Art. 11 do Estatuto do Desarmamento - Lei 10826/03

Lei nº 10.826 de 22 de Dezembro de 2003

Dispõe sobre registro, posse e comercialização de armas de fogo e munição, sobre o Sistema Nacional de Armas - Sinarm, define crimes e dá outras providências.
Art. 11. Fica instituída a cobrança de taxas, nos valores constantes do Anexo desta Lei, pela prestação de serviços relativos:
I - ao registro de arma de fogo;
II - à renovação de registro de arma de fogo;
III - à expedição de segunda via de registro de arma de fogo;
IV - à expedição de porte federal de arma de fogo;
V - à renovação de porte de arma de fogo;
VI - à expedição de segunda via de porte federal de arma de fogo.
§ 1o Os valores arrecadados destinam-se ao custeio e à manutenção das atividades do Sinarm, da Polícia Federal e do Comando do Exército, no âmbito de suas respectivas responsabilidades.
§ 2o As taxas previstas neste artigo serão isentas para os proprietários de que trata o § 5o do art. 6o e para os integrantes dos incisos I, II, III, IV, V, VI e VII do art. 6o, nos limites do regulamento desta Lei.
(Revogado)
§ 2º São isentas do pagamento das taxas previstas neste artigo as pessoas e as instituições a que se referem o caput e os incisos I a VII e X e o § 5o do art. 6o desta Lei. (Redação dada pela Medida Provisória nº 379, de 2007).
(Revogado)
§ 2o São isentas do pagamento das taxas previstas neste artigo as pessoas e as instituições a que se referem os incisos I a VII e X e o § 5o do art. 6o desta Lei.
(Revogado)
(Vide Medida Provisória nº 390, de 2007)
(Revogado)
§ 2o São isentas do pagamento das taxas previstas neste artigo as pessoas e as instituições a que se referem os incisos I a VII e X e o § 5o do art. 6o desta Lei. (Redação dada pela Medida Provisória nº 417, de 2008)
(Revogado)
§ 2o São isentas do pagamento das taxas previstas neste artigo as pessoas e as instituições a que se referem os incisos I a VII e X e o § 5 o do art. 6o desta Lei. (Redação dada pela Lei nº 11.706, de 2008)
§ 3o São isentos de taxas o registro e a renovação do certificado de registro de arma de fogo de cano longo de alma raiada, calibre igual ou inferior a .22, e de alma lisa, calibre igual ou inferior a 16. (Incluído pela Medida Provisória nº 379, de 2007).
(Revogado)
(Vide Medida Provisória nº 390, de 2007)
(Revogado)
Art. 11-A.
(Revogado)
O Ministério da Justiça disciplinará a forma e condições do credenciamento de profissionais pela Polícia Federal para comprovação da aptidão psicológica e da capacidade técnica para o manuseio de arma de fogo. (Incluído pela Medida Provisória nº 379, de 2007).
(Revogado)
(Vide Medida Provisória nº 390, de 2007)
§ 1o Na comprovação da aptidão psicológica, o valor cobrado pelo psicólogo não poderá exceder ao valor médio dos honorários profissionais estabelecidos na tabela do Conselho Federal de Psicologia.
(Revogado)
(Incluído pela Medida Provisória nº 379, de 2007).
(Revogado)
(Vide Medida Provisória nº 390, de 2007)
§ 2o Na comprovação da capacidade técnica, o pagamento ao instrutor de armamento e tiro terá como base a hora-aula particular, em valor não superior a R$ 80,00 (oitenta reais), acrescido do custo da munição.
(Revogado)
(Incluído pela Medida Provisória nº 379, de 2007).
(Revogado)
(Vide Medida Provisória nº 390, de 2007)
§ 3o A cobrança de valores superiores aos previstos nos §§ 1o e 2o implicará o descredenciamento do profissional pela Polícia Federal.
(Revogado)
(Incluído pela Medida Provisória nº 379, de 2007).
(Revogado)
(Vide Medida Provisória nº 390, de 2007)
Art. 11-A. O Ministério da Justiça disciplinará a forma e condições do credenciamento de profissionais, pela Polícia Federal, para comprovação da aptidão psicológica e da capacidade técnica para o manuseio de arma de fogo. (Incluído pela Medida Provisória nº 417, de 2008)
(Revogado)
§ 1o Na comprovação da aptidão psicológica, o valor cobrado pelo psicólogo não poderá exceder ao valor médio dos honorários profissionais para avaliação psicológica estabelecido na tabela do Conselho Federal de Psicologia. (Incluído pela Medida Provisória nº 417, de 2008)
§ 2o Na comprovação da capacidade técnica, o valor cobrado pelo instrutor de armamento e tiro não poderá exceder R$ 80,00 (oitenta reais), acrescido do custo da munição. (Incluído pela Medida Provisória nº 417, de 2008)
§ 3o A cobrança de valores superiores aos previstos nos §§ 1o e 2o implicará o descredenciamento do profissional pela Polícia Federal. (Incluído pela Medida Provisória nº 417, de 2008)
Art. 11-A. O Ministério da Justiça disciplinará a forma e as condições do credenciamento de profissionais pela Polícia Federal para comprovação da aptidão psicológica e da capacidade técnica para o manuseio de arma de fogo. (Incluído pela Lei nº 11.706, de 2008)
§ 1o Na comprovação da aptidão psicológica, o valor cobrado pelo psicólogo não poderá exceder ao valor médio dos honorários profissionais para realização de avaliação psicológica constante do item 1.16 da tabela do Conselho Federal de Psicologia. (Incluído pela Lei nº 11.706, de 2008)
§ 2o Na comprovação da capacidade técnica, o valor cobrado pelo instrutor de armamento e tiro não poderá exceder R$ 80,00 (oitenta reais), acrescido do custo da munição. (Incluído pela Lei nº 11.706, de 2008)
§ 3o A cobrança de valores superiores aos previstos nos §§ 1o e 2o deste artigo implicará o descredenciamento do profissional pela Polícia Federal. (Incluído pela Lei nº 11.706, de 2008)

