Artigo 23 da Lei nº 10.826 de 22 de Dezembro de 2003

Lei nº 10.826 de 22 de Dezembro de 2003

Dispõe sobre registro, posse e comercialização de armas de fogo e munição, sobre o Sistema Nacional de Armas - Sinarm, define crimes e dá outras providências.
Art. 23. A classificação legal, técnica e geral bem como a definição das armas de fogo e demais produtos controlados, de usos proibidos, restritos, permitidos ou obsoletos e de valor histórico serão disciplinadas em ato do chefe do Poder Executivo Federal, mediante proposta do Comando do Exército. (Redação dada pela Lei nº 11.706, de 2008)
XI - Julgada a avaliação, o Juiz, dentro de oito (8) dias, intimará o titular do decreto a depositar a quantia correspondente ao valor da renda de dois anos e a correspondente à caução para pagamento da indenização.(Incluído pelo Decreto-Lei nº 9.449, de 1946).
§ 1o Todas as munições comercializadas no País deverão estar acondicionadas em embalagens com sistema de código de barras, gravado na caixa, visando possibilitar a identificação do fabricante e do adquirente, entre outras informações definidas pelo regulamento desta Lei.
§ 2o Para os órgãos referidos no art. 6o, somente serão expedidas autorizações de compra de munição com identificação do lote e do adquirente no culote dos projéteis, na forma do regulamento desta Lei.
§ 3o As armas de fogo fabricadas a partir de 1 (um) ano da data de publicação desta Lei conterão dispositivo intrínseco de segurança e de identificação, gravado no corpo da arma, definido pelo regulamento desta Lei, exclusive para os órgãos previstos no art. 6o.
§ 4o As instituições de ensino policial e as guardas municipais referidas nos incisos III e IV do art. 6o e no seu § 6o poderão adquirir insumos e máquinas de recarga de munição para o fim exclusivo de suprimento de suas atividades, mediante autorização concedida nos termos definidos em regulamento. (Incluído pela Medida Provisória nº 417, de 2008)
(Revogado)
§ 4o As instituições de ensino policial e as guardas municipais referidas nos incisos III e IV do caput do art. 6o desta Lei e no seu § 7o poderão adquirir insumos e máquinas de recarga de munição para o fim exclusivo de suprimento de suas atividades, mediante autorização concedida nos termos definidos em regulamento. (Incluído pela Lei nº 11.706, de 2008)

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Criminal : APR 0033994-76.2013.8.13.0567 Sabará

EMENTA: APELAÇAO CRIMINAL - POSSE OU PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO DE USO RESTRITO - DESCLASSIFICAÇAO PARA O CRIME DO ARTIGO 14 DA LEI Nº 10.826/03 - NECESSIDADE - NOVATIO LEGIS IN MELLIUS - ALTERAÇAO…

Tribunal de Justiça de Santa Catarina TJ-SC - Apelação Criminal : APR 0900127-86.2016.8.24.0072 Tribunal de Justiça de Santa Catarina 0900127-86.2016.8.24.0072

Apelação Criminal Nº 0900127-86.2016.8.24.0072/SCPROCESSO ORIGINÁRIO: Nº 0900127-86.2016.8.24.0072/SC RELATOR: Desembargador LUIZ ANTÔNIO ZANINI FORNEROLLI APELANTE: THIAGO GONCALVES AZEVEDO…

Tribunal de Justiça de Santa Catarina TJ-SC - Apelação Criminal : APR 0900127-86.2016.8.24.0072 Tribunal de Justiça de Santa Catarina 0900127-86.2016.8.24.0072

APELAÇÕES CRIMINAIS - ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA (ART. 2º, §2º C/C §3º C/C §4º, I E IV, DA LEI N. 12.850/13), TRÁFICO DE ENTORPECENTES (ART. 33, CAPUT E §1º, II, DA LEI N. 11.343/06), ASSOCIAÇÃO PARA O …

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Criminal : APR 0604119-19.2018.8.13.0702 Uberlândia

EMENTA: APELAÇAO CRIMINAL - PORTE ILEGAL DE MUNIÇÕES E ARMA DE FOGO DE USO RESTRITO - DESCLASSIFICAÇAO PARA O CRIME DO ARTIGO 14 DA LEI Nº 10.826/03 - NECESSIDADE - NOVATIO LEGIS IN MELLIUS -…

Supremo Tribunal Federal STF - MEDIDA CAUTELAR NA AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE : ADI 0048048-66.2021.1.00.0000 DF 0048048-66.2021.1.00.0000

Supremo Tribunal Federal MEDIDA CAUTELAR NA AÇAO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE 6.675 DISTRITO FEDERAL RELATORA : MIN. ROSA WEBER REQTE.(S) : PARTIDO SOCIALISTA BRASILEIRO - PSB ADV.(A/S) : RAFAEL…

Supremo Tribunal Federal STF - MEDIDA CAUTELAR NA AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE : ADI 0048048-66.2021.1.00.0000 DF 0048048-66.2021.1.00.0000

AÇAO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE. DECRETOS PRESIDENCIAIS QUE DISPÕEM SOBRE AQUISIÇAO, CADASTRO, REGISTRO, POSSE E PORTE DE ARMAS DE FOGO, ACESSÓRIOS E MUNIÇÕES. ATOS NORMATIVOS EDITADOS COM O …

Andamento do Processo n. 6.675 - Medida Cautelar - 14/04/2021 do STF

MEDIDA CAUTELAR NA AÇÃO DIRETA DE (977) INCONSTITUCIONALIDADE 6.675 ORIGEM : 6675 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL PROCED. : DISTRITO FEDERAL RELATORA :MIN. ROSA WEBER REQTE.(S) : PARTIDO SOCIALISTA…

Página 184 do Supremo Tribunal Federal (STF) de 14 de Abril de 2021

jurídico interno, as medidas necessárias para impedir que armas de fogo, peças e componentes e munições ilicitamente fabricados e traficados caiam nas mãos de pessoas não autorizadas , por meio da…

Página 188 do Supremo Tribunal Federal (STF) de 14 de Abril de 2021

concreta, atual. Não se pode, por meio de ato normativo subalterno, ressignificar o conteúdo jurídico dessa expressão normativa para torná-la sinônimo de algo suposto, hipotético, aparente, ficto .

Tribunal de Justiça de Santa Catarina TJ-SC - Apelação Criminal : APR 0000759-68.2017.8.24.0019 Tribunal de Justiça de Santa Catarina 0000759-68.2017.8.24.0019

Apelação Criminal Nº 0000759-68.2017.8.24.0019/SC RELATOR: Desembargador JOSÉ EVERALDO SILVA APELANTE: FLAVIO ANTONIO MUNARETTO APELADO: MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SANTA CATARINA RELATÓRIO Na…