Artigo 5 da Lei nº 10.826 de 22 de Dezembro de 2003

Lei nº 10.826 de 22 de Dezembro de 2003

Dispõe sobre registro, posse e comercialização de armas de fogo e munição, sobre o Sistema Nacional de Armas – Sinarm, define crimes e dá outras providências.
Art. 5o O certificado de Registro de Arma de Fogo, com validade em todo o território nacional, autoriza o seu proprietário a manter a arma de fogo exclusivamente no interior de sua residência ou domicílio, ou dependência desses, ou, ainda, no seu local de trabalho, desde que seja ele o titular ou o responsável legal pelo estabelecimento ou empresa. (Redação dada pela Lei nº 10.884, de 2004)
§ 1o O certificado de registro de arma de fogo será expedido pela Polícia Federal e será precedido de autorização do Sinarm.
§ 2o Os requisitos de que tratam os incisos I, II e III do art. 4o deverão ser comprovados periodicamente, em período não inferior a 3 (três) anos, na conformidade do estabelecido no regulamento desta Lei, para a renovação do Certificado de Registro de Arma de Fogo.
§ 3o Os registros de propriedade, expedidos pelos órgãos estaduais, realizados até a data da publicação desta Lei, deverão ser renovados mediante o pertinente registro federal no prazo máximo de 3 (três) anos.
(Revogado)
§ 3o Os registros de propriedade expedidos pelos órgãos estaduais, realizados até a data da publicação desta Lei, deverão ser renovados mediante o pertinente registro federal até o dia 31 de dezembro de 2007. (Redação dada pela Medida Provisória nº 379, de 2007).
(Revogado)
§ 3o Os registros de propriedade, expedidos pelos órgãos estaduais, realizados até a data da publicação desta Lei, deverão ser renovados mediante o pertinente registro federal no prazo máximo de 3 (três) anos. (Vide Medida Provisória nº 390, de 2007)
(Revogado)
§ 4o Para a renovação do certificado de registro de arma de fogo de cano longo de alma raiada, calibre igual ou inferior a .22, e de alma lisa, calibre igual ou inferior a 16, deverão ser cumpridos, apenas, os requisitos dos incisos I e II do caput do art. 4o, em período não inferior a três anos, em conformidade com o estabelecido no regulamento. (Incluído pela Medida Provisória nº 379, de 2007).
(Revogado)
(Vide Medida Provisória nº 390, de 2007)
(Revogado)
§ 3o Os registros de propriedade expedidos pelos órgãos estaduais, realizados até a data da publicação desta Lei, deverão ser renovados mediante o pertinente registro federal até o dia 2 de julho de 2008. (Redação dada pela Medida Provisória nº 394, de 2007).
(Revogado)
§ 3o Os registros de propriedade expedidos pelos órgãos estaduais, realizados até a data da publicação desta Lei, deverão ser renovados mediante o pertinente registro federal até 31 de dezembro de 2008. (Redação dada pela Medida Provisória nº 417, de 2008)
(Revogado)
§ 3o O proprietário de arma de fogo com certificados de registro de propriedade expedido por órgão estadual ou do Distrito Federal até a data da publicação desta Lei que não optar pela entrega espontânea prevista no art. 32 desta Lei deverá renová-lo mediante o pertinente registro federal, até o dia 31 de dezembro de 2008, ante a apresentação de documento de identificação pessoal e comprovante de residência fixa, ficando dispensado do pagamento de taxas e do cumprimento das demais exigências constantes dos incisos I a III do caput do art. 4o desta Lei. (Redação dada pela Lei nº 11.706, de 2008) (Prorrogação de prazo)
§ 4o Para fins do cumprimento do disposto no § 3o deste artigo, o proprietário de arma de fogo poderá obter, no Departamento de Polícia Federal, certificado de registro provisório, expedido na rede mundial de computadores - internet, na forma do regulamento e obedecidos os procedimentos a seguir: (Redação dada pela Lei nº 11.706, de 2008)
I - emissão de certificado de registro provisório pela internet, com validade inicial de 90 (noventa) dias; e (Incluído pela Lei nº 11.706, de 2008)
II - revalidação pela unidade do Departamento de Polícia Federal do certificado de registro provisório pelo prazo que estimar como necessário para a emissão definitiva do certificado de registro de propriedade. (Incluído pela Lei nº 11.706, de 2008)
§ 5º Aos residentes em área rural, para os fins do disposto no caput deste artigo, considera-se residência ou domicílio toda a extensão do respectivo imóvel rural. (Incluído pela Lei nº 13.870, de 2019)

