Artigo 464 do Decreto Lei nº 5.452 de 01 de Maio de 1943

CLT - Decreto Lei nº 5.452 de 01 de Maio de 1943

Aprova a Consolidação das Leis do Trabalho.
Art. 464 - O pagamento do salário deverá ser efetuado contra recibo, assinado pelo empregado; em se tratando de analfabeto, mediante sua impressão digital, ou, não sendo esta possível, a seu rogo.
Parágrafo único. Terá força de recibo o comprovante de depósito em conta bancária, aberta para esse fim em nome de cada empregado, com o consentimento deste, em estabelecimento de crédito próximo ao local de trabalho. (Parágrafo incluído pela Lei nº 9.528, de 10.12.1997)
465. O pagamento dos salários será efetuado em dia útil e no local do trabalho, dentro do horário do serviço ou imediatamente após o encerramento deste.
(Revogado)

Introdução - 6. A Cessão de Crédito Trabalhista e o Crescente Mercado de Financiamento de Litígios - Revista Jurídica Brasileira - 2 - 07/2023

Autor: VITÓRIA DIAS BIDO Graduada em Direito pela Universidade São Francisco. Assistente jurídico. vitoriabido@gmail.com Sumário: INTRODUÇÃO 1 O CRÉDITO TRABALHISTA E A CESSÃO DE CRÉDITO 2 A MORA…
1
0

Art. 464 – Recibo de pagamento - Capítulo 16 O dia do pagamento - Curso de Direito do Trabalho Aplicado - Livro da Remuneração

Art. 464 – recibo de pagamento Por sua vez, o art. 464 da Consolidação dispõe que “o pagamento do salário deverá ser efetuado contra recibo, assinado pelo empregado; em se tratando de analfabeto,…
0
0

Art. 465 – Horário e local do pagamento - Capítulo 16 O dia do pagamento - Curso de Direito do Trabalho Aplicado - Livro da Remuneração

Art. 465 – horário e local do pagamento Por fim, o art. 465 da CLT refere que “o pagamento dos salários será efetuado em dia útil e no local do trabalho, dentro do horário do serviço ou imediatamente…
0
0

Capítulo 1. O Salário - Parte 2 - O Livro da Remuneração - Direito do Trabalho Aplicado: Direito Individual do Trabalho

Parte 2 - O livro da remuneração 1. Os sentidos da palavra salário Salário corresponde à forma mais usual e mais antiga de pagamento a um trabalhador. Diz-se que a palavra “salário” advém da época em…
0
0

Capítulo 2. Vendedor, Viajante e Pracista - Parte 3 - Profissões Regulamentadas em Leis Esparsas - Direito do Trabalho Aplicado: Saúde do Trabalho e Profissões Regulamentadas

Lei 3.207, de 18.07.1957 Vendedores empregados versus vendedores autônomos. Advirta-se inicialmente que este capítulo não trata do vendedor autônomo ou do representante comercial, mas apenas do…
0
0

Capítulo 14 Vendedor, Viajante e Pracista - Curso de direito do trabalho aplicado: livro das profissões regulamentadas

Capítulo 14 Vendedor, viajante e pracista Lei 3.207, de 18.07.1957 . Advirta-se inicialmente que este capítulo não trata do vendedor autônomo ou do representante comercial, mas apenas do vendedor…
0
0

Ônus da Prova à Luz da Reforma Trabalhista - Parte III - Direito Processual do Trabalho

Autor: JOSÉ AFFONSO DALLEGRAVE NETO Mestre e Doutor pela UFPR. Pós-Doutorando pela Universidade de Lisboa (FDUNL). Professor da Escola Judicial da Magistratura Trabalhista do Paraná e PUCPR.
0
0

Art. 457 - Capítulo II. Da Remuneração - Clt Comentada

Capítulo II Da remuneração Art. 457. Compreendem-se na remuneração do empregado, para todos os efeitos legais, além do salário devido e pago diretamente pelo empregador, como contraprestação do…
0
0

Novembro - Retrospectiva Trabalhista 2020

05/11/2020 – 7ª Turma do TST entende que a retenção da CTPS, por tempo superior ao estabelecido em lei (art. 29 da CLT ), é considerada ato ilícito e gera danos morais, ainda que não haja comprovação…
0
0