Tribunal Regional Federal da 4ª Região TRF-4 - APELAÇÃO CIVEL : AC 50079262720174047202 SC 5007926-27.2017.4.04.7202

requer o prequestionamento dos artigos 6º, VII, §1º-B, 4º, 10, §1º, §2º, 11, §2º, da Lei 10.826/2003, e art. 22 do Decreto.... O Estatuto do Desarmamento - Lei n.º 10.826/2003, com as alterações …

Tribunal Regional Federal da 4ª Região TRF-4 - APELAÇÃO CIVEL : AC 50047064220174047001 PR 5004706-42.2017.4.04.7001

o prequestionamento dos artigos 6º , VII , § 1º-B, 4º , 10 , § 1º , § 2º , 11 , § 2º , da Lei 10.826 /2003, e art. 22 do Decreto 5123 /04.... O Estatuto do Desarmamento - Lei n.º 10.826 /2003, com …

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL : AREsp 1647019 SC 2020/0005722-7

Agente Penitenciário temporário do Estado de Santa Catarina, porquanto o Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826 /2003..., VII, § 1º-B, 10, caput e § 1º e 11 , § 2º , da Lei 10.826 /2003. Depois de …

Tribunal Regional Federal da 4ª Região TRF-4 - Apelação/Remessa Necessária : APL 50206319220194047200 SC 5020631-92.2019.4.04.7200

de fogo, nos termos do art. 11, parágrafo único, da Lei 10.826, de 2003 (evento 18). Em suas razões recursais... , não goza da isenção prevista no parágrafo único do art. 11 da Lei 10.826, de …

Página 4141 do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de 13 de Maio de 2020

, § 2º , da Lei 10.826 /2003. Depois de contra-arrazoado (e-STJ fl. 267), o apelo nobre recebeu juízo negativo... 10.826 /03. AGENTE PRISIONAL. ATIVIDADE DE RISCO DEMONSTRADA. Considerando-se que o …

Tribunal de Justiça do Paraná TJ-PR - PROCESSO CÍVEL E DO TRABALHO - Recursos - Embargos - Embargos de Declaração : ED 00516714320168160014 PR 0051671-43.2016.8.16.0014 (Acórdão)

DA RECUPERAÇAO JUDICIAL DA DEVEDORA PRINCIPAL – COBRANÇA DE QUANTIA ILÍQUIDA – EXCEÇAO DO §1º, DO ART. 6º, DA LEI N. 11.101... DA EMPRESA – SUBMISSAO AO JUÍZO DA RECUPERAÇAO JUDICIAL – FORMA DE …

Tribunal de Justiça do Paraná TJ-PR - PROCESSO CÍVEL E DO TRABALHO - Recursos - Embargos - Embargos de Declaração : ED 0051671-43.2016.8.16.0014 PR 0051671-43.2016.8.16.0014 (Acórdão)

DO ART. 9º, II, DA LEI N. 11.101/2005 – RENÚNCIA DA AUTORA AOS CRITÉRIOS ESTABELECIDOS NO CONTRATO – HOMOLOGAÇÃO..., conforme firme jurisprudência do Colendo STJ e ainda o Enunciado 743 do ” …

Página 1886 da Judicial I - Interior SP e MS do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) de 24 de Abril de 2020

de arma sem sem o recolhimento das taxas previstas no art. 11 , § 2º , da Lei 10.826 /2003, e sem ter que se submeter... não está isento das taxas previstas no art 11 da Lei 10.826 /2003, uma …

Tribunal de Justiça de Santa Catarina TJ-SC - Embargos de Declaração : ED 00004911320188240008 Blumenau 0000491-13.2018.8.24.0008

, nos termos do art. 4º , § 3º , da Lei 11.419 /2006". Ressalta-se que, segundo Diário da Justiça Eletrônico n. 3248.... TODAVIA, RECURSO INTEMPESTIVO. EXEGESE DO ART. 619 DO CPP . DEFENSORIA …

Tribunal de Justiça do Paraná TJ-PR - PROCESSO CÍVEL E DO TRABALHO - Recursos - Embargos - Embargos de Declaração : ED 00051106120208160000 PR 0005110-61.2020.8.16.0000 (Decisão monocrática)

recursais (mov. 1.1 , ED 1), alega a embargante que a Lei Municipal n. 80/1997, no art. 227, § 2º, dispõe que “o lançamento... embargada, o efeito suspensivo foi indeferido, visto que nos termos do …