Artigo 15 do Decreto Lei nº 72 de 21 de Novembro de 1966

Decreto Lei nº 72 de 21 de Novembro de 1966

Unifica os Institutos de Aposentadoria e Pensões e cria o Instituto Nacional de Previdência Social.
Art 15. Ao Conselho Pleno compete, ressalvado o poder de avocatória do Ministro de Estado, julgar, em última e definitiva instância, os recursos das decisões das Turmas que infringirem disposição de lei, de regulamento, de prejulgado, de orientação reiterada da instância ministerial, de normas expedidas pelas Secretarias da Previdência Social e de Assistência Médico-Social, no exercício de sua competência legal, ou que divergirem de decisão da mesma ou de outra Turma do Conselho. (Redação dada pela Lei nº 5.890, de 1973)
Parágrafo único. O recurso para o Conselho Pleno será interposto nos prazos estabelecidos no § 2º do artigo 9º, contados da publicação da decisão recorrida no Diário Oficial da União ou outro órgão de divulgação oficialmente reconhecido ou, ainda, da ciência do interessado, se ocorrida antes. (Redação dada pela Lei nº 5.890, de 1973)

Tribunal Regional Federal da 1ª Região TRF-1 - APELAÇÃO CIVEL : AC 6852 MG 2001.38.00.006852-5

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO APELAÇÃO CÍVEL N. 2001.38.00.006852-5/MG PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO APELAÇÃO CÍVEL N. 2001.38.00.006852-5/MG…

Tribunal Regional Federal da 1ª Região TRF-1 - APELAÇÃO CIVEL : AC 6852 MG 2001.38.00.006852-5

TRIBUTÁRIO. EXTINTO INPS. AVOCATÓRIA - ART. 25 DO DL. 72 /66. 1. A avocatória do art. 25 do DL 72 /66 não tinha eficácia, pois demandava regulamentação não existente, conforme precedentes tranqüilos …

Tribunal Regional Federal da 1ª Região TRF-1 - APELAÇÃO CIVEL : AC 17325 MG 93.01.17325-5

TRIBUTÁRIO E PROCESSO CIVIL. DECISÃO DEFINITIVA DO CONSELHO DE RECURSOS DA PREVIDÊNCIA SOCIAL. AVOCATÓRIA INEFICAZ. 1. A faculdade de avocar prevista no art. 25 do Decreto-lei nº 72 /66 não pode ser …

Termo ou Assunto relacionado