Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
22 de outubro de 2017
Inciso XXVII do Artigo 5 da Constituição Federal de 1988

Art. 5, inc. XXVII da Constituição Federal de 88

Constituição Federal de 1988

Nós, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assembléia Nacional Constituinte para instituir um Estado Democrático, destinado a assegurar o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada na harmonia social e comprometida, na ordem interna e internacional, com a solução pacífica das controvérsias, promulgamos, sob a proteção de Deus, a seguinte CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL.

Nós, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assembléia Nacional Constituinte para instituir um Estado Democrático, destinado a assegurar o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada na harmonia social e comprometida, na ordem interna e internacional, com a solução pacífica das controvérsias, promulgamos, sob a proteção de Deus, a seguinte CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL.

Nós, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assembléia Nacional Constituinte para instituir um Estado Democrático, destinado a assegurar o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada na harmonia social e comprometida, na ordem interna e internacional, com a solução pacífica das controvérsias, promulgamos, sob a proteção de Deus, a seguinte CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL.

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

XXVII - aos autores pertence o direito exclusivo de utilização, publicação ou reprodução de suas obras, transmissível aos herdeiros pelo tempo que a lei fixar;

Pg. 1023. Judicial - 1ª Instância - Interior - Parte III. Diário de Justiça do Estado de São Paulo DJSP de 20/10/2017

atividades, e no mérito, pugna pela condenação ao pagamento de danos morais a serem arbitrados pelo Juízo.Juntou procuração e documentos (fls. 23/60).A tutela antecipada foi parcialmente concedida

Da concepção ao plágio

DA CONCEPÇÃO AO PLÁGIO [1] Oberleide S. Carvalho [2] RESUMO O presente artigo científico discute uma temática de extrema relevância no mundo académico que é o plágio. A etimología do vocábulo. Aponta

Pg. 749. Judicial - 2ª Instância. Diário de Justiça do Estado de São Paulo DJSP de 18/10/2017

por meio eletrônico, nos termos do artigo 7º da Res. 551/2011 - Embargos de Declaração - Itatiba - Embargte: V. C. R. S. - Embargdo: S. B. de S. - Vistos. Trata-se de embargos de declaração

Inteiro Teor. Apelação Criminal: APR 10514130056260001 MG

EMENTA: APELAÇAO CRIMINAL. VIOLAÇAO DE DIREITO AUTORAL. MATERIALIDADE DELITIVA. COMPROVAÇAO. PROVA PERICIAL SUFICIENTE. SÚMULA 574 DO STJ. ESPECIAL FIM DE AGIR COMPROVADO. CONDUTA TÍPICA. PRINCÍPIO

: 7034944320178070007 DF 0703494-43.2017.8.07.0007

DIREITO AUTORAL. PUBLICAÇÃO DE FOTOGRAFIA EM ANÚNCIO COMERCIAL NA INTERNET, SEM CONSENTIMENTO DO AUTOR E SEM A INDICAÇÃO DE AUTORIA. DEVER DE INDENIZAR OS DANOS MATERIAIS. DETERMINADA A RETIRADA DA OBRA DO SÍTIO ELETRÔNICO. AUSENTE SITUAÇÃO DE GRAVE OFENSA AOS ATRIBUTOS DA PERSONALIDADE. DANOS EXTRAPATRIMONIAIS NÃO CON...

Inteiro Teor. : 88182820148260073 SP 0008818-28.2014.8.26.0073

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA 8ª Câmara Criminal Extraordinária Registro: 2017.0000785643 ACÓRDAO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0008818-28.2014.8.26.0073, da

Pg. 683. Diário de Justiça do Distrito Federal DJDF de 10/10/2017

servidor efetivo faz jus a eventuais diferenças entre o valor pago como décimo terceiro salário e a remuneração devida nesse mês. § 2º O Poder Executivo e os órgãos do Poder Legislativo podem alterar

Pg. 684. Diário de Justiça do Distrito Federal DJDF de 10/10/2017

do julgamento e notas taquigráficas. Brasília (DF), 03 de Outubro de 2017 Juiz FERNANDO ANTONIO TAVERNARD LIMA Presidente e Relator RELATÓRIO Dispensado o relatório (Lei n. 9099/95, Art. 46). VOTOS O

AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AREsp 1131853 RS 2017/0165169-0

AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 1.131.853 - RS (2017/0165169-0) RELATOR : MINISTRO LUIS FELIPE SALOMAO AGRAVANTE : JOEL DE MOURA ADVOGADOS : RODRIGO GARCIA SANT'ANNA BEVILAQUIA - PR032690 ADRIANO DUTRA EMERICK - PR045133 NASSER YASSER SALAMEH, - PR044488 ANA PAOLA GHIZONI DE MACEDO - PR061672 AGRAVADO : ALEX JUNIOR PEREI...

Andamento do Processo n. 2017/0165169-0 - Agravo / Recurso Especial - 09/10/2017 do STJ

(5967) AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 1.131.853 - RS (2017/0165169-0) RELATOR : MINISTRO LUIS FELIPE SALOMÃO AGRAVANTE : JOEL DE MOURA ADVOGADOS : RODRIGO GARCIA SANT'ANNA BEVILAQUIA - PR032690

×