Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
21 de junho de 2018
Artigo 27 da Lei nº 9.514 de 20 de Novembro de 1997

Art. 27 da Lei 9514/97

Lei nº 9.514 de 20 de Novembro de 1997

Dispõe sobre o Sistema de Financiamento Imobiliário, institui a alienação fiduciária de coisa imóvel e dá outras providências.

Art. 27. Uma vez consolidada a propriedade em seu nome, o fiduciário, no prazo de trinta dias, contados da data do registro de que trata o § 7º do artigo anterior, promoverá público leilão para a alienação do imóvel.

§ 1º Se, no primeiro público leilão, o maior lance oferecido for inferior ao valor do imóvel, estipulado na forma do inciso VI do art. 24, será realizado o segundo leilão, nos quinze dias seguintes.

§ 1o Se no primeiro leilão público o maior lance oferecido for inferior ao valor do imóvel, estipulado na forma do inciso VI e do parágrafo único do art. 24 desta Lei, será realizado o segundo leilão nos quinze dias seguintes. (Redação dada pela Lei nº 13.465, de 2017)

§ 2º No segundo leilão, será aceito o maior lance oferecido, desde que igual ou superior ao valor da dívida, das despesas, dos prêmios de seguro, dos encargos legais, inclusive tributos, e das contribuições condominiais.

§ 2o-A. Para os fins do disposto nos §§ 1o e 2o deste artigo, as datas, horários e locais dos leilões serão comunicados ao devedor mediante correspondência dirigida aos endereços constantes do contrato, inclusive ao endereço eletrônico. (Incluído pela Lei nº 13.465, de 2017)

§ 2o-B. Após a averbação da consolidação da propriedade fiduciária no patrimônio do credor fiduciário e até a data da realização do segundo leilão, é assegurado ao devedor fiduciante o direito de preferência para adquirir o imóvel por preço correspondente ao valor da dívida, somado aos encargos e despesas de que trata o § 2o deste artigo, aos valores correspondentes ao imposto sobre transmissão inter vivos e ao laudêmio, se for o caso, pagos para efeito de consolidação da propriedade fiduciária no patrimônio do credor fiduciário, e às despesas inerentes ao procedimento de cobrança e leilão, incumbindo, também, ao devedor fiduciante o pagamento dos encargos tributários e despesas exigíveis para a nova aquisição do imóvel, de que trata este parágrafo, inclusive custas e emolumentos. (Incluído pela Lei nº 13.465, de 2017)

§ 3º Para os fins do disposto neste artigo, entende-se por:

I - dívida: o saldo devedor da operação de alienação fiduciária, na data do leilão, nele incluídos os juros convencionais, as penalidades e os demais encargos contratuais;

II - despesas: a soma das importâncias correspondentes aos encargos e custas de intimação e as necessárias à realização do público leilão, nestas compreendidas as relativas aos anúncios e à comissão do leiloeiro.

§ 4º Nos cinco dias que se seguirem à venda do imóvel no leilão, o credor entregará ao devedor a importância que sobejar, considerando-se nela compreendido o valor da indenização de benfeitorias, depois de deduzidos os valores da dívida e das despesas e encargos de que tratam os §§ 2º e 3º, fato esse que importará em recíproca quitação, não se aplicando o disposto na parte final do art. 516 do Código Civil.

§ 5º Se, no segundo leilão, o maior lance oferecido não for igual ou superior ao valor referido no § 2º, considerar-se-á extinta a dívida e exonerado o credor da obrigação de que trata o § 4º.

§ 6º Na hipótese de que trata o parágrafo anterior, o credor, no prazo de cinco dias a contar da data do segundo leilão, dará ao devedor quitação da dívida, mediante termo próprio.

§ 7o Se o imóvel estiver locado, a locação poderá ser denunciada com o prazo de trinta dias para desocupação, salvo se tiver havido aquiescência por escrito do fiduciário, devendo a denúncia ser realizada no prazo de noventa dias a contar da data da consolidação da propriedade no fiduciário, devendo essa condição constar expressamente em cláusula contratual específica, destacando-se das demais por sua apresentação gráfica.

(Incluído pela Medida Provisória nº 2.223, de 2001)

§ 7o Se o imóvel estiver locado, a locação poderá ser denunciada com o prazo de trinta dias para desocupação, salvo se tiver havido aquiescência por escrito do fiduciário, devendo a denúncia ser realizada no prazo de noventa dias a contar da data da consolidação da propriedade no fiduciário, devendo essa condição constar expressamente em cláusula contratual específica, destacando-se das demais por sua apresentação gráfica. (Incluído pela Lei nº 10.931, de 2004)

§ 8o Responde o fiduciante pelo pagamento dos impostos, taxas, contribuições condominiais e quaisquer outros encargos que recaiam ou venham a recair sobre o imóvel, cuja posse tenha sido transferida para o fiduciário, nos termos deste artigo, até a data em que o fiduciário vier a ser imitido na posse. (Incluído pela Medida Provisória nº 2.223, de 2001)

