Artigo 22 da Lei nº 8.629 de 25 de Fevereiro de 1993

Lei nº 8.629 de 25 de Fevereiro de 1993

Dispõe sobre a regulamentação dos dispositivos constitucionais relativos à reforma agrária, previstos no Capítulo III, Título VII, da Constituição Federal.
Art. 22. Constará, obrigatoriamente, dos instrumentos translativos de domínio, de concessão de uso ou de CDRU, cláusula resolutória que preveja a rescisão do contrato e o retorno do imóvel ao órgão alienante ou concedente, no caso de descumprimento de quaisquer das obrigações assumidas pelo adquirente ou concessionário. (Redação dada pela Lei nº 13.001, de 2014)
§ 1o Após transcorrido o prazo de inegociabilidade de 10 (dez) anos, o imóvel objeto de título translativo de domínio somente poderá ser alienado se a nova área titulada não vier a integrar imóvel rural com área superior a 2 (dois) módulos fiscais. (Redação dada pela Lei nº 13.001, de 2014)
§ 1o Após transcorrido o prazo de inegociabilidade de dez anos, o imóvel objeto de título translativo de domínio somente poderá ser alienado se a nova área titulada não vier a integrar imóvel rural com área superior a quatro módulos fiscais. (Incluído pela Lei nº 13.465, de 2017)
§ 2o Ainda que feita pelos sucessores do titulado, a alienação de imóvel rural em desacordo com o § 1o é nula de pleno direito, devendo a área retornar ao domínio do Incra, não podendo os serviços notariais lavrar escrituras dessas áreas, nem ser tais atos registrados nos Registros de Imóveis, sob pena de responsabilidade administrativa, civil e criminal de seus titulares ou prepostos. (Incluído pela Medida Provisória nº 759, de 2016)
(Revogado)
§ 2o Na hipótese de a parcela titulada passar a integrar zona urbana ou de expansão urbana, o Incra deverá priorizar a análise do requerimento de liberação das condições resolutivas. (Incluído pela Lei nº 13.465, de 2017)
Art. 22-A. As benfeitorias, reprodutivas ou não, existentes no imóvel destinado para reforma agrária poderão ser cedidas aos beneficiários para exploração individual ou coletiva ou doadas em benefício da comunidade de assentados, na forma estabelecida em regulamento. (Incluído pela Medida Provisória nº 759, de 2016)
Art. 22-A. As benfeitorias, reprodutivas ou não, existentes no imóvel destinado para reforma agrária poderão ser cedidas aos beneficiários para exploração individual ou coletiva ou doadas em benefício da comunidade de assentados, na forma estabelecida em regulamento. (Incluído pela Lei nº 13.465, de 2017)

Petição Inicial - TJSP - Ação de Despejo por Falta de Pagamento Cumulada com Cobrança de Aluguéis e Encargos da Locação - Cumprimento de Sentença

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA VARA CÍVEL DO FORO REGIONAL DO IPIRANGA - SP E , inscrita no CNPJ sob n°. , com sede na , Vila Nova Conceição, neste ato representada por sua diretora,…

Recurso - TJSP - Ação Efeito Suspensivo / Impugnação / Embargos à Execução - Embargos à Execução

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA 1a VARA CÍVEL DO FORO REGIONAL DO IPIRANGA - COMARCA DE SÃO PAULO - SP. Distribuído por dependência Processo n°. 1003983-33.2018.8.26.0010 CORREIA DE…

Petição Inicial - TJSP - Ação de Reintegração de Posse - Convertida em Ação Anulatória de Negócio Jurídico - Procedimento Comum Cível

EXCELENTÍSSIMO (A) SENHOR (A) DOUTOR (A) JUIZ (A) DE DIREITO DA 2a VARA CÍVEL DA COMARCA DE PEDERNEIRAS - ESTADO DE SÃO PAULO. 1 Processo: - Procedimento Comum Cível - Esbulho / Turbação / Ameaça ,…

Contestação - TJSP - Ação Condomínio - Procedimento Comum Cível

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA 1a VARA CÍVEL DO FORO REGIONAL DO IPIRANGA - SP. Processo n° (Ação de Extinção de Condomínio) , brasileira, divorciada, costureira, portadora da cédula…

Petição - TJSP - Ação Locação de Imóvel - Despejo por Falta de Pagamento Cumulado com Cobrança

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA 1a VARA CIVIL DO FORO REGIONAL DO IPIRANGA - COMARCA DE SÃO PAULO - SP. Processo n° ( AÇÃO DE CUMPRIMENTO DE SENTENÇA) , brasileiro, solteiro ,…

Recurso - TRF03 - Ação Servidão Administrativa - Desapropriação - de EDP Sao Paulo Distribuicao de Energia contra Instituto Nacional de Colonizacao e Reforma Agraria Incra

EXM°. SR. JUIZ FEDERAL PROCEDIMENTO N° (TRF3_1) AUTOR: BANDEIRANTE ENERGIA S.A. (EDP) INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E REFORMA AGRÁRIA - INCRA, neste ato representada por procurador federal…

Petição - TJSP - Ação Prestação de Serviços - Monitória

EXCELENTÍSSIMA SENHORA DOUTORA JUÍZA DE DIREITO DA 2a VARA CÍVEL DO FORO REGIONAL DO IPIRANGA - COMARCA DE SÃO PAULO - SP Processo n° , já qualificada nos autos em epígrafe da Ação Monitória, por…

Petição Inicial - TJSP - Ação Prazo Processual em Dobro - Embargos à Execução - contra Colegio Veruska

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA __a VARA CÍVEL DO FORO REGIONAL DO IPIRANGA - COMARCA DE SÃO PAULO - SP. Processo n°. 1017310-32.2019.8.26.0003 , brasileira, casado, desempregado,…

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AREsp XXXXX MS 2021/XXXXX-4

AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 2018266 - MS (2021/0347394-4) EMENTA ADMINISTRATIVO. AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL. REINTEGRAÇAO DE POSSE. REFORMA AGRÁRIA. POSSE IRREGULAR. FUNÇAO SOCIAL DA PROPRIEDADE. …

Página 4624 do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de 6 de Junho de 2022

13. Desta feita, por todos os ângulos analisados, não restou demonstrado o direito do INCRA à reintegração de posse do lote em questão, razão pela qual a r. sentença deve ser reformada. 14.

Termo ou Assunto relacionado