-se de controvérsia acerca da utilização da Nota Técnica nº 50/2005 do Ministério do Trabalho e Emprego para fins de cálculo da contribuição sindical patronal. Constatando-se que o Recurso de…
0
0

Intimação - Recurso Ordinário Trabalhista - 0000024-19.2020.5.09.0562 - Disponibilizado em 16/05/2024 - TRT9

NÚMERO ÚNICO: 0000024-19.2020.5.09.0562 POLO ATIVO CLAUDINEI JOAQUIM USINA ALTO ALEGRE S/A - ACUCAR E ALCOOL POLO PASSIVO CLAUDINEI JOAQUIM USINA ALTO ALEGRE S/A - ACUCAR E ALCOOL ADVOGADO(A/S) CESAR…

Publicação do processo nº 0020547-58.2017.5.04.0251 - Disponibilizado em 16/05/2024 - TST

Despacho Processo Nº AIRR-0020547-58.2017.5.04.0251 Complemento Processo Eletrônico Relator Min. Lelio Bentes Corrêa Recorrente SINDICATO DO COMÉRCIO ATACADISTA DE PRODUTOS QUÍMICOS PARA A INDÚSTRIA…

Página 5443 da Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (TRT-9) de 15 de Maio de 2024

trabalhasse por mais de 2 horas contínuas no início da jornada, por exemplo, para somente então conceder o descanso. Dessa maneira, considerando que as pausas foram concedidas de forma diversa do que…
0
0