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Criminal : APR 0211528-29.2008.8.13.0778 Arinos

EMENTA: APELAÇAO CRIMINAL - CRIME CONTRA A ORDEM TRIBUTÁRIA E COMÉRCIO ILEGAL DE ARMA DE FOGO - PRELIMINAR - PRESCRIÇAO DA PRETENSAO PUNITIVA EM RELAÇAO AO CRIME CONTRA A ORDEM TRIBUTÁRIA - EXTINÇAO…

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO EM HABEAS CORPUS : RHC 134419 SC 2020/0237815-4

RECURSO EM HABEAS CORPUS Nº 134419 - SC (2020/0237815-4) DECISAO Trata-se de recurso ordinário em habeas corpus, com pedido liminar, interposto por JOAO LEONELLO PAVIN contra acórdão proferido pelo …

Portaria n. 1.518 - 30/04/2021 ato publicado no DOU

PORTARIA - C EX Nº 1.518, DE 22 DE ABRIL DE 2021 Dispõe sobre os procedimentos administrativos relativos à destinação de Produtos Controlados pelo Exército apreendidos pela Secretaria Especial da…

Página 9 da Seção 1 do Diário Oficial da União (DOU) de 30 de Abril de 2021

GERÊNCIA REGIONAL NOS ESTADOS DO AMAZONAS, ACRE, RONDÔNIA E RORAIMA ATO Nº 2.934, DE 28 DE ABRIL DE 2021 Expede autorização a Robério Ferreira Afonso, CPF nº ***.743.002-**, para explorar Serviços de…

Andamento do Processo n. 1873681 - Agravo em Recurso Especial - 29/04/2021 do STJ

AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 1873681 - RJ (2021/0107785-1) RELATOR : MINISTRO PRESIDENTE DO STJ AGRAVANTE : JOÃO MANOEL FERREIRA FEBRONIO ADVOGADOS : JOÃO DARC COSTA DE SOUZA MORAES -RJ119081 DENISE…

Página 81 da Seção 3 do Diário Oficial da União (DOU) de 29 de Abril de 2021

EMPRESA BRASILEIRA DE INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA DIRETORIA DE SOLUÇÕES JURÍDICAS E ADMINISTRATIVAS SUPERINTENDÊNCIA DE ADMINISTRAÇÃO GERÊNCIA DE LICITAÇÕES COORDENAÇÃO DE DESPESAS DE BRASÍLIA AVISO…

Página 9684 do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de 29 de Abril de 2021

meios probatórios para comprová-los e levar à efetivação da pretensão punitiva do Estado, bem como o réu exercer a resistência com todos os instrumentos garantidos pelo contraditório e pela ampla…

Contrarrazões - Ação Seguro contra Bradesco Vida e Previdência

Coordenadores Guilherme Ramos (RJ) Sócios Gestores Adriana Portella Maron (SP) Guilherme Ramos (RJ) Beresford M. Moreira Neto (ES) (RJ) Gustavo Nogueira Duarte (RJ) Luciano Rocha Mariano (RJ) Ilan…

Página 94 da Seção 3 do Diário Oficial da União (DOU) de 28 de Abril de 2021

EXTRATO DE DOAÇÃO Processo n° 50622.000301/2021-27. Doador: SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO DNIT NO ESTADO DE RONDÔNIA, CNPJ N° 04.892.707/0007-04. Donatário: Missão Internacional de Paz., CNPJ N°…

Tribunal de Justiça do Mato Grosso TJ-MT : 0002945-43.2015.8.11.0004 MT

ESTADO DE MATO GROSSO PODER JUDICIÁRIO SEGUNDA CÂMARA CRIMINAL Número Único : 0002945-43.2015.8.11.0004 Classe: APELAÇAO CRIMINAL (417) Assunto: [Crimes do Sistema Nacional de Armas] Relator :…