Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
17 de outubro de 2017
Inciso III do Parágrafo 1 do Artigo 41 da Constituição Federal de 1988

Art. 41, § 1, inc. III da Constituição Federal de 88

Constituição Federal de 1988

Nós, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assembléia Nacional Constituinte para instituir um Estado Democrático, destinado a assegurar o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada na harmonia social e comprometida, na ordem interna e internacional, com a solução pacífica das controvérsias, promulgamos, sob a proteção de Deus, a seguinte CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL.

Nós, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assembléia Nacional Constituinte para instituir um Estado Democrático, destinado a assegurar o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada na harmonia social e comprometida, na ordem interna e internacional, com a solução pacífica das controvérsias, promulgamos, sob a proteção de Deus, a seguinte CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL.

Nós, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assembléia Nacional Constituinte para instituir um Estado Democrático, destinado a assegurar o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada na harmonia social e comprometida, na ordem interna e internacional, com a solução pacífica das controvérsias, promulgamos, sob a proteção de Deus, a seguinte CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL.

Art. 41. São estáveis após três anos de efetivo exercício os servidores nomeados para cargo de provimento efetivo em virtude de concurso público. (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)

Art. 41. São estáveis após três anos de efetivo exercício os servidores nomeados para cargo de provimento efetivo em virtude de concurso público. (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)

Art. 41. São estáveis após três anos de efetivo exercício os servidores nomeados para cargo de provimento efetivo em virtude de concurso público. (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)

§ 1º O servidor público estável só perderá o cargo: (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)

§ 1º O servidor público estável só perderá o cargo: (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)

§ 1º O servidor público estável só perderá o cargo: (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)

III - mediante procedimento de avaliação periódica de desempenho, na forma de lei complementar, assegurada ampla defesa. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)

Andamento do Processo n. 0000476-57.2011.5.02.0071 - AIRR - 11/10/2017 do TST

Processo Nº AIRR-0000476-57.2011.5.02.0071 Complemento Processo Eletrônico Relator Min. Douglas Alencar Rodrigues Agravante JUREMA RODRIGUES PEREIRA Advogado Dr. Alceu Luiz Carreira(OAB: 124489/SP)

Pg. 1367. Judiciário. Tribunal Superior do Trabalho TST de 11/10/2017

servidora celetista não estável, não tendo sequer prestado concurso, o ordenamento jurídico trabalhista autoriza a dispensa imotivada".Não obstante as afrontas constitucionais aduzidas, bem como os

Pg. 86. Diário de Justiça do Distrito Federal DJDF de 10/10/2017

AQUISIÇÃO DA ESTABILIDADE PARECER DA COMISSÃO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO N.7/2017 1. Considerando o Artigo 41, caput, § 1º, III e § 4º, da Constituição Federal, com a redação dada pelo art. 6º da

Pg. 1. Administrativo. Diário de Justiça do Estado do Amazonas DJAM de 10/10/2017

TRIBUNAL DE JUSTIÇA SEÇÃO I PRESIDÊNCIA ATOS ATO n.º 486-PTJ de 03 de outubro de 2017 O Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas, no uso de suas atribuições legais, CONSIDERANDO o

Pg. 2. Administrativo. Diário de Justiça do Estado do Amazonas DJAM de 10/10/2017

Matrícula Servidor Cargo Início Término 005.581-6B Yussif Hamdan do Ó Silva Assistente Judiciário 27.01.2014 26.01.2017 006.027-5A Micael de Freitas Nascimento Assistente Judiciário 15.09.2014

Manasses Lopes

Manasses Lopes -

Considerações acerca do Projeto de Lei que regulamenta o artigo 41, § 1º, III da Constituição Federal

O país passa por uma enorme insegurança jurídica em virtude de os governantes, aqueles incumbidos de representar o povo, o que, em regra, poder-se-ia entender “legislar para coletividade”, estarem

Lucas Domingues

Lucas Domingues -

Servidor público concursado: o culpado de tudo

É notório que o Brasil passa por momentos de dificuldade em vários setores: indústria, comércio, arrecadação, enfim, todos sentem a realidade de uma economia que há dois anos vem se retraindo

Pg. 1. Administrativo. Diário de Justiça do Estado do Amazonas DJAM de 06/10/2017

TRIBUNAL DE JUSTIÇA SEÇÃO I PRESIDÊNCIA ATOS ATO n.º 482-PTJ de 02 de outubro de 2017 O Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas, no uso de suas atribuições legais, CONSIDERANDO os

Justificando

Justificando -

Fim da estabilidade no serviço público: um passaporte para o atraso

Senadora Maria do Carmo (DEM-SE). Foto: Pedro França/Agência Senado. A Constituição Cidadã completa, neste outubro de 2017, 29 anos. Mais do que nunca é preciso recuperá-la de seu sentido republicano

Andamento do Processo n. 00008864720138140076 - 05/10/2017 do TJPA

PROCESSO: 00008864720138140076 PROCESSO ANTIGO: ---- MAGISTRADO(A)/RELATOR(A)/SERVENTUÁRIO(A): WILSON DE SOUZA CORREA Ação: Procedimento Comum em: 28/09/2017 REQUERENTE:SEBASTIANA PAIVA GUIMARAES

×