Artigo 1 da Lei nº 5.106 de 02 de Setembro de 1966

Lei nº 5.106 de 02 de Setembro de 1966

Dispõe sôbre os incentivos fiscais concedidos a empreendimentos florestais.
Art 1º As importâncias empregadas em florestamento e reflorestamento poderão ser abatidas ou descontadas nas declarações de rendimento das pessoas físicas e jurídicas, residentes ou domiciliados no Brasil, atendidas as condições estabelecidas na presente lei.
§ 1º As pessoas físicas poderão abater da renda bruta as importâncias comprovadamente aplicadas em florestamento ou reflorestamento e relativas ao ano-base do exercício financeiro em que o impôsto fôr devido, observado o disposto no art. 9º da Lei nº 4.506, de 30 de novembro de 1964.
(Revogado pelo Decreto-Lei nº 1.338, de 1974)
§ 2º No cálculo do rendimento tributável previsto no art. 53 da Lei número 4.504, de 30 de novembro de 1964, não se computará o valor das reservas florestais, não exploradas ou em formação.
§ 3º As pessoas jurídicas poderão descontar do impôsto de renda que devam pagar, até 50% (cinqüenta por cento) do valor do impôsto, as importâncias comprovadamente aplicadas em florestamento ou reflorestamento, que poderá ser feito com essências florestais, árvores frutíferas, árvores de grande porte e relativas ao ano-base do exercício financeiro em que o impôsto fôr devido.
§ 4º O estímulo fiscal previsto no parágrafo anterior poderá ser concedido, cumulativamente, com os de que tratam as Leis nºs 4.216, de 6 de maio de 1963, e 4.869, de 1 de dezembro de 1965, desde que não ultrapasse, em conjunto, o limite de 50% (cinqüenta por cento) do impôsto de renda devido.

Florestas

FLORESTAS Rogério Tadeu Romano Floresta, segundo a Lei 9.519, de 21 de janeiro de 1992, é a formação florística de porte arbóreo, mesmo em formação. Antecipo por dizer que florestamento, segundo a…

Tribunal Regional Federal da 3ª Região TRF-3 - APELAÇÃO CÍVEL: AC 0572486-33.1983.4.03.6100 SP

EMBARGOS DE DECLARAÇÃO. AUSÊNCIA DE CONTRADIÇÃO, OMISSÃO OU OBSCURIDADE. INCONFORMISMO. INCENTIVOS FISCAIS CONCEDIDOS SOBRE EMPREENDIMENTOS FLORESTAIS. NÃO COMPROVAÇÃO DA EFETIVA APLICAÇÃO DAS …

Andamento do Processo n. 0572486-33.1983.4.03.6100 - Embargos de Declaração em Apelação Cível - 20/10/2016 do TRF-3

00010 EMBARGOS DE DECLARAÇÃO EM APELAÇÃO CÍVEL Nº 0572486-33.1983.4.03.6100/SP 1999.03.99.088636-5/SP RELATOR : Desembargador Federal NERY JUNIOR INTERESSADO(A) : União Federal (FAZENDA NACIONAL)…

Página 438 da Judicial I - TRF do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) de 20 de Outubro de 2016

8. Embargos de declaração providos para sanar o erro material apontado. ACÓRDÃO Vistos e relatados estes autos emque são partes as acima indicadas, decide a Egrégia Terceira Turma do Tribunal…

Tribunal Regional Federal da 3ª Região TRF-3 - APELAÇÃO CÍVEL: AC 0572486-33.1983.4.03.6100 SP

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 3ª REGIÃO D.E. Publicado em 21/10/2016 EMBARGOS DE DECLARAÇÃO EM APELAÇÃO CÍVEL Nº 0572486-33.1983.4.03.6100/SP 1999.03.99.088636-5/SP RELATOR :…

Tribunal Regional Federal da 3ª Região TRF-3 - APELAÇÃO CÍVEL: AC 0572486-33.1983.4.03.6100 SP

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 3ª REGIÃO D.E. Publicado em 23/01/2012 AGRAVO LEGAL EM APELAÇÃO CÍVEL Nº 0572486-33.1983.4.03.6100/SP 1999.03.99.088636-5/SP RELATOR : Desembargador…

Tribunal de Justiça do Paraná TJ-PR - Embargos de Declaração: ED 1201924401 PR 1201924-4/01 (Acórdão)

DECISÃO: ACORDAM os Desembargadores integrantes da 11ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, por unanimidade de votos, em conhecer e rejeitar os Embargos de Declaração, nos …

Tribunal de Justiça do Paraná TJ-PR - Embargos de Declaração: ED 1201924401 PR 1201924-4/01 (Acórdão)

EMBARGOS DE DECLARAÇÃO NA APELAÇÃO CÍVEL Nº APELAÇÃO CÍVEL Nº 1201924-4/01, DE FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA - 20ª VARA CÍVEL EMBARGANTE : SUPER MERCADO VERA CRUZ LTDA…

Tribunal de Justiça do Paraná TJ-PR - Apelação: APL 12019244 PR 1201924-4 (Acórdão)

APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS - 1ª FASE. RELAÇÃO OBRIGACIONAL DERIVADA DE CONTRATOS DE REFLORESTAMENTO. PRESTAÇÃO DE CONTAS SOBRE OS ATOS DE GESTÃO/ADMINISTRAÇÃO DA COISA …

Página 49 do Tribunal Regional do Trabalho da 22ª Região (TRT-22) de 30 de Julho de 2012

por lei como condição necessária para o exercício do direito à opção retroativa pelo regime do FGTS. Entendo que não. O que o autor pretende em verdade não é declarar a existência de uma situação…

Termo ou Assunto relacionado