Art. 32 da Lei 10409/02

Lei nº 10.409 de 11 de Janeiro de 2002

Art. 32. (VETADO)
§ 1o (VETADO)
(Revogado)
§ 2o O sobrestamento do processo ou a redução da pena podem ainda decorrer de acordo entre o Ministério Público e o indiciado que, espontaneamente, revelar a existência de organização criminosa, permitindo a prisão de um ou mais dos seus integrantes, ou a apreensão do produto, da substância ou da droga ilícita, ou que, de qualquer modo, justificado no acordo, contribuir para os interesses da Justiça.
(Revogado)
§ 3o Se o oferecimento da denúncia tiver sido anterior à revelação, eficaz, dos demais integrantes da quadrilha, grupo, organização ou bando, ou da localização do produto, substância ou droga ilícita, o juiz, por proposta do representante do Ministério Público, ao proferir a sentença, poderá deixar de aplicar a pena, ou reduzi-la, de 1/6 (um sexto) a 2/3 (dois terços), justificando a sua decisão.
(Revogado)

Aplicabilidade do Instituto da Colaboração (Delação) Premiada no Ordenamento Brasileiro

, conforme constata-se do artigo 4º, §14 da Lei 12.850/2013: Art. 4º O juiz poderá, a requerimento das partes, conceder... a garantir um beneficio, anteriormente acordado, ao réu-delator. O artigo
Clara Leme, Estudante de Direito
há 3 anos

Direito penal do inimigo

1 INTRODUÇÃO A globalização, marcada pelo capitalismo e pelos avanços tecnológicos, apesar facilitar a comunicação e a relação entre as pessoas, proporcionou o surgimento de novos crimes e a…
Maykol Morais, Advogado
há 3 anos

Colaboração Premiada

RESUMO O presente trabalho tem por objetivo a realização de uma análise com base na filosofia geral e jurídica do instituto da delação ou colaboração premiada e sua perspectiva na escola ética,…

Tribunal de Justiça do Paraná TJ-PR - Revisão Criminal : RVCR 14061919 PR 1406191-9 (Acórdão)

DECISÃO: ACORDAM os Senhores Desembargadores integrantes da Quarta Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, por unanimidade de votos, no sentido de julgar improcedente a revisão …

Tribunal Regional Federal da 4ª Região TRF-4 - APELAÇÃO CRIMINAL : ACR 59033420054047003 PR 0005903-34.2005.404.7003

D.E. Publicado em 15/07/2016 APELAÇÃO CRIMINAL Nº 0005903-34.2005.4.04.7003/PR RELATOR : Des. Federal JOÃO PEDRO GEBRAN NETO APELANTE : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL APELANTE : OGENER RODRIGUES DO…

O instituto da colaboração premiada no combate ao crime organIzado

Eder Nunes da Silva [1] * RESUMO O presente artigo tem por objetivo apresentar algumas considerações acerca da colaboração premiada em face da lei 12.850 /2013, que trata do combate às organizações…

Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul TJ-MS - Revisão Criminal : RVCR 16000807120138120000 MS 1600080-71.2013.8.12.0000

TJ-MS FL.62 1600080-71.2013.8.12.0000 Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul 13 de abril de 2016 Seção Criminal Revisão Criminal - Nº 1600080-71.2013.8.12.0000 - Amambai Relator : Exmo.

Colaboração premiada e polícia judiciária: a legitimidade do delegado de polícia

A operação mãos limpas ( mani pulite )[1] marcou a Itália e toda a Europa no século passado, quando os suspeitos recebiam incentivos para colaborar com a Justiça (em um esquema semelhante a…

Página 7642 do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de 4 de Dezembro de 2015

[...] Agravo regimental desprovido" (AgRg no REsp n. 1.386.754/SP, Sexta Turma , Rel. Min. Ericson Maranho - Desembargador Convocado do TJ/SP, DJe de 13/3/2015). Todavia, é importante destacar que o…

Tribunal de Justiça do Paraná TJ-PR - Apelação : APL 13479588 PR 1347958-8 (Acórdão)

DECISÃO: ACORDAM os Desembargadores integrantes da Quinta Câmara Criminal e Juíza Convocada do Tribunal de Justiça do Paraná, por unanimidade de votos, em conhecer parcialmente do recurso e, nesta …
Termo/Assunto relacionado