Art. 7 da Lei 9648/98

Lei nº 9.648 de 27 de Maio de 1998

Altera dispositivos das Leis no 3.890 -A, de 25 de abril de 1961, no 8.666, de 21 de junho de 1993, no 8.987, de 13 de fevereiro de 1995, no 9.074, de 7 de julho de 1995, no 9.427, de 26 de dezembro de 1996, e autoriza o Poder Executivo a promover a reestruturação da Centrais Elétricas Brasileiras - ELETROBRÁS e de suas subsidiárias e dá outras providências.
Art. 7o Em caso de alteração do regime de gerador hídrico de energia elétrica, de serviço público para produção independente, a nova concessão será outorgada a título oneroso, devendo o concessionário pagar pelo uso de bem público, pelo prazo de cinco anos, a contar da assinatura do respectivo contrato de concessão, valor correspondente a até 2,5% (dois inteiros e cinco décimos por cento) da receita anual que auferir.
§ 1o A ANEEL calculará e divulgará, com relação a cada produtor independente de que trata este artigo, o valor anual pelo uso de bem público.
§ 2o Até 31 de dezembro de 2002, os recursos arrecadados a título de pagamento pelo uso de bem público, de que trata este artigo, serão destinados de forma idêntica à prevista na legislação para os recursos da Reserva Global de Reversão - RGR, de que trata o art. 4o da Lei no 5.655, de 20 de maio de 1971, com a redação dada pelo art. 9o da Lei no 8.631, de 4 de março de 1993.
§ 3o Os produtores independentes de que trata este artigo depositarão, mensalmente, até o dia quinze do mês seguinte ao de competência, em agência do Banco do Brasil S/A, as parcelas duodecimais do valor anual devido pelo uso do bem público na conta corrente da Centrais Elétricas Brasileiras S/A - ELETROBRÁS - Uso de Bem Público - UBP.
§ 4o A ELETROBRÁS destinará os recursos da conta UBP conforme previsto no § 2o, devendo, ainda, proceder a sua correção periódica, de acordo com os índices de correção que forem indicados pela ANEEL e creditar a essa conta juros de 5% (cinco por cento) ao ano sobre o montante corrigido dos recursos. Os rendimentos dos recursos não utilizados reverterão, também, à conta UBP.
§ 5o Decorrido o prazo previsto no § 2o e enquanto não esgotado o prazo estipulado no caput, os produtores independentes de que trata este artigo recolherão diretamente ao Tesouro Nacional o valor anual devido pelo uso de bem público.
§ 6o Decorrido o prazo previsto no caput, caso ainda haja fluxos de energia comercializados nas condições de transição definidas no art. 10, a ANEEL procederá à revisão das tarifas relativas a esses fluxos, para que os consumidores finais, não abrangidos pelo disposto nos arts. 12, inciso III, 15 e 16 da Lei no 9.074, de 1995, sejam beneficiados pela redução do custo do produtor independente de que trata este artigo.
§ 7o O encargo previsto neste artigo não elide as obrigações de pagamento da taxa de fiscalização de que trata o art. 12 da Lei no 9.427, de 1996, nem da compensação financeira de que trata a Lei no 7.990, de 28 de dezembro de 1989.

Página 26 da Seção 1 do Diário Oficial da União (DOU) de 29 de Novembro de 2019

elétrica, com o pagamento de uso do bem público, nos termos estabelecidos no art. 7º da Lei 9.648 , de 27 de maio..., de 15 de fevereiro de 2019) LIMITES DE MOVIMENTAÇÃO E EMPENHO 27, art. 28 e a…

DECRETO Nº 10.135, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2019

elétrica, com o pagamento de uso do bem público, nos termos estabelecidos no art. 7º da Lei 9.648, de 27 de maio de 1998; V... nos art. 26, art. 27, art. 28 e art. 30 da Lei 9.074, de 7 de …

DECRETO Nº 10.135, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2019

elétrica, com o pagamento de uso do bem público, nos termos estabelecidos no art. 7º da Lei 9.648, de 27 de maio de 1998; V... nos art. 26, art. 27, art. 28 e art. 30 da Lei 9.074, de 7 de …

Página 1 da Seção 1 do Diário Oficial da União (DOU) de 26 de Janeiro de 2018

Sumário PÁGINA Atos do Poder Executivo..................................................................... 1 Presidência da…

DECRETO Nº 9.271, DE 25 DE JANEIRO DE 2018

Regulamenta a outorga de contrato de concessão no setor elétrico associada à privatização de titular de concessão de serviço público de geração de energia elétrica, nos termos da Lei nº 9.074, de 7…

Andamento do Processo n. 0000623-10.2010.5.04.0024 - AIRR - 13/12/2017 do TST

Processo Nº AIRR-0000623-10.2010.5.04.0024 Complemento Processo Eletrônico Relator Min. Guilherme Augusto Caputo Bastos Recorrente CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DO RIO GRANDE DO SUL - COREN/RS…

Página 819 da Judiciário do Tribunal Superior do Trabalho (TST) de 13 de Dezembro de 2017

PROCESSO ELETRÔNICO DJe-017 DIVULG 31-01-2017 PUBLIC 01-02-2017) Ante o exposto, confirmada a ordem de obstaculização do recurso de revista, com amparo no artigo 932, III e IV, "a", do CPC/2015, nego…

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO INTERNO NO RECURSO ESPECIAL : AgInt no REsp 1386592 BA 2013/0169760-8

Superior Tribunal de Justiça Revista Eletrônica de Jurisprudência Exportação de Auto Texto do Word para o Editor de Documentos do STJ AgInt no RECURSO ESPECIAL Nº 1.386.592 - BA (2013⁄0169760-8)…

Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região TRT-4 - Agravo De Petição : AP 00205986220165040006

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO Identificação PROCESSO nº 0020598-62.2016.5.04.0006 (AP) AGRAVANTE: CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DO RS…

Tribunal de Justiça do Paraná TJ-PR - Apelação : APL 15576035 PR 1557603-5 (Acórdão)

DECISÃO: Acordam os Desembargadores da 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, por unanimidade de votos, em negar provimento aos recursos. EMENTA: APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO CIVIL …
Termo/Assunto relacionado