Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
21 de setembro de 2017
Lei nº 9.777 de 29 de Dezembro de 1998

Lei 9777/98

Lei nº 9.777 de 29 de Dezembro de 1998

Revoga os arts. 723, 724 e 725 do Decreto-Lei no 5.452, de 1o de maio de 1943, que aprova a Consolidação das Leis do Trabalho.

AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AREsp 742363 RS 2015/0167630-0

AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 742.363 - RS (2015/0167630-0) RELATOR : MINISTRO NAPOLEAO NUNES MAIA FILHO AGRAVANTE : LUIZ CARLOS DA SILVA ADVOGADO : RODRIGO ROLLEMBERG CABRAL E OUTRO(S) - RS083609 AGRAVADO : ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADOR : HELMUT ANTÔNIO MULLER E OUTRO(S) - RS022788 DECISAO PROCESSUAL CIVIL E ...

Acidente do Trabalho

ACIDENTE DO TRABALHO Espécies e Características   Márcia Hissa Ferretti [1] Dr. Carlos Alberto Vieira de Gouveia [2] RESUMO O objetivo deste trabalho é abordar as diversas espécias de acidente do

Pg. 36. Judicial I - Interior SP e MS. Tribunal Regional Federal da 3ª Região TRF-3 de 28/04/2017

para não azedar. O empregador não foi capaz de armar uma tenda de plástico comuma caixa conservadora e umfogareiro nas proximidades das frentes de trabalho para permitir refeições minimamente dignas.

Andamento do Processo n. 0005036-31.2013.4.05.8200 - 17/02/2017 do TRF-5

7 - 0005036-31.2013.4.05.8200 MINISTÉRIO PUBLICO FEDERAL (Adv. MARCOS ALEXANDRE WANDERLEY DE QUEIROGA) x EVALDO NUNES DE SENA (Adv. ADEMAR MENDES BEZERRA JÚNIOR, NELSON IGLESIAS VIÑAS FILHO, ROMULO

Pg. 60. Seção Judiciária da Paraíba - Edição Judicial. Tribunal Regional Federal da 5ª Região TRF-5 de 17/02/2017

com o procedimento investigatório correlato, extrai-se a conclusão de que a empresa SENA Ltda., por meio do seu representante legal, ora denunciado, violou direitos da coletividade de seus

O assédio moral nas empresas como fonte desencadeadora do afastamento de empregados por depressão

RESUMO O presente estudo tem como objeto imediato ampliar o olhar do leitor acerca das repercussões práticas do assédio moral no meio coorporativo, especificadamente, como fonte desencadeadora de

Reinaldo Pereira

Reinaldo Pereira -

Crimes de perigo individual

O crime de perigo se concretiza em situações em que não há dano efetivo, concreto, perceptível aos sentidos, mas potencial. O perigo é, portanto, conforme enuncia Nelson Hungria, “modificação do

Andamento do Processo n. 0021077-05.2016.403.6105 - 18/11/2016 do TRF-3

0021077-05.2016.403.6105 (DISTRIBUÍDO POR DEPENDÊNCIA AO PROCESSO 0007450-02.2014.403.6105 () ) - NERI PAULO ROCKENBACH (SP203992 - RONALDO CÂNDIDO SOARES) X JUSTIÇA PÚBLICA Trata-se de exceção de

Pg. 8. Judicial I - Interior SP e MS. Tribunal Regional Federal da 3ª Região TRF-3 de 18/11/2016

Incumbe ao devedor, portanto, diligenciar diretamente junto à(s) instituição(ões) financeira(s), no intuito de obter os extratos detalhados de todas as aplicações e, assim, constatar se houve a

Andamento do Processo n. 0004595-21.2011.4.05.8200 - 25/08/2016 do TRF-5

6 - 0004595-21.2011.4.05.8200 MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL (Adv. WERTON MAGALHAES COSTA) x CARLOS HENRIQUE FONSECA DE OLIVEIRA (Adv. ANDRE GUSTAVO SOARES DO EGYPTO). AÇÃO PENAL AUTOR: MINISTÉRIO

×