Artigo 3 da Lei nº 10.485 de 03 de Julho de 2002

Lei nº 10.485 de 03 de Julho de 2002

Dispõe sobre a incidência das contribuições para os Programas de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS/Pasep) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins), nas hipóteses que menciona, e dá outras providências.
Art. 3o As pessoas jurídicas fabricantes e os importadores, relativamente às vendas dos produtos relacionados nos Anexos I e II desta Lei, ficam sujeitos à incidência da contribuição para o PIS/PASEP e da COFINS às alíquotas de: (Redação dada pela Lei nº 10.865, de 2004)
I - 1,65% (um inteiro e sessenta e cinco centésimos por cento) e 7,6% (sete inteiros e seis décimos por cento), respectivamente, nas vendas para fabricante: (Incluído pela Lei nº 10.865, de 2004)
a) de veículos e máquinas relacionados no art. 1o desta Lei; ou (Incluído pela Lei nº 10.865, de 2004)
b) de autopeças constantes dos Anexos I e II desta Lei, quando destinadas à fabricação de produtos neles relacionados; (Incluído pela Lei nº 10.865, de 2004)
II - 2,3% (dois inteiros e três décimos por cento) e 10,8% (dez inteiros e oito décimos por cento), respectivamente, nas vendas para comerciante atacadista ou varejista ou para consumidores. (Redação dada pela Lei nº 10.865, de 2004)
§ 1o Fica o Poder Executivo autorizado, mediante decreto, a alterar a relação de produtos discriminados nesta Lei, inclusive em decorrência de modificações na codificação da TIPI. (Renumerado do parágrafo único pela Lei nº 10.865, de 2004)
§ 2o Ficam reduzidas a 0% (zero por cento) as alíquotas da contribuição para o PIS/PASEP e da COFINS, relativamente à receita bruta auferida por comerciante atacadista ou varejista, com a venda dos produtos de que trata: (Incluído pela Lei nº 10.865, de 2004)
I - o caput deste artigo; e (Incluído pela Lei nº 10.865, de 2004)
II - o caput do art. 1o deste artigo, exceto quando auferida pelas pessoas jurídicas a que se refere o art. 17, § 5o, da Medida Provisória no 2.189-49, de 23 de agosto de 2001. (Incluído pela Lei nº 10.865, de 2004)
(Revogado)
II - o caput do art. 1o desta Lei, exceto quando auferida pelas pessoas jurídicas a que se refere o art. 17, § 5o, da Medida Provisória no 2.189-49, de 23 de agosto de 2001. (Redação dada pela Lei nº 10.925, de 2004)
§ 3o Os pagamentos efetuados pela pessoa jurídica fabricante dos produtos relacionados no art. 1o desta Lei a pessoa jurídica fornecedora de autopeças, exceto pneumáticos e câmaras-de-ar, estão sujeitos à retenção na fonte da contribuição para o PIS/PASEP e da COFINS. (Incluído pela Lei nº 10.865, de 2004)
(Revogado)
§ 4o O valor a ser retido na forma do § 3o deste artigo constitui antecipação das contribuições devidas pelas pessoas jurídicas fornecedoras e será determinado mediante a aplicação, sobre a importância a pagar, do percentual de 0,5% (cinco décimos por cento) para a contribuição para o PIS/PASEP e 2,5% (dois inteiros e cinco décimos por cento) para a COFINS. (Incluído pela Lei nº 10.865, de 2004)
(Revogado)
§ 5o Os valores retidos deverão ser recolhidos ao Tesouro Nacional até o 3o (terceiro) dia útil da semana subseqüente àquela em que tiver ocorrido o pagamento à pessoa jurídica fornecedora de autopeças. (Incluído pela Lei nº 10.865, de 2004)
(Revogado)
§ 5o Os valores retidos na quinzena deverão ser recolhidos ao Tesouro Nacional até o último dia útil da semana subseqüente àquela quinzena em que tiver ocorrido o pagamento à pessoa jurídica fornecedora de autopeças. (Redação dada pela Lei nº 10.925, de 2004)
(Revogado)
§ 3o Estão sujeitos à retenção na fonte da Contribuição para o PIS/Pasep e da Cofins os pagamentos referentes à aquisição de autopeças constantes dos Anexos I e II desta Lei, exceto pneumáticos, quando efetuados por pessoa jurídica fabricante: (Redação dada pela lei nº 11.196, de 2005)
I - de peças, componentes ou conjuntos destinados aos produtos relacionados no art. 1o desta Lei; (Incluído pela lei nº 11.196, de 2005)
II - de produtos relacionados no art. 1o desta Lei. (Incluído pela lei nº 11.196, de 2005)
§ 4o O valor a ser retido na forma do § 3o deste artigo constitui antecipação das contribuições devidas pelas pessoas jurídicas fornecedoras e será determinado mediante a aplicação, sobre a importância a pagar, do percentual de 0,1% (um décimo por cento) para a Contribuição para o PIS/Pasep e 0,5% (cinco décimos por cento) para a Cofins. (Redação dada pela lei nº 11.196, de 2005)
§ 5o O valor retido na quinzena deverá ser recolhido até o último dia útil da quinzena subseqüente àquela em que tiver ocorrido o pagamento. (Redação dada pela lei nº 11.196, de 2005)
§ 6o Na hipótese de a pessoa jurídica fabricante dos produtos relacionados no art. 1o desta Lei revender produtos constantes dos Anexos I e II desta Lei, serão aplicadas, sobre a receita auferida, as alíquotas previstas no inciso II do caput deste artigo. (Incluído pela Lei nº 10.865, de 2004)
§ 7o A retenção na fonte de que trata o § 3o deste artigo: (Incluído pela lei nº 11.196, de 2005)
I - não se aplica no caso de pagamento efetuado a pessoa jurídica optante pelo Sistema Integrado de Pagamento de Impostos e Contribuições das Microempresas e das Empresas de Pequeno Porte - Simples e a comerciante atacadista ou varejista; (Incluído pela lei nº 11.196, de 2005)
II - alcança também os pagamentos efetuados por serviço de industrialização no caso de industrialização por encomenda. (Incluído pela lei nº 11.196, de 2005)

