Artigo 243 da Lei nº 8.112 de 11 de Dezembro de 1990

RJU - Lei nº 8.112 de 11 de Dezembro de 1990

Dispõe sobre o regime jurídico dos servidores públicos civis da União, das autarquias e das fundações públicas federais.
Art. 243. Ficam submetidos ao regime jurídico instituído por esta Lei, na qualidade de servidores públicos, os servidores dos Poderes da União, dos ex-Territórios, das autarquias, inclusive as em regime especial, e das fundações públicas, regidos pela Lei nº 1.711, de 28 de outubro de 1952 - Estatuto dos Funcionários Públicos Civis da União, ou pela Consolidação das Leis do Trabalho, aprovada pelo Decreto-Lei nº 5.452, de 1o de maio de 1943, exceto os contratados por prazo determinado, cujos contratos não poderão ser prorrogados após o vencimento do prazo de prorrogação.
§ 1o Os empregos ocupados pelos servidores incluídos no regime instituído por esta Lei ficam transformados em cargos, na data de sua publicação.
§ 2o As funções de confiança exercidas por pessoas não integrantes de tabela permanente do órgão ou entidade onde têm exercício ficam transformadas em cargos em comissão, e mantidas enquanto não for implantado o plano de cargos dos órgãos ou entidades na forma da lei.
§ 3o As Funções de Assessoramento Superior - FAS, exercidas por servidor integrante de quadro ou tabela de pessoal, ficam extintas na data da vigência desta Lei.
§ 4o (VETADO).
§ 5o O regime jurídico desta Lei é extensivo aos serventuários da Justiça, remunerados com recursos da União, no que couber.
§ 6o Os empregos dos servidores estrangeiros com estabilidade no serviço público, enquanto não adquirirem a nacionalidade brasileira, passarão a integrar tabela em extinção, do respectivo órgão ou entidade, sem prejuízo dos direitos inerentes aos planos de carreira aos quais se encontrem vinculados os empregos.
§ 7o Os servidores públicos de que trata o caput deste artigo, não amparados pelo art. 19 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias, poderão, no interesse da Administração e conforme critérios estabelecidos em regulamento, ser exonerados mediante indenização de um mês de remuneração por ano de efetivo exercício no serviço público federal. (Incluído pela Lei nº 9.527, de 10.12.97)
§ 8o Para fins de incidência do imposto de renda na fonte e na declaração de rendimentos, serão considerados como indenizações isentas os pagamentos efetuados a título de indenização prevista no parágrafo anterior. (Incluído pela Lei nº 9.527, de 10.12.97)
§ 9o Os cargos vagos em decorrência da aplicação do disposto no § 7o poderão ser extintos pelo Poder Executivo quando considerados desnecessários. (Incluído pela Lei nº 9.527, de 10.12.97)

Intimação - Apelação / Remessa Necessária - 0011462-59.2014.4.03.6105 - Disponibilizado em 07/12/2021 - TRF3

NÚMERO ÚNICO: 0011462-59.2014.4.03.6105 POLO PASSIVO DURVAL DE BRITO GUERRA NETO ADVOGADO(A/S) FRANCINETE DE SOUSA OLIVEIRA | 269520/SP PODER JUDICIÁRIO Tribunal Regional Federal da 3ª Região 9ª…

Petição Inicial - Ação Admissão / Permanência / Despedida

EXMO.(A) JUIZ(A) DE DIREITO DA VARA CIVEL DE SABARÁ , brasileira, , funcionária publica, portadora da CI n.° , inscrito no CPF sob o n.° , residente e domiciliada em Sabara/MG, na CEP: ; por…

Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região TRT-23 - Recurso Ordinário Trabalhista : ROT 0000465-06.2020.5.23.0046 MT

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 23ª REGIAO 2ª Turma Identificação PROCESSO N. 0000465-06.2020.5.23.0046 (ROT) RECORRENTE: JOAO RODRIGUES DE ALMEIDA RECORRIDA:…

Petição Inicial - Ação Salário / Diferença Salarial

Fls.: 2 EXMO. SR. DR. JUIZ FEDERAL DA VARA DO TRABALHO DE ILHÉUS , brasileira, casada, servidora pública federal, nascida em 01/01/1951, RG , CPF n° , 569, filha de Maria do Carmo, domiciliado na…

Petição Inicial - Ação Salário / Diferença Salarial

Fls.: 2 EXMO. SR. DR. JUIZ FEDERAL DA VARA DO TRABALHO DE ILHÉUS , brasileira, casada, servidora pública federal, nascida em 01/01/1951, RG , CPF n° , 569, filha de Maria do Carmo, domiciliado na…

Página 687 da Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 22ª Região (TRT-22) de 6 de Dezembro de 2021

RODRIGO OTAVIO CRESSONI Advogado(a)(s): (TO - 4609) Considerando a declaração de suspeição da Exma. Sra. Desembargadora Presidente, por motivo de foro íntimo, nos processos em que o Exmo. Sr.

Página 689 da Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 22ª Região (TRT-22) de 6 de Dezembro de 2021

1º/1/1980, houve estabilização por meio do art. 19 do ADCT, o que torna válida a mudança de regime promovida pela Lei nº 8.112/1990 em relação ao reclamante e determina a incompetência desta Justiça…

Página 872 da Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região (TRT-14) de 6 de Dezembro de 2021

25/05/2018). [...] PRESCRIÇÃO BIENAL. DIFERENÇAS DE FGTS. SERVIÇO PÚBLICO MUNICIPAL. EMPREGADOS ADMITIDOS SEM CONCURSO PÚBLICO APÓS 05.10.1983. IMPOSSIBILIDADE DE TRANSPOSIÇÃO AUTOMÁTICA DO REGIME…

Página 873 da Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região (TRT-14) de 6 de Dezembro de 2021

É firme o entendimento do STJ de que, definido em decisão trabalhista transitada em julgado, que o Servidor ocupava emprego público quando da entrada em vigor da Lei 8.112/1990, impõe-se reconhecer o…

Página 874 da Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região (TRT-14) de 6 de Dezembro de 2021

posteriormente à edição da Lei n. 8.112/1990, a servidora teve seu vínculo empregatício reconhecido com a Universidade Federal, havendo a determinação de que os efeitos da contratualidade deveriam…