Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
25 de abril de 2017
Artigo 23 da Lei nº 9.504 de 30 de Setembro de 1997

Art. 23 lei Eleitoral - Lei 9504/97

Lei nº 9.504 de 30 de Setembro de 1997

Estabelece normas para as eleições.

Art. 23. Pessoas físicas poderão fazer doações em dinheiro ou estimáveis em dinheiro para campanhas eleitorais, obedecido o disposto nesta Lei. (Redação dada pela Lei nº 12.034, de 2009)

§ 1º As doações e contribuições de que trata este artigo ficam limitadas:

I - no caso de pessoa física, a dez por cento dos rendimentos brutos auferidos no ano anterior à eleição;

(Revogado pela Lei nº 13.165, de 2015)

II - no caso em que o candidato utilize recursos próprios, ao valor máximo de gastos estabelecido pelo seu partido, na forma desta Lei.

(Revogado pela Lei nº 13.165, de 2015)

§ 1o As doações e contribuições de que trata este artigo ficam limitadas a 10% (dez por cento) dos rendimentos brutos auferidos pelo doador no ano anterior à eleição. (Redação dada pela Lei nº 13.165, de 2015)

I - (revogado); (Redação dada pela Lei nº 13.165, de 2015)

II - (revogado). (Redação dada pela Lei nº 13.165, de 2015)

§ 1o-A O candidato poderá usar recursos próprios em sua campanha até o limite de gastos estabelecido nesta Lei para o cargo ao qual concorre. (Incluído pela Lei nº 13.165, de 2015)

§ 2º Toda doação a candidato específico ou a partido deverá fazer-se mediante recibo, em formulário impresso, segundo modelo constante do Anexo.

§ 2o Toda doação a candidato específico ou a partido deverá ser feita mediante recibo, em formulário impresso ou em formulário eletrônico, no caso de doação via internet, em que constem os dados do modelo constante do Anexo, dispensada a assinatura do doador. (Redação dada pela Lei nº 12.034, de 2009)

§ 2o As doações estimáveis em dinheiro a candidato específico, comitê ou partido deverão ser feitas mediante recibo, assinado pelo doador, exceto na hipótese prevista no § 6o do art. 28. (Redação dada pela Lei nº 12.891, de 2013)

§ 3º A doação de quantia acima dos limites fixados neste artigo sujeita o infrator ao pagamento de multa no valor de cinco a dez vezes a quantia em excesso.

§ 4º Doações feitas diretamente nas contas de partidos e candidatos deverão ser efetuadas por meio de cheques cruzados e nominais.

§ 4o As doações de recursos financeiros somente poderão ser efetuadas na conta mencionada no art. 22 desta Lei por meio de: (Redação dada pela Lei nº 11.300, de 2006)

I - cheques cruzados e nominais ou transferência eletrônica de depósitos; (Incluído pela Lei nº 11.300, de 2006)

II - depósitos em espécie devidamente identificados até o limite fixado no inciso I do § 1o deste artigo. (Incluído pela Lei nº 11.300, de 2006)

III - mecanismo disponível em sítio do candidato, partido ou coligação na internet, permitindo inclusive o uso de cartão de crédito, e que deverá atender aos seguintes requisitos: (Incluído pela Lei nº 12.034, de 2009)

a) identificação do doador; (Incluído pela Lei nº 12.034, de 2009)

b) emissão obrigatória de recibo eleitoral para cada doação realizada. (Incluído pela Lei nº 12.034, de 2009)

§ 5o Ficam vedadas quaisquer doações em dinheiro, bem como de troféus, prêmios, ajudas de qualquer espécie feitas por candidato, entre o registro e a eleição, a pessoas físicas ou jurídicas. (Incluído pela Lei nº 11.300, de 2006)

§ 6o Na hipótese de doações realizadas por meio da internet, as fraudes ou erros cometidos pelo doador sem conhecimento dos candidatos, partidos ou coligações não ensejarão a responsabilidade destes nem a rejeição de suas contas eleitorais. (Incluído pela Lei nº 12.034, de 2009)

§ 7o O limite previsto no inciso I do § 1o não se aplica a doações estimáveis em dinheiro relativas à utilização de bens móveis ou imóveis de propriedade do doador, desde que o valor da doação não ultrapasse R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais). (Incluído pela Lei nº 12.034, de 2009)

§ 7o O limite previsto no § 1o não se aplica a doações estimáveis em dinheiro relativas à utilização de bens móveis ou imóveis de propriedade do doador, desde que o valor estimado não ultrapasse R$ 80.000,00 (oitenta mil reais). (Redação dada pela Lei nº 13.165, de 2015)