§ 8o Responde o fiduciante pelo pagamento dos impostos, taxas, contribuições condominiais e quaisquer outros encargos que recaiam ou venham a recair sobre o imóvel, cuja posse tenha sido transferida para o fiduciário, nos termos deste artigo, até a data em que o fiduciário vier a ser imitido na posse. (Incluído pela Lei nº 10.931, de 2004)

§ 9o O disposto no § 2o-B deste artigo aplica-se à consolidação da propriedade fiduciária de imóveis do FAR, na forma prevista na Lei no 11.977, de 7 de julho de 2009. (Incluído pela Lei nº 13.465, de 2017)

Inteiro Teor. 7314366820178070001 DF 0731436-68.2017.8.07.0001

MEDIANTE A VENDA DO IMÓVEL E DESCONTO DO MONTANTE DA DÍVIDA, CONFORME REGRAMENTO DO ART. 27, § 4º, DA LEI 9.514/97... de compra e venda devidamente levada a registro no Cartório de Imóveis, nos termos do artigo 23 da Lei n.º 9.514/97. Requer...-apelante. O artigo 23 da Lei 9.514/1997 estabelece que a propriedade...

RECURSO ESPECIAL: REsp 1733630 SP 2018/0076802-1

dos artigos 7º, p, 10, § 1º, a, b e c, 28, §§ 2º e 3º, a, 2, 31, § 2º, 33 e 36 da Circular 6/1970; 39, II da Lei 9.514/1997... situação jurídica" (e-STJ fl. 497). O artigo 26, caput, da Lei 9.514/97 dispõe que, "Vencida e não paga, no todo ou em parte.... 497). O artigo 26, caput, da Lei 9.514/97 dispõe que, ...

AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AREsp 1303241 SP 2018/0132048-1

pelo credor, nos termos do art. 27, §§5º e 6º, da Lei 9.514/97. Adimplemento substancial não configurado. Abusividade..., nos termos do art. 27, §§5º e 6º, da Lei 9.514/97. Adimplemento substancial não configurado. Abusividade da tarifa... do Registro de Imóveis. Prosseguimento da venda extrajudicial do bem, nos...

AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AREsp 1109652 MG 2017/0125593-0

disposto no Enunciado Administrativo n. 3/STJ. De início, no que concerne à violação ao artigo 27, da Lei 9.514/97, tem..., a parte recorrente alega violação ao artigo 27, da Lei 9.514/97, sustentando que o acórdão recorrido deve ser reformado... que concerne à violação ao artigo 27, da Lei 9.514/97, tem-se que ausent...

Andamento do Processo n. 2017/0125593-0 - Agravo / Recurso Especial - 20/06/2018 do STJ

(4377) AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 1.109.652 - MG (2017/0125593-0) RELATOR : MINISTRO PAULO DE TARSO SANSEVERINO AGRAVANTE : BANCO BRADESCO S/A ADVOGADOS : FLÁVIA ALMEIDA MOURA DI LATELLA E OUTRO

Andamento do Processo n. 0004438-65.2015.403.6130 - 20/06/2018 do TRF-3

0004438-65.2015.403.6130 - CLEIDE APARECIDA ARCANJO (SP160377 - CARLOS ALBERTO DE SANTANA E SP366692 - MARCELO AUGUSTO RODRIGUES DA SILVA LUZ) X CAIXA ECONOMICA FEDERAL (SP073809 - MARCOS UMBERTO

Andamento do Processo n. 0307403-75.2014.8.24.0045/00001 - Cumprimento de Sentença / Causas Supervenientes à Sentença - 20/06/2018 do TJSC

fiduciária, na forma do art. 27 da lei n.º 9.514/97.Sobre o tema, destaco:TRIBUTÁRIO. AGRAVO. ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA. PENHORA... do mutuário, de acordo com a expressa previsão da Lei 9.514/97.3. Restando demonstrada a ilegalidade da penhora efetivada... fiduciariamente (TRF4, Classe: AG - AGRAVO DE INSTRUMENTO n.º 50...

Pg. 2302. Seção I. Diário de Justiça do Estado de Goiás DJGO de 20/06/2018

propriedade do casal. Altercam: ?No caso concreto, nota-se com facilidade que o ?CONTRATO DE RENEGOCIAÇÃO DE DÍVIDA?, firmado entre as partes, é extremamente falho, deixando de atender as exigências

Pg. 2616. Seção I. Diário de Justiça do Estado de Goiás DJGO de 20/06/2018

AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 5196282-70.2018.8.09.0000 COMARCA ITAJÁ AGRAVANTE BANCO SANTANDER S/A AGRAVADA LÍLIAN BERNARDES BARBOZA RELATORA Desembargadora Sandra Regina Teodoro Reis EMENTA: AGRAVO DE

Pg. 3199. Seção I. Diário de Justiça do Estado de Goiás DJGO de 20/06/2018

Gabinete da Presidência RECURSO ESPECIAL NA APELAÇÃO CÍVEL Nº 0362343.52.2015.8.09.0051 COMARCA : GOIÂNIA RECORRENTE : CORACI DA LUZ MORAIS RECORRIDA : ENGEL ENGENHARIA E CONSTRUÇÕES LTDA CORACI DA

×