Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
20 de outubro de 2017
Artigo 25 da Lei nº 9.605 de 12 de Fevereiro de 1998

Art. 25 da Lei de Crimes Ambientais - Lei 9605/98

Lei nº 9.605 de 12 de Fevereiro de 1998

Dispõe sobre as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente, e dá outras providências.

Art. 25. Verificada a infração, serão apreendidos seus produtos e instrumentos, lavrando-se os respectivos autos.

§ 1º Os animais serão libertados em seu habitat ou entregues a jardins zoológicos, fundações ou entidades assemelhadas, desde que fiquem sob a responsabilidade de técnicos habilitados.

§ 1o Os animais serão prioritariamente libertados em seu habitat ou, sendo tal medida inviável ou não recomendável por questões sanitárias, entregues a jardins zoológicos, fundações ou entidades assemelhadas, para guarda e cuidados sob a responsabilidade de técnicos habilitados. (Redação dada pela Lei nº 13.052, de 2014)

§ 2º Tratando-se de produtos perecíveis ou madeiras, serão estes avaliados e doados a instituições científicas, hospitalares, penais e outras com fins beneficentes. (Vide Medida provisória nº 62, de 2002)

§ 2o Tratando-se de produtos perecíveis, serão estes avaliados e doados a instituições científicas, hospitalares, penais e outras com fins beneficentes.

(Redação dada pela Medida provisória nº 62, de 2002)

Prejudicada

§ 2º Tratando-se de produtos perecíveis ou madeiras, serão estes avaliados e doados a instituições científicas, hospitalares, penais e outras com fins beneficentes. (Vide Medida provisória nº 62, de 2002)

§ 2o Até que os animais sejam entregues às instituições mencionadas no § 1o deste artigo, o órgão autuante zelará para que eles sejam mantidos em condições adequadas de acondicionamento e transporte que garantam o seu bem-estar físico. (Redação dada pela Lei nº 13.052, de 2014)

§ 3º Os produtos e subprodutos da fauna não perecíveis serão destruídos ou doados a instituições científicas, culturais ou educacionais.

§ 4º Os instrumentos utilizados na prática da infração serão vendidos, garantida a sua descaracterização por meio da reciclagem.

§ 5o Tratando-se de madeiras, serão levadas a leilão, e o valor arrecadado, revertido ao órgão ambiental responsável por sua apreensão.

(Incluído pela Medida provisória nº 62, de 2002)

Prejudicada

AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AREsp 1166539 RO 2017/0226354-4

AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 1.166.539 - RO (2017/0226354-4) RELATORA : MINISTRA ASSUSETE MAGALHAES AGRAVANTE : INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS - IBAMA AGRAVADO : INDUSTRIA E COMERCIO DE MADEIRAS TOP LTDA ADVOGADOS : ALLAN PEREIRA GUIMARAES - RO001046 MAGUIS UMBERTO CORREIA - R...

Pg. 364. Caderno Judicial - TRF1. Tribunal Regional Federal da 1ª Região TRF-1 de 19/10/2017

4. Inexiste, pois, contradição entre a fundamentação do acórdão e seu dispositivo. 5. Conforme já decidiu este Tribunal, "os embargos de declaração só devem ser acolhidos quando a decisão for omissa

RECURSO ESPECIAL: REsp 1659109 RO 2016/0266866-1

RECURSO ESPECIAL Nº 1.659.109 - RO (2016/0266866-1) RECORRENTE : INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS - IBAMA RECORRIDO : JUVENAL DE CARVALHO - ME ADVOGADOS : PAULO CEZAR R DE ARAUJO - RO003182 DANIEL RODRIGUES DE ARAÚJO E OUTRO(S) - RO004101 DECISAO JUVENAL DE CARVALHO impetrou mand...

Pg. 36. Diário de Justiça do Estado de Rondônia DJRO de 16/10/2017

discriminada, os gastos com os materiais imobilizáveis fornecidos e empregados na prestação do serviço tributável, apenas fazendo constar em suas notas fiscais o percentual do suposto gasto ou o

Pg. 37. Diário de Justiça do Estado de Rondônia DJRO de 16/10/2017

É o relatório. Decido. Defiro a gratuidade judiciária. Os fatos trazidos à colação não recomendam o deferimento de liminar, considerando, para tanto, que os bens serviram de instrumento para prática

Andamento do Processo n. 00064770820138140070 - 11/10/2017 do TJPA

PROCESSO: 00064770820138140070 PROCESSO ANTIGO: ---- MAGISTRADO (A)/RELATOR (A)/SERVENTUÁRIO (A): CARLA SODRE DA MOTA DESSIMONI Ação: Termo Circunstanciado em: 04/10/2017 ACUSADO:RAFAEL PEREIRA

Pg. 631. Diário de Justiça do Estado do Pará DJPA de 11/10/2017

sanção, abstratamente previsto. II. É imprópria a decisão que confirma a extinção da punibilidade decretada com base em pena em perspectiva. Precedentes. III. Deve ser cassado o acórdão recorrido

RECURSO ESPECIAL: REsp 1459765 CE 2014/0139783-0

RECURSO ESPECIAL Nº 1.459.765 - CE (2014/0139783-0) RELATOR : MINISTRO BENEDITO GONÇALVES RECORRENTE : INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS - IBAMA ADVOGADO : PROCURADORIA-GERAL FEDERAL - PGF - PR000000F RECORRIDO : ALAIN DENIS GERVASI ADVOGADO : PEDRO PAULO SILVA DE OLIVEIRA - CE023...

RECURSO ESPECIAL: REsp 1343622 PR 2012/0191625-2

RECURSO ESPECIAL Nº 1.343.622 - PR (2012/0191625-2) RELATOR : MINISTRO BENEDITO GONÇALVES RECORRENTE : INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS - IBAMA PROCURADOR : CARLOS DOS SANTOS DOYLE E OUTRO(S) - RS032286 RECORRIDO : JUVENAL VIEIRA DE BASTOS ADVOGADO : GIOVANI ANDREOLI - PR027408 P...

AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AREsp 1102085 RO 2017/0112647-2

AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 1.102.085 - RO (2017/0112647-2) RELATOR : MINISTRO NAPOLEAO NUNES MAIA FILHO AGRAVANTE : INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS - IBAMA AGRAVADO : ORNIL MADEIRAS LTDA - EPP ADVOGADO : IRACEMA MARTENDAL CERUTTI E OUTRO(S) - RO002972 DECISAO PROCESSUAL CIVIL...

×