Artigo 40 da Lei nº 9.615 de 24 de Março de 1998

Lei nº 9.615 de 24 de Março de 1998

Institui normas gerais sobre desporto e dá outras providências.
Art. 40. Na cessão ou transferência de atleta profissional para entidade de prática desportiva estrangeira observar-se-ão as instruções expedidas pela entidade nacional de título.
§ 1o As condições para transferência do atleta profissional para o exterior deverão integrar obrigatoriamente os contratos de trabalho entre o atleta e a entidade de prática desportiva brasileira que o contratou. (Renumerado do Parágrafo Único para § 1o pela Lei nº 10.672, de 2003)
§ 2o Se a entidade de prática desportiva cedente de atleta profissional para entidade de prática desportiva estrangeira tiver sido cessionária do atleta, no prazo inferior a doze meses, em transferência definitiva ou empréstimo, oneroso ou gratuito, para qualquer outra entidade de prática desportiva, será caracterizada como entidade repassadora, fazendo jus a vinte e cinco por cento do valor pactuado para a cessão ou transferência internacional, ficando a entidade formadora com direito de receber setenta e cinco por cento do valor pago pela entidade estrangeira, desde que a entidade formadora do atleta não tenha sido previamente indenizada. (Incluído pela Lei nº 10.672, de 2003)
(Revogado)
§ 2º O valor da cláusula indenizatória desportiva internacional originalmente pactuada entre o atleta e a entidade de prática desportiva cedente, independentemente do pagamento da cláusula indenizatória desportiva nacional, será devido a esta pela entidade de prática desportiva cessionária caso esta venha a concretizar transferência internacional do mesmo atleta, em prazo inferior a 3 (três) meses, caracterizando o conluio com a entidade de prática desportiva estrangeira. (Redação dada pela Lei nº 12.395, de 2011).
Rodrigo Bastos, Advogado
há 2 meses

O contrato de trabalho do atleta profissional de futebol e as suas particularidades

. Referências Bibliográficas Lei Pelé LEI 9.615, DE 24 DE MARÇO DE 1998. Lei 12.395/2011. VEIGA, Maurício... assim aplicadas às disposições constantes da lei 9615/98Lei Pelé. Diante disso, …

TRT12 • Ação Trabalhista - Rito Ordinário • 0000122-70.2019.5.12.0007 • 1ª VARA DO TRABALHO DE LAGES do Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região

o art. 87-A da Lei 9.615 , de 24-03-1998, com a redação dada pela Lei 12.395 , de 16-03-2011,"[o] direito ao uso... internacionais (inciso II). Quando, em conformidade com o § 1º do art. 40

Andamento do Processo n. 0000519-63.2019.5.12.0029 - ATOrd - 29/01/2020 do TRT-12

Processo Nº ATOrd-0000519-63.2019.5.12.0029 RECLAMANTE ESPORTE CLUBE INTERNACIONAL ADVOGADO LILIANE ROSSI(OAB: 21901/SC) RECLAMADO JEFERSON DA SILVA DE OLIVEIRA RECLAMADO ASSOCIAÇÃO ATLETICA LUZIÂNIA…

TRT12 • Ação Trabalhista - Rito Ordinário • 0000519-63.2019.5.12.0029 • 2ª VARA DO TRABALHO DE LAGES do Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região

firmado com o primeiro réu. Sobe a referida cláusula indenizatória, dispõe o artigo 28 da Lei 9.615 /1998 ( Lei Pelé... - Nos termos do artigo 28, inciso I, alíneas a e b, da Lei 9.615 /98, …
Gabriella Bueno, Estudante de Direito
há 11 meses

O contrato de trabalho do atleta profissional

O CONTRATO DE TRABALHO DO ATLETA PROFISSIONAL O contrato de trabalho na CLT Para fazer alusão ao contrato de trabalho do atleta profissional, cabe abordar sobe o contrato de trabalho geral. Suas…

Tribunal Superior do Trabalho TST - RECURSO DE REVISTA : RR 11702-82.2015.5.01.0027

A C Ó R D A O 4ª Turma GMALR/acg A) AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA INTERPOSTO PELO RECLAMADO . ACÓRDAO REGIONAL PUBLICADO NA VIGÊNCIA DA LEI Nº 13.015/2014. 1. CONTRATO ESPECIAL DE…

Página 1672 da Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT-10) de 24 de Outubro de 2019

§ 2º Serão nulos de pleno direito os atos praticados através de contrato civil de cessão da imagem com o objetivo de desvirtuar, impedir ou fraudar as garantias e direitos trabalhistas do atleta."…

Página 1687 da Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT-10) de 24 de Outubro de 2019

como subterfúgios para fraudar os direitos trabalhistas. No caso concreto, o denominado "instrumento particular de exploração de imagem, voz, nome e/ou apelido, marketing esportivo e outras avenças"…

Patrocinador tem obrigação trabalhista com time de basquete, define TRT-10

O patrocinador de um time profissional que tem responsabilidade trabalhista para com os atletas. Com este entendimento, o juiz Renato Vieira de Faria, em exercício na 11ª Vara do Trabalho de…

Instituto Viver e Ceub são solidariamente responsáveis por obrigações trabalhistas devidas a atleta do time de basquete de Brasília

O juiz Renato Vieira de Faria, em exercício na 11ª Vara do Trabalho de Brasília, condenou o Centro de Ensino Unificado de Brasília (Ceub) solidariamente ao pagamento das obrigações trabalhistas…