Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
21 de setembro de 2017
Artigo 33 da Lei nº 9.307 de 23 de Setembro de 1996

Art. 33 da Lei de Arbitragem - Lei 9307/96

Lei nº 9.307 de 23 de Setembro de 1996

Dispõe sobre a arbitragem.

Art. 33. A parte interessada poderá pleitear ao órgão do Poder Judiciário competente a declaração de nulidade da sentença arbitral, nos casos previstos nesta Lei. (Redação dada pela Lei nº 13.129, de 2015) (Vigência)

§ 1º A demanda para a decretação de nulidade da sentença arbitral seguirá o procedimento comum, previsto no Código de Processo Civil, e deverá ser proposta no prazo de até noventa dias após o recebimento da notificação da sentença arbitral ou de seu aditamento.

§ 1o A demanda para a declaração de nulidade da sentença arbitral, parcial ou final, seguirá as regras do procedimento comum, previstas na Lei no 5.869, de 11 de janeiro de 1973 (Código de Processo Civil), e deverá ser proposta no prazo de até 90 (noventa) dias após o recebimento da notificação da respectiva sentença, parcial ou final, ou da decisão do pedido de esclarecimentos. (Redação dada pela Lei nº 13.129, de 2015) (Vigência)

§ 2º A sentença que julgar procedente o pedido:

I - decretará a nulidade da sentença arbitral, nos casos do art. 32, incisos I, II, VI, VII e VIII;

II - determinará que o árbitro ou o tribunal arbitral profira novo laudo, nas demais hipóteses.

§ 2o A sentença que julgar procedente o pedido declarará a nulidade da sentença arbitral, nos casos do art. 32, e determinará, se for o caso, que o árbitro ou o tribunal profira nova sentença arbitral. (Redação dada pela Lei nº 13.129, de 2015) (Vigência)

§ 3º A decretação da nulidade da sentença arbitral também poderá ser argüida mediante ação de embargos do devedor, conforme o art. 741 e seguintes do Código de Processo Civil, se houver execução judicial. (Vide Lei nº 13.105, de 2015) (Vigência)

§ 3o A declaração de nulidade da sentença arbitral também poderá ser arguida mediante impugnação, conforme o art. 475-L e seguintes da Lei no 5.869, de 11 de janeiro de 1973 (Código de Processo Civil), se houver execução judicial.

(Redação dada pela Lei nº 13.129, de 2015) (Vigência)

§ 3o A decretação da nulidade da sentença arbitral também poderá ser requerida na impugnação ao cumprimento da sentença, nos termos dos arts. 525 e seguintes do Código de Processo Civil, se houver execução judicial. (Redação dada pela Lei nº 13.105, de 2015) (Vigência)

§ 4o A parte interessada poderá ingressar em juízo para requerer a prolação de sentença arbitral complementar, se o árbitro não decidir todos os pedidos submetidos à arbitragem. (Incluído pela Lei nº 13.129, de 2015) (Vigência)

Pg. 278. Diário de Justiça do Estado do Pará DJPA de 21/09/2017

honorários em caso de rescisão do contrato, tudo nos termos do que foi entabulado. A confissão já aplicada elide qualquer discussão a respeito dos fatos narrados na exordial, cabendo ao embargante

Andamento do Processo n. : Universidade Estadual de Goiás Ueg - 20/09/2017 do TJGO

PODER JUDICIÁRIO Gabinete do Desembargador Zacarias Neves Coêlho AGRAVO DE INSTRUMENTO N. 5308538.87.2017.8.09.0000 COMARCA DE GOIÂNIA AGRAVANTE : FERNANDO NEVES CELESTINO DE JESUS AGRAVADO :

Apelação Cível n. 0434335.10.2014 - 20/09/2017 do TJGO

PODER JUDICIÁRIO Gabinete da Desembargadora Elizabeth Maria da Silva AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 5194091.86.2017.8.09.0000 COMARCA DE QUIRINÓPOLIS 4ª CÂMARA CÍVEL AGRAVANTE : CLARO S/A AGRAVADO : RENES

Pg. 795. Seção I. Diário de Justiça do Estado de Goiás DJGO de 20/09/2017

Com efeito, a Lei Adjetiva Civil em vigor prestigiou a orientação da jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça ao extirpar a necessidade de ação rescisória para invalidar o acordo firmado pelas

Pg. 1350. Seção I. Diário de Justiça do Estado de Goiás DJGO de 20/09/2017

E DESPROVIDO.” (TJGO, APELAÇÃO CÍVEL 44670-95.2010.8.09.0051, Rel. DR. MAURÍCIO PORFÍRIO ROSA, 2ª CÂMARA CÍVEL, julgado em 09/08/2016, DJe 2097 de 25/08/2016) (grifei) “APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO

Pg. 1351. Seção I. Diário de Justiça do Estado de Goiás DJGO de 20/09/2017

“AGRAVO DE INSTRUMENTO. AÇÃO INIBITÓRIA. PEÇAS FACULTATIVAS. PRESCINDIBILIDADE. CONVENÇÃO DE CONDOMÍNIO. CLÁUSULA COMPROMISSÓRIA DEVIDAMENTE REGISTRADA. EFEITO ERGA OMNES. INTERVENÇÃO DO PODER

Apelação Cível n. 351847.80 - 19/09/2017 do TJGO

COMARCA ANICUNS AGRAVANTE SEGURADORA LÍDER DOS CONSÓRCIOS DO SEGURO DPVAT AGRAVADA MARLIZAINE GOMES RODRIGUES RELATOR Wilson Safatle Faiad Juiz Substituto em Segundo Grau EMENTA:RECURSO DE AGRAVO

Pg. 3119. Seção I. Diário de Justiça do Estado de Goiás DJGO de 19/09/2017

CUMPRIMENTO DE SENTENÇA). IMPUGNAÇÃO. DECLARAÇÃO DE NULIDADE DA SENTENÇA ARBITRAL. REQUISITOS DO ARTIGO 32 NÃO PREENCHIDOS. PRETENSÃO AFASTADA. DECISÃO AGRAVADA MANTIDA. (...) 2. É insubsistente e

Pg. 9675. Suplemento - Seção II. Diário de Justiça do Estado de Goiás DJGO de 19/09/2017

146/149, 155/163 e 166/168 dos autos físicos restou regularizada a representação processual de todas as partes que compõem o polo ativo da lide. Providencie a escrivania a retificação do polo ativo

Andamento do Processo n. 2153037-23.2017.8.26.0000 - Agravo de Instrumento - 18/09/2017 do TJSP

Nº 2153037-23.2017.8.26.0000 - Processo Digital. Petições para juntada devem ser apresentadas exclusivamente por meio eletrônico, nos termos do artigo 7º da Res. 551/2011 - Agravo de Instrumento -

×