Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
26 de julho de 2017
Artigo 44 da Lei nº 9.096 de 19 de Setembro de 1995

Art. 44 da Lei Orgânica dos Partidos Políticos - Lei 9096/95

Lei nº 9.096 de 19 de Setembro de 1995

Dispõe sobre partidos políticos, regulamenta os arts. 17 e 14, § 3º, inciso V, da Constituição Federal.

Art. 44. Os recursos oriundos do Fundo Partidário serão aplicados:

I - na manutenção das sedes e serviços do partido, permitido o pagamento de pessoal, a qualquer título, observado, do total recebido, os seguintes limites: (Redação dada pela Lei nº 13.165, de 2015)

a) 50% (cinquenta por cento) para o órgão nacional; (Incluído pela Lei nº 13.165, de 2015)

b) 60% (sessenta por cento) para cada órgão estadual e municipal; (Incluído pela Lei nº 13.165, de 2015)

II - na propaganda doutrinária e política;

III - no alistamento e campanhas eleitorais;

IV - na criação e manutenção de instituto ou fundação de pesquisa e de doutrinação e educação política, sendo esta aplicação de, no mínimo, vinte por cento do total recebido.

V - na criação e manutenção de programas de promoção e difusão da participação política das mulheres, criados e mantidos pela secretaria da mulher do respectivo partido político ou, inexistindo a secretaria, pelo instituto ou fundação de pesquisa e de doutrinação e educação política de que trata o inciso IV, conforme percentual que será fixado pelo órgão nacional de direção partidária, observado o mínimo de 5% (cinco por cento) do total; (Redação dada pela Lei nº 13.165, de 2015)

VI - no pagamento de mensalidades, anuidades e congêneres devidos a organismos partidários internacionais que se destinem ao apoio à pesquisa, ao estudo e à doutrinação política, aos quais seja o partido político regularmente filiado; (Incluído pela Lei nº 13.165, de 2015)

VII - no pagamento de despesas com alimentação, incluindo restaurantes e lanchonetes. (Incluído pela Lei nº 13.165, de 2015)

§ 1º Na prestação de contas dos órgãos de direção partidária de qualquer nível devem ser discriminadas as despesas realizadas com recursos do Fundo Partidário, de modo a permitir o controle da Justiça Eleitoral sobre o cumprimento do disposto nos incisos I e IV deste artigo.

§ 2º A Justiça Eleitoral pode, a qualquer tempo, investigar sobre a aplicação de recursos oriundos do Fundo Partidário.

§ 3o Os recursos de que trata este artigo não estão sujeitos ao regime da Lei no 8.666, de 21 de junho de 1993, tendo os partidos políticos autonomia para contratar e realizar despesas. (Redação dada pela Lei nº 12.891, de 2013)

§ 4o Não se incluem no cômputo do percentual previsto no inciso I deste artigo encargos e tributos de qualquer natureza. (Incluído pela Lei nº 12.034, de 2009)

§ 5o O partido político que não cumprir o disposto no inciso V do caput deverá transferir o saldo para conta específica, sendo vedada sua aplicação para finalidade diversa, de modo que o saldo remanescente deverá ser aplicado dentro do exercício financeiro subsequente, sob pena de acréscimo de 12,5% (doze inteiros e cinco décimos por cento) do valor previsto no inciso V do caput, a ser aplicado na mesma finalidade. (Redação dada pela Lei nº 13.165, de 2015)

§ 5o-A. A critério das agremiações partidárias, os recursos a que se refere o inciso V poderão ser acumulados em diferentes exercícios financeiros, mantidos em contas bancárias específicas, para utilização futura em campanhas eleitorais de candidatas do partido. (Incluído pela Lei nº 13.165, de 2015)

§ 6o No exercício financeiro em que a fundação ou instituto de pesquisa não despender a totalidade dos recursos que lhe forem assinalados, a eventual sobra poderá ser revertida para outras atividades partidárias, conforme previstas no caput deste artigo. (Incluído pela Lei nº 12.891, de 2013)

