Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
21 de setembro de 2017
Artigo 5 do Decreto Lei nº 200 de 25 de Fevereiro de 1967

Art. 5 do Decreto Lei 200/67

Decreto Lei nº 200 de 25 de Fevereiro de 1967

Art. 5º Para os fins desta lei, considera-se:

I - Autarquia - o serviço autônomo, criado por lei, com personalidade jurídica, patrimônio e receita próprios, para executar atividades típicas da Administração Pública, que requeiram, para seu melhor funcionamento, gestão administrativa e financeira descentralizada.

II - Emprêsa Pública - a entidade dotada de personalidade jurídica de direito privado, com patrimônio próprio e capital exclusivo da União ou de suas entidades da Administração Indireta, criada por lei para desempenhar atividades de natureza empresarial que o Govêrno seja levado a exercer, por motivos de conveniência ou contingência administrativa, podendo tal entidade revestir-se de qualquer das formas admitidas em direito.

III - Sociedade de Economia Mista - a entidade dotada de personalidade jurídica de direito privado, criada por lei para o exercício de atividade de natureza mercantil, sob a forma de sociedade anônima, cujas ações com direito a voto pertençam, em sua maioria, à União ou à entidade da Administração Indireta.

II - Emprêsa Pública - a entidade dotada de personalidade jurídica de direito privado, com patrimônio próprio e capital exclusivo da União, criado por lei para a exploração de atividade econômica que o Govêrno seja levado a exercer por fôrça de contingência ou de conveniência administrativa podendo revestir-se de qualquer das formas admitidas em direito. (Redação dada pelo Decreto-Lei nº 900, de 1969)

III - Sociedade de Economia Mista - a entidade dotada de personalidade jurídica de direito privado, criada por lei para a exploração de atividade econômica, sob a forma de sociedade anônima, cujas ações com direito a voto pertençam em sua maioria à União ou a entidade da Administração Indireta. (Redação dada pelo Decreto-Lei nº 900, de 1969)

IV - Fundação Pública - a entidade dotada de personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, criada em virtude de autorização legislativa, para o desenvolvimento de atividades que não exijam execução por órgãos ou entidades de direito público, com autonomia administrativa, patrimônio próprio gerido pelos respectivos órgãos de direção, e funcionamento custeado por recursos da União e de outras fontes. (Incluído pela Lei nº 7.596, de 1987)

§ 1º No caso do inciso III, quando a atividade fôr submetida a regime de monopólio estatal, a maioria acionária caberá apenas à União, em caráter permanente.

§ 2º O Poder Executivo enquadrará as entidades da Administração Indireta existentes nas categorias constantes dêste artigo.

§ 3º As entidades de que trata o inciso IV deste artigo adquirem personalidade jurídica com a inscrição da escritura pública de sua constituição no Registro Civil de Pessoas Jurídicas, não se lhes aplicando as demais disposições do Código Civil concernentes às fundações. (Incluído pela Lei nº 7.596, de 1987)

Revisão de Direito Administrativo I

REVISÃO DE DIREITO ADMINISTRATIVO I - 1º Bimestre. Administração Pública "A Administração Pública é poder de gestão do Estado sendo típica do Poder Executivo e quando este é executado no Poder

Pg. 588. Diário de Justiça do Estado do Pará DJPA de 20/09/2017

Jansen Castro e Lúcio Paulo Fernandes Soares, respectivamente, abatendo-se os valores já pagos na data de 07/05/2007. A liquidação deverá considerar o cálculo de juros de mora desde a data da citação

Pg. 589. Diário de Justiça do Estado do Pará DJPA de 20/09/2017

¿As Sociedades de Economia Mista não dispõe de foro privativo para a tramitação e julgame nto de seus feitos¿ e, estando o Banco do Estado do Pará inserido neste conceito a competência recai sobre o

Inteiro Teor. AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA: AIRR 10003017020145020320

Agravante: TEREZINHA CICONE DOS SANTOS Advogado :Dr. Wagner de Souza Santiago Agravante: FUNDAÇAO PARA O REMÉDIO POPULAR - FURP Advogado :Dr. Marcelo Kanitz Advogado :Dr. Cássio de Mesquita Barros

Pg. 511. Judiciário. Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região TRT-2 de 19/09/2017

Juiz(a) do Trabalho Substituto(a) Sentença Processo Nº RTOrd-1000628-68.2016.5.02.0021 RECLAMANTE SANDRA ROSENI DOS SANTOS ADVOGADO VICTOR MARTINS LEAL(OAB: 306555/SP) RECLAMADO ESTADO DE SAO PAULO

Inteiro Teor. : 246833920165240005

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 24ª REGIAO Identificação PROCESSO nº 0024683-39.2016.5.24.0005 (RO) A C Ó R D A O 1ª TURMA Relator : Des. ANDRÉ LUÍS MORAES DE

Inteiro Teor. : 1682120165200014

Jurisprudência PJe - TRT da 20ª região PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 20ª REGIAO Identificação ACÓRDAO AÇAO/RECURSO: AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO ORDINÁRIO

Andamento do Processo n. 56032-54.2014.4.01.3400 - Cumprimento de Sentenca - 15/09/2017 do TRF-1

Numeração única: 56032-54.2014.4.01.3400 56032-54.2014.4.01.3400 CUMPRIMENTO DE SENTENCA EXQTE : LORENA CARVALHO SILVA ADVOGADO : DF00035105 - SERGIO DE BRITO YANAGUI ADVOGADO : DF00016252 - DANIEL

Andamento do Processo n. 0003145-68.2016.5.22.0001 - RO - 15/09/2017 do TRT-22

Processo Nº RO-0003145-68.2016.5.22.0001 Relator ARNALDO BOSON PAES RECORRENTE EMPRESA BRASILEIRA DE INFRAESTRUTURA AEROPORTUARIA ADVOGADO ALEXANDRE DE CASTRO NOGUEIRA(OAB: 3941/PI) RECORRIDO CARLYLE

Andamento do Processo n. 0003145-68.2016.5.22.0001 - RO - 15/09/2017 do TRT-22

Processo Nº RO-0003145-68.2016.5.22.0001 Relator ARNALDO BOSON PAES RECORRENTE EMPRESA BRASILEIRA DE INFRAESTRUTURA AEROPORTUARIA ADVOGADO ALEXANDRE DE CASTRO NOGUEIRA(OAB: 3941/PI) RECORRIDO CARLYLE

×