Artigo 39 da Lei nº 9.532 de 10 de Dezembro de 1997

Lei nº 9.532 de 10 de Dezembro de 1997

Altera a legislação tributária federal e dá outras providências.
Art. 39. Poderão sair do estabelecimento industrial, com suspensão do IPI, os produtos destinados à exportação, quando:
I - adquiridos por empresa comercial exportadora, com o fim específico de exportação;
II - remetidos a recintos alfandegados ou a outros locais onde se processe o despacho aduaneiro de exportação.
§ 1º Fica assegurada a manutenção e utilização do crédito do IPI relativo às matérias-primas, produtos intermediários e material de embalagem utilizados na industrialização dos produtos a que se refere este artigo.
§ 2º Consideram-se adquiridos com o fim específico de exportação os produtos remetidos diretamente do estabelecimento industrial para embarque de exportação ou para recintos alfandegados, por conta e ordem da empresa comercial exportadora.
§ 3º A empresa comercial exportadora fica obrigada ao pagamento do IPI que deixou de ser pago na saída dos produtos do estabelecimento industrial, nas seguintes hipóteses:
a) transcorridos 180 dias da data da emissão da nota fiscal de venda pelo estabelecimento industrial, não houver sido efetivada a exportação;
b) os produtos forem revendidos no mercado interno;
c) ocorrer a destruição, o furto ou roubo dos produtos.
§ 4º Para efeito do parágrafo anterior, considera-se ocorrido o fato gerador e devido o IPI na data da emissão da nota fiscal pelo estabelecimento industrial.
§ 5º O valor a ser pago nas hipóteses do § 3º ficará sujeito à incidência:
a) de juros equivalentes à taxa referencial do Sistema Especial de Liquidação e Custódia - SELIC, para títulos federais, acumulada mensalmente, calculados a partir do primeiro dia do mês subseqüente ao da emissão da nota fiscal, referida no § 4º, até o mês anterior ao do pagamento e de um por cento no mês do pagamento;
b) da multa a que se refere o art. 61 da Lei nº 9.430, de 1996, calculada a partir do dia subseqüente ao da emissão da referida nota fiscal.
§ 6º O imposto de que trata este artigo, não recolhido espontaneamente, será exigido em procedimento de ofício, pela Secretaria da Receita Federal, com os acréscimos aplicáveis na espécie.

Intimação do processo N. 00005519120104036116 - 20/05/2022 - TRF3

NÚMERO ÚNICO: 0000551-91.2010.4.03.6116 POLO PASSIVO LUIS FELIPE DE ALMEIDA PESCADA ADVOGADO(A/S) LUCAS CAMILO ALCOVA NOGUEIRA | 214348/SP LUIS FELIPE DE ALMEIDA PESCADA | 208670/SP AÇÃO PENAL -…

Recurso - TRF03 - Ação Suspensão da Exigibilidade - Mandado de Segurança Cível - contra Uniao Federal - Fazenda Nacional

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ FEDERAL PROCESSO N°: A UNIÃO, por sua Procuradora da Fazenda abaixo assinado, vem, respeitosamente, à presença de Vossa Excelência, tempestivamente (prazo de 30 dias…

TRF1 • MANDADO DE SEGURANÇA CÍVEL • ICMS • 1072635-08.2021.4.01.3800 • Órgão julgador 13ª Vara Federal Cível da SJMG do Tribunal Regional Federal da 1ª Região

13/05/2022 Número: 1072635-08.2021.4.01.3800 Classe: MANDADO DE SEGURANÇA CÍVEL Órgão julgador: 13a Vara Federal Cível da SJMG Última distribuição : 21/10/2021 Valor da causa: R$ 377.700,00 Assuntos:…

Tribunal Regional Federal da 4ª Região TRF-4 - AGRAVO DE INSTRUMENTO: AG 5041080-69.2021.4.04.0000 5041080-69.2021.4.04.0000

Poder Judiciário TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 4ª REGIAO Agravo de Instrumento Nº 5041080-69.2021.4.04.0000/RS PROCESSO ORIGINÁRIO: Nº 5062128-27.2021.4.04.7100/RS AGRAVANTE: SINDICATO DAS INDÚSTRIAS…

Tribunal Regional Federal da 4ª Região TRF-4 - AGRAVO DE INSTRUMENTO: AG 5041080-69.2021.4.04.0000 5041080-69.2021.4.04.0000

Relatório Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mec e de Mat Elétrico e Eletrônico do Estado do Rs interpôs agravo de instrumento contra decisão em mandado de segurança coletivo …

Petição - TRF03 - Ação Repetição de Indébito - Procedimento Comum Cível - de Companhia Paulistana de Alimentos contra Uniao Federal - Fazenda Nacional

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA 6a VARA FEDERAL DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DE SÃO PAULO - SP Processo n°. COMPANHIA PAULISTANA DE ALIMENTOS. , devidamente qualificada nos autos da ação em…

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp 1509263 PE 2015/0002617-0

RECURSO ESPECIAL Nº 1509263 - PE (2015/0002617-0) DECISAO Trata-se de recurso especial fundado no CPC/73, manejado pela Bunge Alimentos S/A, com base no art. 105, III, a, da CF, contra acórdão …

Andamento do Processo n. 1509263 - Recurso Especial - 09/09/2021 do STJ

RECURSO ESPECIAL Nº 1509263 - PE (2015/0002617-0) RELATOR : MINISTRO SÉRGIO KUKINA RECORRENTE : BUNGE ALIMENTOS S/A ADVOGADO : ANTÔNIO JOSÉ DANTAS CORRÊA RABELLO E OUTRO(S) -PE005870 RECORRIDO :…

Página 3107 do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de 9 de Setembro de 2021

seja, o Estado, deliberadamente, devolve ao setor incentivado o quanto arrecadado nas etapas anteriores. A desoneração tributária é completa, não remanescendo nenhum crédito para posterior…

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AREsp 1846578 SP 2021/0056057-4

AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 1846578 - SP (2021/0056057-4) DECISAO Trata-se de agravo interposto por NUTRADE COMERCIAL EXPORTADORA LTDA., contra decisão em que foi inadmitido recurso especial …

Termo ou Assunto relacionado