§ 7o A critério da secretaria da mulher ou, inexistindo a secretaria, a critério da fundação de pesquisa e de doutrinação e educação política, os recursos a que se refere o inciso V do caput poderão ser acumulados em diferentes exercícios financeiros, mantidos em contas bancárias específicas, para utilização futura em campanhas eleitorais de candidatas do partido, não se aplicando, neste caso, o disposto no § 5o. (Incluído pela Lei nº 13.165, de 2015)

Andamento do Processo n. 68-24.2015.6.07.0000 - Prestação de Contas - 26/07/2017 do TRE-DF

PRESTAÇÃO DE CONTAS Nº 68-24.2015.6.07.0000 - CLASSE 25 ASSUNTO: PRESTAÇÃO DE CONTAS PARTIDO POLÍTICO PSD/DF EXERCÍCIO FINANCEIRO 2014 REQUERENTE: PARTIDO SOCIAL DEMOCRÁTICO - PSD/DF REQUERENTE:

Andamento do Processo n. 68-62.2015.6.20.0032 - Prestação de Contas - 26/07/2017 do TRE-RN

PRESTAÇÃO DE CONTAS PARTIDÁRIAS Espécie: Prestação de Contas Partidária Processo: n.º 68-62.2015.6.20.0032 Requerente: Órgão Partidário Municipal do PMDB em Porto do Mangue/RN Advogado: Carlyle

Andamento do Processo n. 61-70.2015.6.20.0032 - Prestação de Contas - 26/07/2017 do TRE-RN

PRESTAÇÃO DE CONTAS PARTIDÁRIAS Espécie: Prestação de Contas Partidária Processo: n.º 61-70.2015.6.20.0032 Requerente: Órgão Partidário Municipal do PMDB em Grossos/RN Advogado: Abraão Diógenes

Pg. 3. Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins TRE-TO de 26/07/2017

DECISÃO Trata-se de prestação de contas apresentada pelo PARTIDO DEMOCRÁTICO TRABALHISTA (PDT-TO), referente ao exercício 2013, as quais foram desaprovadas, por unanimidade, por este Tribunal (fl.

Pg. 5. Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul TRE-RS de 25/07/2017

NOTA DE EXPEDIENTE N. 058/2017 - 19 ZE/RS PROCESSO CLASSE: PET - 20-18.2015.6.21.0019 PRESTAÇÃO DE CONTAS - DE EXERCÍCIO FINANCEIRO - ANO 2012 - PEDIDO DE PROVIDÊNCIAS PROCEDÊNCIA: Encruzilhada do

Pg. 9. Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul TRE-RS de 24/07/2017

ADV.: Oldemar Meneghini Bueno – OAB/RS 30847 ADV.: Edosn Luis Kossmann – OAB/RS 47301 ADV.: Guilherme Rodrigues Carvalho Barcelos – OAB/RS 85529 Vistos. 1. Transitada em julgado a decisão que

Pg. 137. Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul TRE-RS de 24/07/2017

NOTA DE EXPEDIENTE 194/2017 PROCESSO CLASSE: PC 338-20.2016.6.21.0163 PRESTAÇÃO DE CONTAS - DE CANDIDATO - Prestação de Contas - Prestação de Contas - De Candidato - PEDIDO DE PROVIDÊNCIAS

Pg. 138. Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul TRE-RS de 24/07/2017

Sendo assim, considerando os itens “I”, “III” e “IV” deste exame, solicita-se a baixa dos autos em diligência em conformidade com o art. 35, § 3º, I da Resolução TSE n. 23.464/2015, para que o

Pg. 139. Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul TRE-RS de 24/07/2017

Na análise da observância dos limites previstos no art. 44 da lei nº 9.096/95 quanto à utilização dos recursos oriundos do Fundo Partidário verificou-se que: conforme documentação apresentada e

Edital n. 40/2017 - 19 de julho de 2017 do TRE-BA

EDITAL Nº 40/2017 - INTIMAÇÃO PC ANUAL 33-75.2015.6.05.0079 EDITAL N.º 40/2017 De Ordem do Excelentíssimo Senhor ABRAÃO BARRETO CORDEIRO, MM. Juiz Eleitoral desta 79ª Zona, no uso de suas atribuições

×