Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
26 de julho de 2017
Artigo 48 da Lei nº 8.213 de 24 de Julho de 1991

Art. 48 da Lei de Benefícios da Previdência Social - Lei 8213/91

LBPS - Lei nº 8.213 de 24 de Julho de 1991

Dispõe sobre os Planos de Benefícios da Previdência Social e dá outras providências.

Subseção II

Da Aposentadoria por Idade

Art. 48. A aposentadoria por idade será devida ao segurado que, cumprida a carência exigida nesta Lei, completar 65 (sessenta e cinco) anos de idade, se homem, e 60 (sessenta), se mulher. (Redação dada pela Lei nº 9.032, de 1995)

§ 1º Os limites fixados no caput são reduzidos para 60 (sessenta) e 55 (cinqüenta e cinco) anos no caso dos que exercem atividades rurais, exceto os empresários, respectivamente homens e mulheres, referidos na alínea a dos incisos I e IV e nos incisos VI e VII do art. 11 desta lei. (Incluído pela Lei nº 9.032, de 1995)

§ 1o Os limites fixados no caput são reduzidos para sessenta e cinqüenta e cinco anos no caso de trabalhadores rurais, respectivamente homens e mulheres, referidos na alínea a do inciso I, na alínea g do inciso V e nos incisos VI e VII do art. 11. (Redação Dada pela Lei nº 9.876, de 26.11.99)

§ 2º Para os efeitos do disposto no parágrafo anterior, o trabalhador rural deve comprovar o efetivo exercício de atividade rural, ainda que de forma descontínua, no período imediatamente anterior ao requerimento do benefício, por tempo igual ao número de meses de contribuição correspondente à carência do benefício pretendido. (Incluído pela Lei nº 9.032, de 1995)

§ 2o Para os efeitos do disposto no § 1o deste artigo, o trabalhador rural deve comprovar o efetivo exercício de atividade rural, ainda que de forma descontínua, no período imediatamente anterior ao requerimento do benefício, por tempo igual ao número de meses de contribuição correspondente à carência do benefício pretendido, computado o período a que se referem os incisos III a VIII do § 9o do art. 11 desta Lei. (Redação dada pela Lei nº 11,718, de 2008)

§ 3o Os trabalhadores rurais de que trata o § 1o deste artigo que não atendam ao disposto no § 2o deste artigo, mas que satisfaçam essa condição, se forem considerados períodos de contribuição sob outras categorias do segurado, farão jus ao benefício ao completarem 65 (sessenta e cinco) anos de idade, se homem, e 60 (sessenta) anos, se mulher. (Incluído pela Lei nº 11,718, de 2008)

§ 4o Para efeito do § 3o deste artigo, o cálculo da renda mensal do benefício será apurado de acordo com o disposto no inciso II do caput do art. 29 desta Lei, considerando-se como salário-de-contribuição mensal do período como segurado especial o limite mínimo de salário-de-contribuição da Previdência Social. (Incluído pela Lei nº 11,718, de 2008)

Andamento do Processo n. 99-91.2009.8.10.0036 - Procedimento Ordinário - 26/07/2017 do TJMA

Processo nº : 99-91.2009.8.10.0036 (992009) Ação : Procedimento Ordinário Requerente : ALDEISA GOMES DA SILVA Advogado : GIOVANI ROMA MISSONI, OAB/MA, nº. 11.126, JEAN FABIO MATSUYAMA, OAB/MA, nº.

Pg. 827. Diário de Justiça do Estado do Maranhão DJMA de 26/07/2017

dever de conceder benefícios de ofício, dependendo para tanto, da postulação ativa do interessado para que fique caracterizado o interesse de agir. Dessa forma, nos moldes da decisão de fls. 193/194,

Andamento do Processo n. 0002501-37.2017.4.03.6328 - 25/07/2017 do TRF-3

0002501-37.2017.4.03.6328 - 1ª VARA GABINETE - DECISÃO JEF Nr. 2017/6328008210 AUTOR: CREUSA DEOCLECIANO DA SILVA (SP194164 - ANA MARIA RAMIRES LIMA) RÉU: INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL -

Andamento do Processo n. 0001597-95.2017.4.02.5050 - 25/07/2017 do TRF-2

FICAM INTIMADAS AS PARTES E SEUS ADVOGADOS DAS SENTENÇAS/DECISÕES/DESPACHOS NOS AUTOS ABAIXO RELACIONADOS PROFERIDOS PELO MM. JUIZ FEDERAL MARCELO DA ROCHA ROSADO 51002 - JUIZADO/PREVIDENCIÁRIA 11 -

Andamento do Processo n. 1000298-20.2015.5.02.0502 - RO - 25/07/2017 do TRT-2

Processo Nº RO-1000298-20.2015.5.02.0502 Relator SIDNEI ALVES TEIXEIRA RECORRENTE NOVARTIS BIOCIENCIAS SA ADVOGADO ROBERTO TRIGUEIRO FONTES(OAB: 244463-A/SP) RECORRENTE GIUMA GOLVEIA DA SILVA

Pg. 2785. Judicial - 1ª Instância - Interior - Parte II. Diário de Justiça do Estado de São Paulo DJSP de 25/07/2017

CONEGUNDES XAVIER MEDEIROS (OAB 353481/SP) Processo 1004911-29.2016.8.26.0438 - Procedimento Comum - Anulação de Débito Fiscal - Priscila Gomes dos Santos -Fazenda do Estado de São Paulo - Diante do

Pg. 2858. Judicial - 1ª Instância - Interior - Parte II. Diário de Justiça do Estado de São Paulo DJSP de 25/07/2017

Processo 1000192-52.2017.8.26.0443 - Procedimento Comum - Salário-Maternidade (Art. 71/73) - Geisy Cristina Rosa Sant’ana da Costa - Instituto Nacional do Seguro Social - Inss - 1- Pags. 47/50:

Pg. 2619. Judicial - 1ª Instância - Interior - Parte III. Diário de Justiça do Estado de São Paulo DJSP de 25/07/2017

Alegou, em síntese, que sempre exerceu atividade de natureza rural, na qualidade de produtor rural em regime de economia familiar ser trabalhador rural. Sustentou ter atingido a idade necessária à

Pg. 152. Judicial I - Interior SP e MS. Tribunal Regional Federal da 3ª Região TRF-3 de 25/07/2017

Compulsando os autos verifico não ser caso de extinção do feito emrazão da ausência de quaisquer das hipóteses elencadas nos artigos 485 e 487, incisos I e II, do Código de Processo Civil (artigo 354

Pg. 417. Judicial I - JEF. Tribunal Regional Federal da 3ª Região TRF-3 de 25/07/2017

trabalhador laborou em condições adversas e a lei da época permitia a contagem de forma mais vantajosa, o tempo de serviço assim deve ser contado. 3. A ausência do enquadramento da atividade

×