Art. 20 da Lei da Assistência Social - Lei 8742/93

LAS - Lei nº 8.742 de 07 de Dezembro de 1993

Dispõe sobre a organização da Assistência Social e dá outras providências.
Art. 20. O benefício de prestação continuada é a garantia de um salário-mínimo mensal à pessoa com deficiência e ao idoso com 65 (sessenta e cinco) anos ou mais que comprovem não possuir meios de prover a própria manutenção nem de tê-la provida por sua família. (Redação dada pela Lei nº 12.435, de 2011) (Vide Medida Provisória nº 871, de 2019) (Vigência)
§ 1o Para os efeitos do disposto no caput, a família é composta pelo requerente, o cônjuge ou companheiro, os pais e, na ausência de um deles, a madrasta ou o padrasto, os irmãos solteiros, os filhos e enteados solteiros e os menores tutelados, desde que vivam sob o mesmo teto. (Redação dada pela Lei nº 12.435, de 2011)
§ 2o Para efeito de concessão deste benefício, considera-se: (Redação dada pela Lei nº 12.435, de 2011)
(Revogado)
I - pessoa com deficiência: aquela que tem impedimentos de longo prazo de natureza física, intelectual ou sensorial, os quais, em interação com diversas barreiras, podem obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade com as demais pessoas; (Redação dada pela Lei nº 12.435, de 2011)
II - impedimentos de longo prazo: aqueles que incapacitam a pessoa com deficiência para a vida independente e para o trabalho pelo prazo mínimo de 2 (dois) anos. (Redação dada pela Lei nº 12.435, de 2011)
§ 2o Para efeito de concessão deste benefício, considera-se pessoa com deficiência aquela que tem impedimentos de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, os quais, em interação com diversas barreiras, podem obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com as demais pessoas. (Redação dada pela Lei nº 12.470, de 2011)
§ 2o Para efeito de concessão do benefício de prestação continuada, considera-se pessoa com deficiência aquela que tem impedimento de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, o qual, em interação com uma ou mais barreiras, pode obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com as demais pessoas. (Redação dada pela Lei nº 13.146, de 2015) (Vigência)
§ 3o Considera-se incapaz de prover a manutenção da pessoa com deficiência ou idosa a família cuja renda mensal per capita seja inferior a 1/4 (um quarto) do salário-mínimo. (Redação dada pela Lei nº 12.435, de 2011)
§ 4o O benefício de que trata este artigo não pode ser acumulado pelo beneficiário com qualquer outro no âmbito da seguridade social ou de outro regime, salvo os da assistência médica e da pensão especial de natureza indenizatória. (Redação dada pela Lei nº 12.435, de 2011)
§ 5o A condição de acolhimento em instituições de longa permanência não prejudica o direito do idoso ou da pessoa com deficiência ao benefício de prestação continuada. (Redação dada pela Lei nº 12.435, de 2011)
§ 6o A concessão do benefício ficará sujeita à avaliação da deficiência e do grau de incapacidade, composta por avaliação médica e avaliação social realizadas por médicos peritos e por assistentes sociais do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). (Redação dada pela Lei nº 12.435, de 2011)
(Revogado)
§ 6º A concessão do benefício ficará sujeita à avaliação da deficiência e do grau de impedimento de que trata o § 2o, composta por avaliação médica e avaliação social realizadas por médicos peritos e por assistentes sociais do Instituto Nacional de Seguro Social - INSS. (Redação dada pela Lei nº 12.470, de 2011)
§ 7o Na hipótese de não existirem serviços no município de residência do beneficiário, fica assegurado, na forma prevista em regulamento, o seu encaminhamento ao município mais próximo que contar com tal estrutura. (Incluído pela Lei nº 9.720, de 1998)
§ 8o A renda familiar mensal a que se refere o § 3o deverá ser declarada pelo requerente ou seu representante legal, sujeitando-se aos demais procedimentos previstos no regulamento para o deferimento do pedido. (Incluído pela Lei nº 9.720, de 1998)
§ 9º A remuneração da pessoa com deficiência na condição de aprendiz não será considerada para fins do cálculo a que se refere o § 3o deste artigo. (Incluído pela Lei nº 12.470, de 2011)
§ 9o Os rendimentos decorrentes de estágio supervisionado e de aprendizagem não serão computados para os fins de cálculo da renda familiar per capita a que se refere o § 3o deste artigo. (Redação dada pela Lei nº 13.146, de 2015) (Vigência)
§ 10. Considera-se impedimento de longo prazo, para os fins do § 2o deste artigo, aquele que produza efeitos pelo prazo mínimo de 2 (dois) anos. (Incluído pela Lei nº 12.470, de 2011)
§ 11. Para concessão do benefício de que trata o caput deste artigo, poderão ser utilizados outros elementos probatórios da condição de miserabilidade do grupo familiar e da situação de vulnerabilidade, conforme regulamento. (Incluído pela Lei nº 13.146, de 2015) (Vigência)
§ 12. São requisitos para a concessão, a manutenção e a revisão do benefício as inscrições no Cadastro de Pessoas Físicas - CPF e no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal - Cadastro Único, conforme previsto em regulamento. (Incluído pela Medida Provisória nº 871, de 2019)
(Revogado)
§ 12. São requisitos para a concessão, a manutenção e a revisão do benefício as inscrições no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal - Cadastro Único, conforme previsto em regulamento. (Incluído pela Lei nº 13.846, de 2019)
§ 13. O requerimento, a concessão e a revisão do benefício ficam condicionados à autorização do requerente para acesso aos seus dados bancários, nos termos do disposto no inciso V do § 3º do art. 1º da Lei Complementar nº 105, de 10 de janeiro de 2001 (Redação dada pela Medida Provisória nº 871, de 2019) (Vigência)
(Revogado)