Andamento do Processo n. 51-29.2015.6.19.0137 - 20/04/2017 do TRE-RJ

PROCESSO RP N.º 51-29.2015.6.19.0137 REPRESENTANTE: MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL REPRESENTADO: RUBEN PINTO DE OLIVEIRA ADVOGADO: ALVANIR ROSA DE SOUZA - OAB/RJ 39.130 SENTENÇA O Ministério Público

Andamento do Processo n. 14-31.2015.6.19.0192 - Rp - 18/04/2017 do TRE-RJ

efetuado doação para campanha eleitoral superior ao limite previsto no art. 23 da lei 9504 /97, requerendo... nos artigos 23 e 81 da Lei 9504 /97 e no artigo 25 da Resolução TSE 23.406/2014, na forma do artigo 22 da Lei..., portanto, sua condenação nas sanções previstas no artigo 23 , § 3º da Lei 9504 /97. In...

Andamento do Processo n. 692-62.2016.6.24.0001 - Representação - 18/04/2017 do TRE-SC

23, 30-A, 41-A ou 73. O § 10 do art. 11 da Lei n. 9.504 /97 estabelece a formalização do pedido de registro... da análise do art. 23 , § 1º , da Lei n. 9.504 /97, no cálculo do limite de doação de pessoa física à campanha eleitoral... -PROVIMENTO DO RECURSO - REFORMA DA SENTENÇA PARA AFASTAR A MULTA APLICADA. 1. O art...

RECURSO ELEITORAL - CLASSE RE: RE 2546 QUISSAMÃ - RJ

RECURSO ELEITORAL. ELEIÇÕES 2014. REPRESENTAÇÃO. DOAÇÃO ACIMA DO LIMITE LEGAL. ART. 23, §1°, DA LEI 9.504/97 E ART. 25, DA RES. TSE 23.406/2014. Pessoa física. Não comprovação de percepção de rendimentos em patamar superior ao teto de isenção do imposto de renda. Utilização daquele limite como base de cálculo para afer...

Andamento do Processo n. 26-16.2015.6.26.0365 - Agravo de Instrumento - 11/04/2017 do TSE

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 26-16.2015.6.26.0365 MAUÁ-SP 365ª Zona Eleitoral (MAUÁ) AGRAVANTE: JOSÉ FERNANDO DA SILVA ADVOGADOS: HÉLIO FREITAS DE CARVALHO DA SILVEIRA - OAB: 154003/SP E OUTROS AGRAVADO:

Andamento do Processo n. 54-98.2015.6.13.0153 - Agravo de Instrumento - 11/04/2017 do TSE

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 54-98.2015.6.13.0153 JUIZ DE FORA-MG 153ª Zona Eleitoral (JUIZ DE FORA) AGRAVANTE: TIAGO MACHADO DE OLIVEIRA ADVOGADOS: THIAGO DOMINGOS DE BRAGANÇA - OAB: 138552/MG E OUTRA

Andamento do Processo n. 37-60.2015.6.09.0019 - Recurso Eleitoral - 11/04/2017 do TRE-GO

1. RECURSO ELEITORAL Nº 37-60.2015.6.09.0019 PROTOCOLO Nº 27.950/2015 (019ª ZONA ELEITORAL LUZIÂNIA/GO) RELATOR: JUIZ ABEL CARDOSO MORAIS REPRESENTANTE: MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL REPRESENTADO:

Protocolo n. 29.890/2015 - 11/04/2017 do TRE-GO

Intimação INTIMAÇÃO Rp - REPRESENTAÇÃO Número Único 8088.2015.609.0030 Protocolo 29.890/2015 Representante: MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL Representado: JTJ (SIGILOSO) ADVOGADO: SHIRLE GARCIA TOSTA,

Andamento do Processo n. 25-46.2015.6.19.0035 - Recurso Eleitoral - 11/04/2017 do TRE-RJ

ACÓRDÃO - RECURSO ELEITORAL Nº 25-46.2015.6.19.0035 PROCEDÊNCIA: QUISSAMÃ-RJ (255ª ZONA ELEITORAL - QUISSAMÃ) RECORRENTE : MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL RECORRIDO : LETÍCIA VIEIRA DE SOUZA ADVOGADO :

Andamento do Processo n. 138-78.2015.6.19.0009 - Representação - 11/04/2017 do TRE-RJ

RP 138-78.2015.6.19.0009 Representação nº 138-78.2015.6.19.0009 Representante: MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL Representada: MICHELE MOTTA MANHÃES COSTA Advogados: Mario Marcio Nicolau Francisco de

×