Artigo 49 da Lei nº 11.101 de 09 de Fevereiro de 2005

Lei nº 11.101 de 09 de Fevereiro de 2005

Regula a recuperação judicial, a extrajudicial e a falência do empresário e da sociedade empresária.
Art. 49. Estão sujeitos à recuperação judicial todos os créditos existentes na data do pedido, ainda que não vencidos.
§ 1º Os credores do devedor em recuperação judicial conservam seus direitos e privilégios contra os coobrigados, fiadores e obrigados de regresso.
§ 2º As obrigações anteriores à recuperação judicial observarão as condições originalmente contratadas ou definidas em lei, inclusive no que diz respeito aos encargos, salvo se de modo diverso ficar estabelecido no plano de recuperação judicial.
§ 3º Tratando-se de credor titular da posição de proprietário fiduciário de bens móveis ou imóveis, de arrendador mercantil, de proprietário ou promitente vendedor de imóvel cujos respectivos contratos contenham cláusula de irrevogabilidade ou irretratabilidade, inclusive em incorporações imobiliárias, ou de proprietário em contrato de venda com reserva de domínio, seu crédito não se submeterá aos efeitos da recuperação judicial e prevalecerão os direitos de propriedade sobre a coisa e as condições contratuais, observada a legislação respectiva, não se permitindo, contudo, durante o prazo de suspensão a que se refere o
§ 4º do art. 6º desta Lei, a venda ou a retirada do estabelecimento do devedor dos bens de capital essenciais a sua atividade empresarial.
§ 4º Não se sujeitará aos efeitos da recuperação judicial a importância a que se refere o inciso II do art. 86 desta Lei.
§ 5º Tratando-se de crédito garantido por penhor sobre títulos de crédito, direitos creditórios, aplicações financeiras ou valores mobiliários, poderão ser substituídas ou renovadas as garantias liquidadas ou vencidas durante a recuperação judicial e, enquanto não renovadas ou substituídas, o valor eventualmente recebido em pagamento das garantias permanecerá em conta vinculada durante o período de suspensão de que trata o § 4º do art. 6º desta Lei.
§ 6º Nas hipóteses de que tratam os §§ 2º e 3º do art. 48 desta Lei, somente estarão sujeitos à recuperação judicial os créditos que decorram exclusivamente da atividade rural e estejam discriminados nos documentos a que se referem os citados parágrafos, ainda que não vencidos. (Incluído pela Lei nº 14.112, de 2020) (Vigência)
§ 7º Não se sujeitarão aos efeitos da recuperação judicial os recursos controlados e abrangidos nos termos dos arts. 14 e 21 da Lei nº 4.829, de 5 de novembro de 1965. (Incluído pela Lei nº 14.112, de 2020) (Vigência)
§ 8º Estarão sujeitos à recuperação judicial os recursos de que trata o § 7º deste artigo que não tenham sido objeto de renegociação entre o devedor e a instituição financeira antes do pedido de recuperação judicial, na forma de ato do Poder Executivo. (Incluído pela Lei nº 14.112, de 2020) (Vigência)
§ 9º Não se enquadrará nos créditos referidos no caput deste artigo aquele relativo à dívida constituída nos 3 (três) últimos anos anteriores ao pedido de recuperação judicial, que tenha sido contraída com a finalidade de aquisição de propriedades rurais, bem como as respectivas garantias. (Incluído pela Lei nº 14.112, de 2020) (Vigência)

1.Histórico - Capítulo IV. Arrendamento Mercantil - Tratado de Direito Empresarial - Vol. IV - Ed. 2023

Sumário: 1.Histórico 2.Importância econômica 3.Conceito e natureza jurídica 4.Tipos de arrendamento mercantil e respectivas operações econômicas 4.1Arrendamento mercantil financeiro 4.2Valor residual…
0
0

10.1. Caráter Constitucional da Administração Tributária - Capítulo 10. Administração Tributária - Direito Tributário - Ed. 2022

Sumário: 10.1 Caráter constitucional da Administração Tributária 10.2 Fiscalização 10.2.1 Dever de informação ao Fisco versus sigilo profissional 10.2.2 Sigilo bancário 10.2.3 Sigilo fiscal 10.3…
0
0

161.. Tratamento Legal da Alienação Fiduciária em Garantia: A Propriedade Fiduciária e o Direito Real de Aquisição - Capítulo XVI. Propriedade Fiduciária: Direito Real de Aquisição

Sumário: 161. Tratamento legal da alienação fiduciária em garantia: a propriedade fiduciária e o direito real de aquisição 162. Adoção da teoria da propriedade resolúvel 163. Contratos de direito das…
0
0

16.Bens, Coisas e Objetos - Capítulo III. Bens Jurídicos - Instituições de Direito Civil: Parte Geral do Código Civil e Direitos da Personalidade

Sumário: 16.Bens, coisas e objetos 17.Patrimônio 18.Patrimônio e titularidade 18.1.Patrimônio de grupos econômicos. Comunhão simples e unitária 18.2.Patrimônios de afetação: autônomos e separados…
0
0

Anexo 2 - Garantias Autoexecutáveis

Neste anexo estão discriminadas as propostas de alteração legislativa referidas na conclusão. 1. NO QUE TOCA À LEI N. 10.406/2002, PROPÕE-SE QUE: (i) o art. 1.361, “caput” e § 1º, da Lei n.
0
0

4. A Desjudicialização das Garantias - Garantias Autoexecutáveis

Para que prospere, o mercado precisa confiar que as obrigações serão cumpridas celeremente. No entanto, essa rapidez não é própria do Poder Judiciário, cuja estrutura é insuficiente para lidar com a…
0
0

Art. 1.361 - Capítulo IX. Da Propriedade Fiduciária - Código Civil Comentado

Capítulo IX DA PROPRIEDADE FIDUCIÁRIA * Redação anterior da rubrica determinada pela MP 881/2019 ( DOU 30.04.2019), posteriormente convertida na Lei 13.874/2019​​ ( DOU 20.09.2019, edição extra B),…
0
0

Art. 521 - Subseção IV. Da Venda com Reserva de Domínio - Código Civil Comentado

Subseção IV Da venda com reserva de domínio Art. 521. Na venda de coisa móvel, pode o vendedor reservar para si a propriedade, até que o preço esteja integralmente pago. V. arts. 523 e 1.359 do CC.
0
0

Art. 360 - Capítulo VI. Da Novação - Código Civil Comentado

Capítulo VI DA NOVAÇÃO Art. 360. Dá-se a novação: I – quando o devedor contrai com o credor nova dívida para extinguir e substituir a anterior; II – quando novo devedor sucede ao antigo, ficando este…
0
0

Art. 1.361 - Capítulo IX. Da Propriedade Fiduciária - Código Civil Comentado - Ed. 2021

Capítulo IX DA PROPRIEDADE FIDUCIÁRIA * Redação anterior da rubrica determinada pela MP 881/2019 ( DOU 30.04.2019), posteriormente convertida na Lei 13.874/2019​​ ( DOU 20.09.2019, edição extra B),…
0
0