Intimação - Mandado De Segurança Cível - 5004751-88.2021.4.03.6110 - Disponibilizado em 01/12/2021 - TRF3

NÚMERO ÚNICO: 5004751-88.2021.4.03.6110 POLO ATIVO EMPHASIS INDUSTRIA E COMERCIO VOTORANTIM LTDA ADVOGADO(A/S) RONALDO STANGE | 184486/SP MANDADO DE SEGURANÇA CÍVEL (120) Nº 5004751-88.2021.4.03.6110…

Intimação - Mandado De Segurança Cível - 5024991-31.2021.4.03.6100 - Disponibilizado em 29/11/2021 - TRF3

NÚMERO ÚNICO: 5024991-31.2021.4.03.6100 POLO ATIVO PWC STRATEGY& DO BRASIL CONSULTORIA EMPRESARIAL LTDA ADVOGADO(A/S) JOSE EDUARDO BURTI JARDIM | 126805/SP LUCIANA NINI MANENTE | 130049/SP MANDADO DE…

Intimação - Mandado De Segurança Cível - 5004981-70.2021.4.03.6130 - Disponibilizado em 26/11/2021 - TRF3

NÚMERO ÚNICO: 5004981-70.2021.4.03.6130 POLO ATIVO PWC SERVICOS CORPORATIVOS LTDA. ADVOGADO(A/S) JOSE EDUARDO BURTI JARDIM | 126805/SP LUCIANA NINI MANENTE | 130049/SP MANDADO DE SEGURANÇA CÍVEL…

Intimação - Mandado De Segurança Coletivo - 1007839-29.2021.4.01.3502 - Disponibilizado em 26/11/2021 - TRF1

NÚMERO ÚNICO: 1007839-29.2021.4.01.3502 POLO PASSIVO DELEGADO DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL EM ANAPOLIS-GO ADVOGADO(A/S) DANIEL PUGA | 21324/GO PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL Subseção Judiciária de…

Intimação - Mandado De Segurança Cível - 5001518-81.2021.4.03.6143 - Disponibilizado em 26/11/2021 - TRF3

NÚMERO ÚNICO: 5001518-81.2021.4.03.6143 POLO ATIVO CEF INDUSTRIA, COMERCIO E SERVICOS LTDA ADVOGADO(A/S) ADRIANO GREVE | 211900/SP MANDADO DE SEGURANÇA CÍVEL (120) Nº 5001518-81.2021.4.03.6143 / 1ª…

Petição - Ação Irpj/Imposto de Renda de Pessoa Jurídica

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ FEDERAL DA 5a VARA FEDERAL ESPECIALIZADA EM EXECUÇÃO FISCAL DE CAMPINAS - SP Processo n°: , já devidamente qualificada, nos autos da EXECUÇÃO FISCAL DA DÍVIDA ATIVA…

Intimação do processo N. 50324387020214036100 - 25/11/2021 - TRF3

NÚMERO ÚNICO: 5032438-70.2021.4.03.6100 POLO ATIVO RIMAC IMPORTACAO, EXPORTACAO E REPRESENTACOES LTDA. ADVOGADO(A/S) ENOS DA SILVA ALVES | 129279/SP GIOVANNA MORGADO SLAVIERO | 390218/SP PROCEDIMENTO…

Intimação - Apelação Cível - 5000519-97.2020.4.03.6100 - Disponibilizado em 25/11/2021 - TRF3

NÚMERO ÚNICO: 5000519-97.2020.4.03.6100 POLO ATIVO CHAIL DISTRIBUIDORA DE VEICULOS LTDA. ADVOGADO(A/S) MARCELO SILVA MASSUKADO | 186010/SP PODER JUDICIÁRIO Tribunal Regional Federal da 3ª Região 3ª…

Tribunal Regional Federal da 3ª Região TRF-3 - APELAÇÃO CÍVEL : ApCiv 5000519-97.2020.4.03.6100 SP

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 3ª REGIAO PODER JUDICIÁRIO Tribunal Regional Federal da 3ª Região 3ª Turma APELAÇAO CÍVEL (198) Nº 5000519-97.2020.4.03.6100 RELATOR: Gab. 07 - DES. FED.

Tribunal Regional Federal da 3ª Região TRF-3 - APELAÇÃO CÍVEL : ApCiv 5000519-97.2020.4.03.6100 SP

E M E N T A TRIBUTÁRIO. MANDADO DE SEGURANÇA PIS. COFINS. DESPESAS COM FRETE NO TRANSPORTE DE AUTOPEÇAS E COMPONENTES DE VEÍCULOS AUTOMOTORES PARA REVENDA AO CONSUMIDOR FINAL. CREDITAMENTO. …

Termo ou Assunto relacionado