Artigo 37 da Lei nº 9.096 de 19 de Setembro de 1995

Lei nº 9.096 de 19 de Setembro de 1995

Dispõe sobre partidos políticos, regulamenta os arts. 17 e 14, § 3º, inciso V, da Constituição Federal.
Art. 37. A desaprovação das contas do partido implicará exclusivamente a sanção de devolução da importância apontada como irregular, acrescida de multa de até 20% (vinte por cento). (Redação dada pela Lei nº 13.165, de 2015)
§ 1º. A Justiça Eleitoral pode determinar diligências necessárias à complementação de informações ou ao saneamento de irregularidades encontradas nas contas dos órgãos de direção partidária ou de candidatos. (Parágrafo renumerado pela Lei nº 9.693, de 1998)
§ 2o A sanção a que se refere o caput será aplicada exclusivamente à esfera partidária responsável pela irregularidade, não suspendendo o registro ou a anotação de seus órgãos de direção partidária nem tornando devedores ou inadimplentes os respectivos responsáveis partidários. (Redação dada pela Lei nº 13.165, de 2015)
§ 3º A sanção a que se refere o caput deste artigo deverá ser aplicada de forma proporcional e razoável, pelo período de 1 (um) a 12 (doze) meses, e o pagamento deverá ser feito por meio de desconto nos futuros repasses de cotas do fundo partidário a, no máximo, 50% (cinquenta por cento) do valor mensal, desde que a prestação de contas seja julgada, pelo juízo ou tribunal competente, em até 5 (cinco) anos de sua apresentação, vedada a acumulação de sanções. (Redação dada pela Lei nº 13.877, de 2019)
§ 3º-A. O cumprimento da sanção aplicada a órgão estadual, distrital ou municipal somente será efetivado a partir da data de juntada aos autos do processo de prestação de contas do aviso de recebimento da citação ou intimação, encaminhada, por via postal, pelo Tribunal Regional Eleitoral ou Juízo Eleitoral ao órgão partidário hierarquicamente superior. (Incluído pela Lei nº 13.877, de 2019)
§ 4o Da decisão que desaprovar total ou parcialmente a prestação de contas dos órgãos partidários caberá recurso para os Tribunais Regionais Eleitorais ou para o Tribunal Superior Eleitoral, conforme o caso, o qual deverá ser recebido com efeito suspensivo. (Incluído pela Lei nº 12.034, de 2009)
§ 5o As prestações de contas desaprovadas pelos Tribunais Regionais e pelo Tribunal Superior poderão ser revistas para fins de aplicação proporcional da sanção aplicada, mediante requerimento ofertado nos autos da prestação de contas. (Incluído pela Lei nº 12.034, de 2009)
§ 6o O exame da prestação de contas dos órgãos partidários tem caráter jurisdicional. (Incluído pela Lei nº 12.034, de 2009)
§ 7o (VETADO). (Incluído pela Lei nº 12.891, de 2013)
§ 8o (VETADO). (Incluído pela Lei nº 12.891, de 2013)
§ 9o O desconto no repasse de cotas resultante da aplicação da sanção a que se refere o caput será suspenso durante o segundo semestre do ano em que se realizarem as eleições. (Incluído pela Lei nº 13.165, de 2015)
§ 10. Os gastos com passagens aéreas serão comprovados mediante apresentação de fatura ou duplicata emitida por agência de viagem, quando for o caso, desde que informados os beneficiários, as datas e os itinerários, vedada a exigência de apresentação de qualquer outro documento para esse fim. (Incluído pela Lei nº 13.165, de 2015)
§ 11. Os órgãos partidários poderão apresentar documentos hábeis para esclarecer questionamentos da Justiça Eleitoral ou para sanear irregularidades a qualquer tempo, enquanto não transitada em julgado a decisão que julgar a prestação de contas. (Incluído pela Lei nº 13.165, de 2015)
§ 12. Erros formais ou materiais que no conjunto da prestação de contas não comprometam o conhecimento da origem das receitas e a destinação das despesas não acarretarão a desaprovação das contas. (Incluído pela Lei nº 13.165, de 2015)
§ 13. A responsabilização pessoal civil e criminal dos dirigentes partidários decorrente da desaprovação das contas partidárias e de atos ilícitos atribuídos ao partido político somente ocorrerá se verificada irregularidade grave e insanável resultante de conduta dolosa que importe enriquecimento ilícito e lesão ao patrimônio do partido. (Incluído pela Lei nº 13.165, de 2015)
§ 14. O instituto ou fundação de pesquisa e de doutrinação e educação política não será atingido pela sanção aplicada ao partido político em caso de desaprovação de suas contas, exceto se tiver diretamente dado causa à reprovação. (Incluído pela Lei nº 13.165, de 2015)
§ 15. As responsabilidades civil e criminal são subjetivas e, assim como eventuais dívidas já apuradas, recaem somente sobre o dirigente partidário responsável pelo órgão partidário à época do fato e não impedem que o órgão partidário receba recurso do fundo partidário. (Incluído pela Lei nº 13.831, de 2019)
Art. 37-A. A falta de prestação de contas implicará a suspensão de novas cotas do Fundo Partidário enquanto perdurar a inadimplência e sujeitará os responsáveis às penas da lei. (Incluído pela Lei nº 13.165, de 2015)

Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe TRE-SE - Prestação de Contas : PC 060020111 ARACAJU - SE

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SERGIPE ACÓRDAO PRESTAÇAO DE CONTAS - 0600201-11.2018.6.25.0000 - Aracaju - SERGIPE RELATOR: Juiz RAYMUNDO ALMEIDA NETO INTERESSADO(S): PARTIDO DA MOBILIZAÇAO NACIONAL…

Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte TRE-RN - PRESTAÇÃO DE CONTAS : PC 060019219 NATAL - RN

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO NORTE PRESTA��O DE CONTAS ANUAL (12377) n� 0600192-19.2020.6.20.0000 PROCED�NCIA: Natal/RN RELATORA: JU�ZA ADRIANA CAVALCANTI MAGALH�ES FAUSTINO FERREIRA…

Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe TRE-SE - Prestação de Contas : PC 060020111 ARACAJU - SE

PRESTAÇÃO DE CONTAS. PARTIDO POLÍTICO. EXERCÍCIO FINANCEIRO DE 2017. DOCUMENTOS ESSENCIAIS. AUSÊNCIA. FISCALIZAÇÃO CONTÁBIL. COMPROMETIMENTO. IRREGULARIDADE CONFIGURADA. DESAPROVAÇÃO. 1. Inobstante …

Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte TRE-RN - PRESTAÇÃO DE CONTAS : PC 060018794 NATAL - RN

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO NORTE PRESTAÇAO DE CONTAS ANUAL (12377) nº 0600187-94.2020.6.20.0000 PROCEDÊNCIA: Natal/RN RELATORA: JUÍZA ADRIANA CAVALCANTI MAGALHAES FAUSTINO FERREIRA…

Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco TRE-PE - RECURSO ELEITORAL : RE 060030485 FERREIROS - PE

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL RECURSO ELEITORAL (11548) - 0600304-85.2020.6.17.0027 - Ferreiros - PERNAMBUCO RELATOR: Desembargador CATIA LUCIENE LARANJEIRA DE SA RECORRENTE: COLIGAÇAO FERREIROS FELIZ…

Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso TRE-MT - Prestação de Contas : PC 60012829 CUIABÁ - MT

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE MATO GROSSO ACÓRDAO N° 28566 PRESTAÇAO DE CONTAS ANUAL (12377) - 0600128-29.2018.6.11.0000 - Cuiabá - MATO GROSSO REQUERENTE: SD - SOLIDARIEDADE - COMISSAO PROVISÓRIA…

Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte TRE-RN - PRESTAÇÃO DE CONTAS : PC 060016014 NATAL - RN

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO NORTE PRESTAÇAO DE CONTAS ANUAL (12377) nº 0600160-14.2020.6.20.0000 PROCEDÊNCIA: Natal/RN RELATORA: JUÍZA ADRIANA CAVALCANTI MAGALHAES FAUSTINO FERREIRA…

Tribunal Regional Eleitoral de Pará TRE-PA - Prestação de Contas : PC 060022023 BELÉM - PA

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO PARÁ ACÓRDAO Nº 31.862 PRESTAÇAO DE CONTAS (11531) - 0600220-23.2018.6.14.0000 - Belém - PARÁ. RELATORA: Juíza Luzimara Costa Moura. INTERESSADO:…

Tribunal Regional Eleitoral de Pará TRE-PA - Petição : PET 1116 BELÉM - PA

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO PARA ACÓRDAO Nº 31.822 PETIÇAO JUDICIAL Nº 11-16.2012.6.14.0000 - MUNICÍPIO DE BELÉM-PA. RELATOR: JUIZ ÁLVARO JOSÉ NORAT DE VASCONCELOS. REQUERENTE: PARTIDO TRABALHISTA…

Tribunal Regional Eleitoral de Pará TRE-PA - Petição : PET 1116 BELÉM - PA

PEDIDO DE REGULARIZAÇÃO DAS CONTAS ANUAL. EXERCÍCIO FINANCEIRO 2009. PARTIDO TRABALHISTA BRASILEIRO - PTB/PA. CONTAS JULGADAS "NÃO PRESTADAS". TRANSITADO EM JULGADO. SUSPENSÃO DO REPASSE DO FUNDO …