Artigo 49 da Lei nº 11.101 de 09 de Fevereiro de 2005

Lei nº 11.101 de 09 de Fevereiro de 2005

Regula a recuperação judicial, a extrajudicial e a falência do empresário e da sociedade empresária.
Art. 49. Estão sujeitos à recuperação judicial todos os créditos existentes na data do pedido, ainda que não vencidos.
§ 1º Os credores do devedor em recuperação judicial conservam seus direitos e privilégios contra os coobrigados, fiadores e obrigados de regresso.
§ 2º As obrigações anteriores à recuperação judicial observarão as condições originalmente contratadas ou definidas em lei, inclusive no que diz respeito aos encargos, salvo se de modo diverso ficar estabelecido no plano de recuperação judicial.
§ 3º Tratando-se de credor titular da posição de proprietário fiduciário de bens móveis ou imóveis, de arrendador mercantil, de proprietário ou promitente vendedor de imóvel cujos respectivos contratos contenham cláusula de irrevogabilidade ou irretratabilidade, inclusive em incorporações imobiliárias, ou de proprietário em contrato de venda com reserva de domínio, seu crédito não se submeterá aos efeitos da recuperação judicial e prevalecerão os direitos de propriedade sobre a coisa e as condições contratuais, observada a legislação respectiva, não se permitindo, contudo, durante o prazo de suspensão a que se refere o
§ 4º do art. 6º desta Lei, a venda ou a retirada do estabelecimento do devedor dos bens de capital essenciais a sua atividade empresarial.
§ 4º Não se sujeitará aos efeitos da recuperação judicial a importância a que se refere o inciso II do art. 86 desta Lei.
§ 5º Tratando-se de crédito garantido por penhor sobre títulos de crédito, direitos creditórios, aplicações financeiras ou valores mobiliários, poderão ser substituídas ou renovadas as garantias liquidadas ou vencidas durante a recuperação judicial e, enquanto não renovadas ou substituídas, o valor eventualmente recebido em pagamento das garantias permanecerá em conta vinculada durante o período de suspensão de que trata o § 4º do art. 6º desta Lei.
§ 6º Nas hipóteses de que tratam os §§ 2º e 3º do art. 48 desta Lei, somente estarão sujeitos à recuperação judicial os créditos que decorram exclusivamente da atividade rural e estejam discriminados nos documentos a que se referem os citados parágrafos, ainda que não vencidos. (Incluído pela Lei nº 14.112, de 2020) (Vigência)
§ 7º Não se sujeitarão aos efeitos da recuperação judicial os recursos controlados e abrangidos nos termos dos arts. 14 e 21 da Lei nº 4.829, de 5 de novembro de 1965. (Incluído pela Lei nº 14.112, de 2020) (Vigência)
§ 8º Estarão sujeitos à recuperação judicial os recursos de que trata o § 7º deste artigo que não tenham sido objeto de renegociação entre o devedor e a instituição financeira antes do pedido de recuperação judicial, na forma de ato do Poder Executivo. (Incluído pela Lei nº 14.112, de 2020) (Vigência)
§ 9º Não se enquadrará nos créditos referidos no caput deste artigo aquele relativo à dívida constituída nos 3 (três) últimos anos anteriores ao pedido de recuperação judicial, que tenha sido contraída com a finalidade de aquisição de propriedades rurais, bem como as respectivas garantias. (Incluído pela Lei nº 14.112, de 2020) (Vigência)
J Leal, Juiz de Direito
há 2 meses

Recuperação Judicial

INTRODUÇÃO O Juízo Concursal da Recuperação Judicial traz, entre outras, a peculiaridade de suas decisões também produzirem efeitos em processos cíveis alhures, presididos por outros juízes, seja na…
3
0

A Recuperação Judicial impede que a execução prossiga em face do sócio?

Consabido o procedimento de recuperação judicial nada mais é do que uma negociação coletiva entre o devedor e os seus credores, ou seja, a empresa em recuperação judicial chama seus credores para que…
1
0

Recuperação Extrajudicial e as eventuais exiguidades decorrentes da desjudicialização.

O objeto de estudo do presente Artigo é o instituto da Recuperação Extrajudicial de Empresas, criado pela Lei nº 11.101 de 2005, no contexto da desjudicialização de conflitos, tendência no Direito…
1
0

Da Perda da Eficácia do Tema 1051 do STJ - Crédito do Representante Comercial - Alteração do art. 44 da Lei 4886/65

O art. 44 da Lei 4886/65, após alteração promovida pela Lei 8420/92, continha a seguinte redação: Art. 44. No caso de falência do representado as importâncias por ele devidas ao representante…
1
0

Algumas linhas quanto a execução de sócios de sociedade diante da recuperação judicial e a aplicação da teoria menor na desconsideração da personalidade jurídica

ALGUMAS LINHAS QUANTO A EXECUÇÃO DE SÓCIOS DE SOCIEDADE DIANTE DA RECUPERAÇÃO JUDICIAL E A APLICAÇÃO DA TEORIA MENOR NA DESCONSIDERAÇÃO DA PERSONALIDADE JURÍDICA Rogério Tadeu Romano O processamento…
2
0

Recupere sua empresa, pagando somente 20% das dívidas

A Lei nº 11.101, de 9 de fevereiro de 2005 (LERF), é a norma basilar sobre recuperação judicial, recuperação extrajudicial e falência dos empresários e das sociedades empresárias. Antigamente o…
1
0

Travas Bancárias e a Dança do Capital: Decifrando as Decisões do STJ e TJ-PI na Recuperação Judicial.

Introdução Este breve texto mergulha nas nuances das travas bancárias dentro do contexto de recuperação judicial, explorando decisões críticas do STJ e do TJ-PI e suas implicações para os credores.
1
0
Nicolas Bergamim, Advogado
há 4 meses

Execuções Fiscais contra empresas em Recuperação Judicial

Antes de analisar, de fato, sobre a correlação entre as Execuções Fiscais e as Recuperações Judiciais presentes em nosso país, é imperioso sobrepormos alguns números sobre tais assuntos. Conforme…
1
0
Bruno Rodrigues, Advogado
há 4 meses

Recuperação judicial: novação das dívidas não extingue execuções contra sócios

Embora a novação da dívida signifique a criação de uma nova dívida em substituição a outra pré-existente, a novação realizada em decorrênca de homologação de plano de recuperação judicial não…
1
0
Douglas Vilar, Advogado
há 5 meses

O que muda com as alterações trazidas pela Lei nº 14.711/2023 - Lei da Alienação fiduciária, com vigência desde 30/10/2023?

Não se pretende com o presente esgotar o assunto, somente traçar um comparativo das alterações legislativas e dar um panorama simplificado sobre o tema. Abaixo segue quadro comparativo artigo por…
17
2