Inciso XLVII do Artigo 5 da Constituição Federal de 1988

Constituição Federal de 1988

Nós, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assembléia Nacional Constituinte para instituir um Estado Democrático, destinado a assegurar o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada na harmonia social e comprometida, na ordem interna e internacional, com a solução pacífica das controvérsias, promulgamos, sob a proteção de Deus, a seguinte CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL.
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
XLVII - não haverá penas:
a) de morte, salvo em caso de guerra declarada, nos termos do art. 84, XIX;
b) de caráter perpétuo;
c) de trabalhos forçados;
d) de banimento;
e) cruéis;
Prjosney Miranda, Estudante de Direito
há 16 horas

Pena de Morte e o Direito Brasileiro

PENA DE MORTE E O DIREITO BRASILEIRO MIRANDA, Josney [1] PINHEIRO, Fernando Paulo [2] RESUMO A pena de morte no Brasil é uma forma de matar não utilizada desde o século XIX no Brasil . Seu último uso…
Ivando Braga, Advogado
há 3 dias

As Violações aos Direitos e Garantias dos Presos no Cárcere

Ivando das Neves Braga O presente trabalho tem como objetivo geral abordar os possíveis caminhos para a ressocialização do apenado frente ao caos que se tornou o sistema prisional brasileiro. Para…
André Mena, Estudante de Direito
há 7 dias

Princípio da Humanização das Penas: Uma Utopia Ante As Mazelas Do Sistema Prisional Brasileiro

André Mena Resumo: Este artigo possui a pretensão de provocar o debate acerca do descumprimento do princípio constitucional da humanização das penas, frente a realidade do cárcere brasileiro. Nesse…

A vulnerabilidade da mulher encarcerada: a lacuna entre o legal e a atuação do Estado

Ana Carolina Camargo Dias Christyelle Maria Martins Marcolino Yan Lucas Vieira Freitas RESUMO O presente trabalho de conclusão de curso aborda a temática da Vulnerabilidade da Mulher Encarcerada: a…

Disposições Gerais Sobre Lei de Drogas e Política Criminal de Drogas

Lei n. 11.343/2006. Política Criminal de Drogas. SISNAD – Sistema Nacional de Políticas sobre Drogas (Dec. Lei n.5912/2006). Lei n.11343/2006 . Art. 1o Esta Lei institui o Sistema Nacional de…

A Doença Mental e Aplicação de Pena ou Medida de Segurança

A doença mental. As doenças mentais são condições de anormalidade ou comprometimento de ordem psicológica, mental ou cognitiva. Há diversos fatores que explicam os transtornos psiquiátricos, como…
Iran Santos, Estudante de Direito
há 24 dias

Sistemas Processuais Penais e o Princípio do Devido Processo Legal e o Princípio da Humanidade Como Bases do Processo Moderno

 Os sistemas processuais penais são em síntese a definição da estrutura penal de determinado país. A partir das regras de persecução penal vigentes em uma jurisdição, foi observado a existência de…

A proteção à fauna

A PROTEÇÃO À FAUNA Rogério Tadeu Romano I – CONCEITO E ESPÉCIES DE FAUNA Fauna é o conjunto de animais próprios de uma região. Disse o Desembargador Ricardo Cintra Torres de Carvalho(A proteção…

Trabalho obrigatório do advogado dativo e a Convenção Americana dos Direitos Humanos

Resumo: Este artigo tem por objetivo apontar grave violação de Direitos Humanos contida no inciso XII, do art. 34 da Lei nº 8.906/1994 (Estatuto da Advocacia), estabelecendo a possibilidade de…

O direito ao esquecimento e o caminho para a ressocialização

Sites de notícias dão conta de que Cristian Cravinhos, coautor do homicídio que vitimou o casal Richtofen está pleiteando a censura da séria de TV: “INVESTIGAÇÃO CRIMINAL”, em que um dos episódios se…