Artigo 25 da Lei nº 10.826 de 22 de Dezembro de 2003

Lei nº 10.826 de 22 de Dezembro de 2003

Dispõe sobre registro, posse e comercialização de armas de fogo e munição, sobre o Sistema Nacional de Armas – Sinarm, define crimes e dá outras providências.
Art. 25. As armas de fogo apreendidas, após a elaboração do laudo pericial e sua juntada aos autos, quando não mais interessarem à persecução penal serão encaminhadas pelo juiz competente ao Comando do Exército, no prazo de até 48 (quarenta e oito) horas, para destruição ou doação aos órgãos de segurança pública ou às Forças Armadas, na forma do regulamento desta Lei. (Redação dada pela Lei nº 13.886, de 2019)
§ 1o As armas de fogo encaminhadas ao Comando do Exército que receberem parecer favorável à doação, obedecidos o padrão e a dotação de cada Força Armada ou órgão de segurança pública, atendidos os critérios de prioridade estabelecidos pelo Ministério da Justiça e ouvido o Comando do Exército, serão arroladas em relatório reservado trimestral a ser encaminhado àquelas instituições, abrindo-se-lhes prazo para manifestação de interesse. (Incluído pela Lei nº 11.706, de 2008)
§ 1º-A. As armas de fogo e munições apreendidas em decorrência do tráfico de drogas de abuso, ou de qualquer forma utilizadas em atividades ilícitas de produção ou comercialização de drogas abusivas, ou, ainda, que tenham sido adquiridas com recursos provenientes do tráfico de drogas de abuso, perdidas em favor da União e encaminhadas para o Comando do Exército, devem ser, após perícia ou vistoria que atestem seu bom estado, destinadas com prioridade para os órgãos de segurança pública e do sistema penitenciário da unidade da federação responsável pela apreensão. (Incluído pela Lei nº 13.886, de 2019)
§ 2o O Comando do Exército encaminhará a relação das armas a serem doadas ao juiz competente, que determinará o seu perdimento em favor da instituição beneficiada. (Incluído pela Lei nº 11.706, de 2008)
§ 3o O transporte das armas de fogo doadas será de responsabilidade da instituição beneficiada, que procederá ao seu cadastramento no Sinarm ou no Sigma. (Incluído pela Lei nº 11.706, de 2008)
§ 4o (VETADO) (Incluído pela Lei nº 11.706, de 2008)
§ 5o O Poder Judiciário instituirá instrumentos para o encaminhamento ao Sinarm ou ao Sigma, conforme se trate de arma de uso permitido ou de uso restrito, semestralmente, da relação de armas acauteladas em juízo, mencionando suas características e o local onde se encontram. (Incluído pela Lei nº 11.706, de 2008)

Tribunal de Justiça de Goiás TJ-GO - PROCESSO CRIMINAL -> Recursos -> Apelação Criminal : 0229861-59.2015.8.09.0175 GOIÂNIA

APELAÇÃO CRIMINAL. POSSE ILEGAL DE ARMA DE FOGO. NULIDADE DO PROCESSO. BUSCA E APREENSÃO. NÃO APRECIAÇÃO DE TESES DA DEFESA. ABSOLVIÇÃO POR ATIPICIDADE DA CONDUTA. REDUÇÃO DA PENA. SUBSTITUIÇÃO POR …

Tribunal de Justiça de Santa Catarina TJ-SC - Apelação Criminal : APR 5007165-61.2020.8.24.0036 Tribunal de Justiça de Santa Catarina 5007165-61.2020.8.24.0036

APELAÇÃO CRIMINAL. FURTO DE SUBSTÂNCIAS EXPLOSIVAS (CP, ART. 155, § 7º), RECEPTAÇÃO SIMPLES (CP, ART. 180, CAPUT), RECEPTAÇÃO QUALIFICADA (CP, ART. 180, §§ 1º E 2º), POSSE IRREGULAR DE ARMA DE FOGO …

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJ-DF : 0000033-48.2019.8.07.0003 DF 0000033-48.2019.8.07.0003

Porte de arma de fogo de uso permitido. Registro vencido. Restituição da arma. 1 - O perdimento da arma de fogo apreendida ocorre se não observado o que dispõe o Estatuto do Desarmamento (art. 25 da …

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJ-DF : 0010973-64.2013.8.07.0009 DF 0010973-64.2013.8.07.0009

APELAÇÃO CRIMINAL. PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO DE USO PERMITIDO (ART. 14 DA LEI 10.826/2003). RÉU CONDENADO. PERDIMENTO DA ARMA E DAS MUNIÇÕES EM FAVOR DA UNIÃO. NECESSIDADE. EFEITO EXTRAPENAL DA …

Superior Tribunal de Justiça STJ - HABEAS CORPUS : HC 647428 SP 2021/0053631-9

logo disponibilizada a vaga. Cumpra-se o disposto no artigo 25 da Lei 10.826 /03, com relação as munições apreendidas. A pena...-se sua transferência tão logo disponibilizada a vaga. Cumpra-se o …

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Apelação Criminal : APR 0000228-88.2017.8.26.0095 SP 0000228-88.2017.8.26.0095

desinteresse na sua conservação para fins processuais. Artigo 25, da Lei 10.826/03. Taxa judiciária. Isenção... de que aceitas as condições propostas pelo Ministério Público nos termos do artigo

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO EM HABEAS CORPUS : RHC 140190 AL 2020/0342505-4

, em tese, dos crimes tipificados nos artigos 33, da Lei 11.346 /2006 e art. 16 , § 4º, VI, da Lei 10.826 /2003... /2006 e do art. 12 da Lei 10.826 /03, c/c art. 69 , caput, do CP . Depois …

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL : REsp 1889600 RJ 2020/0206971-4

RECURSO ESPECIAL Nº 1889600 - RJ (2020/0206971-4) DECISAO Trata-se de recurso especial interposto pelo MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, com fundamento no art. 105, inciso III, alínea …

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul TJ-RS - Apelação Criminal : APR 0089538-84.2020.8.21.7000 RS

, ?a?, do CP, e art. 25 da Lei 10.826/03, e não se confunde com a pena restritiva de direitos consistente na perda... APELAÇÃO CRIMINAL. PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO. ART. 14 DA LEI 10.826/03. CRIME …

Tribunal de Justiça do Paraná TJ-PR - PROCESSO CRIMINAL - Recursos - Apelação : APL 0004300-82.2016.8.16.0079 PR 0004300-82.2016.8.16.0079 (Acórdão)

revelam a prática pelo Apelante do delito previsto no artigo 14, caput da Lei 10.826/2003: “Art. 14. Portar, deter... PERMITIDO (ART. 14 DA LEI 10.826/2003). ARGUIÇÃO DE NULIDADE DO AUTO DE …