Artigo 10 do Decreto nº 5.773 de 09 de Maio de 2006

Decreto nº 5.773 de 09 de Maio de 2006

Dispõe sobre o exercício das funções de regulação, supervisão e avaliação de instituições de educação superior e cursos superiores de graduação e seqüenciais no sistema federal de ensino.
Art. 10. O funcionamento de instituição de educação superior e a oferta de curso superior dependem de ato autorizativo do Poder Público, nos termos deste Decreto.
§ 1o São modalidades de atos autorizativos os atos administrativos de credenciamento e recredenciamento de instituições de educação superior e de autorização, reconhecimento e renovação de reconhecimento de cursos superiores, bem como suas respectivas modificações.
§ 2o Os atos autorizativos fixam os limites da atuação dos agentes públicos e privados em matéria de educação superior.
§ 3o A autorização e o reconhecimento de cursos, bem como o credenciamento de instituições de educação superior, terão prazos limitados, sendo renovados, periodicamente, após processo regular de avaliação, nos termos da Lei no 10.861, de 14 de abril de 2004.
§ 4o Qualquer modificação na forma de atuação dos agentes da educação superior após a expedição do ato autorizativo, relativa à mantenedora, à abrangência geográfica das atividades, habilitações, vagas, endereço de oferta dos cursos ou qualquer outro elemento relevante para o exercício das funções educacionais, depende de modificação do ato autorizativo originário, que se processará na forma de pedido de aditamento.
§ 5o Havendo divergência entre o ato autorizativo e qualquer documento de instrução do processo, prevalecerá o ato autorizativo.
§ 6o Os prazos contam-se da publicação do ato autorizativo.
§ 7o Os atos autorizativos são válidos até sessenta dias após a comunicação do resultado da avaliação pelo INEP, observado o disposto no art. 70.
(Revogado)
§ 7o Os atos autorizativos são válidos até o ciclo avaliativo seguinte. (Redação dada pelo Decreto nº 6.303, de 2007)
§ 8o O protocolo do pedido de recredenciamento de instituição de educação superior, de reconhecimento e de renovação de reconhecimento de curso superior prorroga a validade do ato autorizativo pelo prazo máximo de um ano.
§ 8o O protocolo de pedido de recredenciamento de instituição de educação superior, de reconhecimento e de renovação de reconhecimento de curso superior prorroga a validade do ato autorizativo até a conclusão do processo. (Redação dada pelo Decreto nº 8.754, de 2016)
(Revogado)
§ 9o Todos os processos administrativos previstos neste Decreto observarão o disposto na Lei no 9.784, de 29 de janeiro de 1999.
§ 10. Os pedidos de ato autorizativo serão decididos tendo por base o relatório de avaliação e o conjunto de elementos de instrução apresentados pelas entidades interessadas no processo ou solicitados pela Secretaria em sua atividade instrutória. (Incluído pelo Decreto nº 6.303, de 2007)
(Revogado)
§ 10. Os pedidos de ato autorizativo serão decididos com base no relatório de avaliação, nos índices e indicadores de qualidade e no conjunto de elementos de instrução apresentados pelas entidades interessadas no processo ou solicitados pela Secretaria em sua atividade instrutória. (Redação dada pelo Decreto nº 8.754, de 2016)
(Revogado)
§ 11. A criação de universidade ou instituto federal dispensa a edição do ato autorizativo prévio para funcionamento e oferta de cursos, nos termos de sua lei de criação. (Incluído Decreto nº 8.754, de 2016)
(Revogado)

Andamento do Processo n. 0099100-53.1999.5.02.0301 - ATOrd - 23/04/2021 do TRT-2

Processo Nº ATOrd-0099100-53.1999.5.02.0301 RECLAMANTE JANE ZITEI DA SILVA SANTOS ADVOGADO MARCELO FIORANI(OAB: 116282/SP) RECLAMADO ROBERTO CASSANIGA ADVOGADO DORIVAL BRANDAO DOS SANTOS(OAB:…

Página 12582 da Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-2) de 23 de Abril de 2021

ADVOGADO DORIVAL BRANDAO DOS SANTOS(OAB: 139463/SP) TERCEIRO ACEB ASSOCIACAO CULTURAL E INTERESSADO EDUCACIONAL DE BERTIOGA ADVOGADO THAIS DE CAMARGO OLIVA RUFINO ANDRADE(OAB: 229699/SP)…

Andamento do Processo n. 0010644-53.2015.5.01.0024 - AIRR - 10/03/2021 do TST

Processo Nº AIRR-0010644-53.2015.5.01.0024 Complemento Processo Eletrônico Relator Min. Kátia Magalhães Arruda Agravante ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL SÃO PAULO APÓSTOLO - ASSESPA Advogado Dr. Cláudio…

Página 4539 da Judiciário do Tribunal Superior do Trabalho (TST) de 10 de Março de 2021

Toda a defesa da reclamada encontra-se baseada na sucessão havida na mantença da UniverCidade que, anteriormente, pertencia à ASSESPA e, posteriormente, passou à Galileo Administração embora,…

Petição - Ação Contratos Bancários de Banco do Brasil

EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) DOUTOR(A) JUIZ(ÍZA) DA 01 VARA CIVEL DA COMARCA DE SAO JOSE DOS CAMPOS/SP Processo no BANCO DO BRASIL S/A, já devidamente qualificado nos autos do feito acima…

Andamento do Processo n. 0006742-18.2013.4.02.5101 - Ação Civil Pública - 25/01/2021 do TRF-2

superior e de cursos de graduação e sequenciais (art. 1º, § 1º). Nos termos do art. 10, do Decreto 5.773/2006... de abril de 2004” Estabelece o art. 11, caput, do Decreto 5.773/2006 que o …

Página 104 da Judicial - JFRJ do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) de 25 de Janeiro de 2021

superior e de cursos de graduação e sequenciais (art. 1º, § 1º). Nos termos do art. 10, do Decreto 5.773/2006... de abril de 2004” Estabelece o art. 11, caput, do Decreto 5.773/2006 que o …

Página 211 da Judicial I - Interior SP e MS do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) de 18 de Janeiro de 2021

de São Paulo, Estado de São Paulo, nos termos do disposto no artigo 10, § 7º, do Decreto 5.773, de 9 de maio de 2006... Superior, usando da competência que lhe foi delegada pelo Decreto n 5.773, …

Página 7498 da Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-2) de 18 de Janeiro de 2021

proferido nos autos. CONCLUSÃO Nesta data faço os autos conclusos ao (à) Exmo. (a) Juiz (íza) do Trabalho. Guarujá, 15/01/2021 CLAUDIA ROSA TASINAZIO Servidor DESPACHO Vistos. 1) Dê-se ciência às…

Página 7507 da Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-2) de 18 de Janeiro de 2021

A partir de 15 de março de 2006, a Faculdade Bertioga ficou sem entidade mantenedora, regularmente credenciada junto ao MEC. A ACEB em agosto de 2006 pleiteou o credenciamento junto ao MEC o resgate…

Termo ou Assunto relacionado