Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
18 de outubro de 2017
Artigo 20 Lc nº 101 de 04 de Maio de 2000

Art. 20 da Lei de Responsabilidade Fiscal - Lc 101/00

LRF - Lc nº 101 de 04 de Maio de 2000

Estabelece normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade na gestão fiscal e dá outras providências.

Subseção I

Definições e Limites

Art. 20. A repartição dos limites globais do art. 19 não poderá exceder os seguintes percentuais:

I - na esfera federal:

a) 2,5% (dois inteiros e cinco décimos por cento) para o Legislativo, incluído o Tribunal de Contas da União;

b) 6% (seis por cento) para o Judiciário;

c) 40,9% (quarenta inteiros e nove décimos por cento) para o Executivo, destacando-se 3% (três por cento) para as despesas com pessoal decorrentes do que dispõem os incisos XIII e XIV do art. 21 da Constituição e o art. 31 da Emenda Constitucional no 19, repartidos de forma proporcional à média das despesas relativas a cada um destes dispositivos, em percentual da receita corrente líquida, verificadas nos três exercícios financeiros imediatamente anteriores ao da publicação desta Lei Complementar; (Vide Decreto nº 3.917, de 2001)

d) 0,6% (seis décimos por cento) para o Ministério Público da União;

II - na esfera estadual:

a) 3% (três por cento) para o Legislativo, incluído o Tribunal de Contas do Estado;

b) 6% (seis por cento) para o Judiciário;

c) 49% (quarenta e nove por cento) para o Executivo;

d) 2% (dois por cento) para o Ministério Público dos Estados;

III - na esfera municipal:

a) 6% (seis por cento) para o Legislativo, incluído o Tribunal de Contas do Município, quando houver;

b) 54% (cinqüenta e quatro por cento) para o Executivo.

§ 1o Nos Poderes Legislativo e Judiciário de cada esfera, os limites serão repartidos entre seus órgãos de forma proporcional à média das despesas com pessoal, em percentual da receita corrente líquida, verificadas nos três exercícios financeiros imediatamente anteriores ao da publicação desta Lei Complementar.

§ 2o Para efeito deste artigo entende-se como órgão:

I - o Ministério Público;

II - no Poder Legislativo:

a) Federal, as respectivas Casas e o Tribunal de Contas da União;

b) Estadual, a Assembléia Legislativa e os Tribunais de Contas;

c) do Distrito Federal, a Câmara Legislativa e o Tribunal de Contas do Distrito Federal;

d) Municipal, a Câmara de Vereadores e o Tribunal de Contas do Município, quando houver;

III - no Poder Judiciário:

a) Federal, os tribunais referidos no art. 92 da Constituição;

b) Estadual, o Tribunal de Justiça e outros, quando houver.

§ 3o Os limites para as despesas com pessoal do Poder Judiciário, a cargo da União por força do inciso XIII do art. 21 da Constituição, serão estabelecidos mediante aplicação da regra do § 1o.

§ 4o Nos Estados em que houver Tribunal de Contas dos Municípios, os percentuais definidos nas alíneas a e c do inciso II do caput serão, respectivamente, acrescidos e reduzidos em 0,4% (quatro décimos por cento).

§ 5o Para os fins previstos no art. 168 da Constituição, a entrega dos recursos financeiros correspondentes à despesa total com pessoal por Poder e órgão será a resultante da aplicação dos percentuais definidos neste artigo, ou aqueles fixados na lei de diretrizes orçamentárias.

§ 6o (VETADO)

Pg. 1. Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo TCE-ES de 18/10/2017

Quarta-feira, 18 de outubro de 2017 Página 1 Diário Oficial E L E T R Ô N I C O Edição Nº 992 | Vitória-ES, quarta-feira, 18 de outubro de 2017 ATOS DA 1ª CÂMARA

Pg. 28. Associação Rondoniense de Municípios AROM de 18/10/2017

CAPÍTULO IV Das Disposições Relativas Às Despesas Do Município Com Pessoal E Encargos Sociais Art. 22. O poder Executivo utilizará como base para elaboração de suas propostas orçamentárias destinadas

Pg. 240. Normal Executivo. Diário Oficial do Estado do Paraná DOEPR de 18/10/2017

A APURAR. - Procedimento Preparatório nº MPPR-0067.17.000442-7, instaurado em 22/09/2017. Assunto: EDUCAÇÃO. Objeto: SIGILO DECRETADO. Representado(s): A APURAR. - Procedimento Preparatório nº

Pg. 121. Associação dos Municípios do Paraná AMP de 17/10/2017

Paraná , 17 de Outubro de 2017 • Diário Oficia Art. 1º Fica nomeado Gestor do Fundo Municipal do Idoso, Mariana Fernandes Lopes Pinheiro , RG nº 8.278.922-7 SSP/PR, CPF nº 044.527.999-06, com as

Pg. 21. Associação dos Municípios do Mato Grosso do Sul ASSOMASUL de 17/10/2017

DAS DISPOSIÇÕES RELATIVAS ÀS DESPESAS COM PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS Art. 24. A despesa com pessoal ativo, inativo, pensionista e encargos sociais do Executivo não poderá exceder, no exercício de

Pg. 7. Assembléia Legislativa do Estado de Pernambuco AL-PE de 17/10/2017

Ofícios Ofício nº 002/2017 Recife, 11 de outubro de 2017. Senhor Presidente, Cumprimentando-o cordialmente, sirvo-me do presente para solicitar os bons préstimos de Vossa Excelência, no sentido de

Pg. 96. Supremo Tribunal Federal STF de 17/10/2017

houve o cancelamento pelo BID da operação de crédito pleiteada pelo Estado do Amapá (eDOCs 26 e 44). O Estado do Amapá informou que persiste o interesse de agir no prosseguimento da presente demanda

Pg. 8. Tribunal de Contas do Estado de Rondônia TCE-RO de 17/10/2017

Poder Judiciário 11,31% 37.564.083,65 Ministério Público 5,00% 16.606.579,86 Tribunal de Contas 2,70% 8.967.553,13 Defensoria Pública 1,27% 4.218.071,28 IV. Intimar, por ofício e em regime de

Pg. 13. Diário de Justiça do Estado de Rondônia DJRO de 16/10/2017

Ato Nº 1421/2017 Prorroga os prazos previstos no inciso IV e no § 1º do art. 2º da Resolução n. 025/2017-PR, a qual regulamenta o Programa de Aposentadoria Incentivada (PAI), destinado aos servidores

Pg. 159. Caderno 1 - Administrativo. Diário de Justiça do Estado da Bahia DJBA de 16/10/2017

RECURSO ESPECIAL NA APELAÇÃO Nº 0557963-66.2015.8.05.0001 DE SALVADOR RECORRENTE:.IRANI RODRIGUES DE SOUSA ADVOGADO:.BEL.MARCOS ANTONIO ANDRADE (OAB/BA 35109) RECORRIDO(S):.BANCO ITAU VEÍCULOS S/A

×