Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
28 de março de 2017
Alínea "c" do Inciso IV do Artigo 29 da Constituição Federal de 1988

Art. 29, inc. IV, "c" da Constituição Federal de 88

Constituição Federal de 1988

Nós, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assembléia Nacional Constituinte para instituir um Estado Democrático, destinado a assegurar o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada na harmonia social e comprometida, na ordem interna e internacional, com a solução pacífica das controvérsias, promulgamos, sob a proteção de Deus, a seguinte CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL.

Art. 29. O Município reger-se-á por lei orgânica, votada em dois turnos, com o interstício mínimo de dez dias, e aprovada por dois terços dos membros da Câmara Municipal, que a promulgará, atendidos os princípios estabelecidos nesta Constituição, na Constituição do respectivo Estado e os seguintes preceitos:

IV - para a composição das Câmaras Municipais, será observado o limite máximo de: (Redação dada pela Emenda Constituição Constitucional nº 58, de 2009) (Produção de efeito) (Vide ADIN 4307)

c) 13 (treze) Vereadores, nos Municípios com mais de 30.000 (trinta mil) habitantes e de até 50.000 (cinquenta mil) habitantes; (Redação dada pela Emenda Constituição Constitucional nº 58, de 2009)

c) 13 (treze) Vereadores, nos Municípios com mais de 30.000 (trinta mil) habitantes e de até 50.000 (cinquenta mil) habitantes; (Redação dada pela Emenda Constituição Constitucional nº 58, de 2009)

Inteiro Teor. : 1265282004

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO PARANÁ PROCESSO Nº: 126528/04 ASSUNTO: PRESTAÇÃO DE CONTAS MUNICIPAL ENTIDADE: CÂMARA MUNICIPAL DE PIRAQUARA INTERESSADO: CÂMARA MUNICIPAL DE PIRAQUARA, ADEMIR DA

Pg. 26. Associação Amazonense de Municípios AAM de 16/01/2017

I - zelar pela guarda da Constituição, das leis e das instituições democráticas, preservar o Patrimônio Público; II - cuidar da saúde e assistência pública, dando inclusive, proteção e garantia aos

Andamento do Processo n. 0803649-92.2016.8.22.0000 - 18/11/2016 do TJRO

ESTADO DE RONDÔNIA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Tribunal Pleno / Gabinete Des. José Jorge Ribeiro da Luz Processo: 0803649-92.2016.8.22.0000 - ARGÜIÇÃO DE INCONSTITUCIONALIDADE (216) Relator:

Pg. 9. Diário de Justiça do Estado de Rondônia DJRO de 18/11/2016

1. A Primeira Seção do STJ, no julgamento dos Embargos de Divergência no Recurso Especial n. 435.835-SC (relator para o acórdão Ministro José Delgado), firmou o entendimento de que, na hipótese de

Andamento do Processo n. 25.103 - Reclamação - 15/09/2016 do STF

RECLAMAÇÃO 25.103 (541) ORIGEM : RCL - 25103 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL PROCED. : RIO GRANDE DO SUL RELATOR :MIN. EDSON FACHIN RECLTE.(S) : LÚCIO WEBER DE ABREU ADV.(A/S) : LÚCIO WEBER DE ABREU

Pg. 86. Supremo Tribunal Federal STF de 15/09/2016

“EMENTA Agravo regimental em reclamação. Paradigma extraído de ações de caráter subjetivo. Ausência de requisitos. Perfil constitucional da reclamação. (...) Agravo regimental não provido. 1. Por

Pg. 13. Associação Amazonense de Municípios AAM de 01/09/2016

Publicado por: Clemilda Silva Falcão Nunes Código Identificador: 4085FAA1 INSTITUTO DE PREVIDENCIA DE IRANDUBA DESPACHO DE ADJUDICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO A PRESIDENTE DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DE

Vitor Morelli

Vitor Morelli -

Vereadores e Prefeitos

Em virtude de a política em nosso país ser algo tão complicado e, muitas das vezes simplesmente acabamos por escolher nossos representantes simplesmente por simpatia, achei prudente trazer esse texto

Pg. 45. Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe TRE-SE de 05/08/2016

provejo para que a decisão de fls. 42/43 passe a conter a seguinte disposição: Desta forma, entendendo não estarem presentes os requisitos ensejadores da tutela de urgência DEFIRO EM PARTE o pedido

Pg. 47. Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe TRE-SE de 05/08/2016

A Emenda Constitucional de nº 58 de 23.9.2009, alterou a composição das Câmaras Municipais, estabelecendo o máximo de Vereadores de acordo com uma escala minuciosa da população dos Municípios, como

×