Andamento do Processo n. 5000361-45.2019.4.02.5117 - Procedimento do Juizado Especial Cível - 23/08/2019 do TRF-2

PROCEDIMENTO DO JUIZADO ESPECIAL CÍVEL Nº 5000361-45.2019.4.02.5117/RJ MAGISTRADO(A): MARINA SILVA FONSECA AUTOR: ANTONIA DA CONCEICAO SOARES PEREIRA ADVOGADO: RJ115376 - ANA MARIA ATHAYDE NOGUEIRA...

Andamento do Processo n. 5006888-10.2019.4.02.5118 - Procedimento do Juizado Especial Cível - 23/08/2019 do TRF-2

PROCEDIMENTO DO JUIZADO ESPECIAL CÍVEL Nº 5006888-10.2019.4.02.5118/RJ MAGISTRADO(A): MARIA DE LOURDES COUTINHO TAVARES AUTOR: CARMEM LUCIA JANUARIO ALVES ADVOGADO: RJ147247 - LEONARDO DOS SANTOS...

Andamento do Processo n. 5000900-42.2018.4.02.5118 - Procedimento do Juizado Especial Cível - 23/08/2019 do TRF-2

PROCEDIMENTO DO JUIZADO ESPECIAL CÍVEL Nº 5000900-42.2018.4.02.5118/RJ MAGISTRADO(A): FREDERICO ROMANIELLO TELES BAETA ZEBRAL AUTOR: VANTUIL GERALDO ALVES ADVOGADO: RJ105264 - MARIA DAS GRACAS...

Andamento do Processo n. 1000737-93.2019.8.26.0624 - Procedimento Comum Cível - 23/08/2019 do TJSP

Processo 1000737-93.2019.8.26.0624 - Procedimento Comum Cível - Benefício Assistencial (Art. 203,V CF/88) - Bruna Carla Cordeiro de Sousa - Vistos. BRUNA CARLA CORDEIRO DE SOUSA, qualificada nos...

Andamento do Processo n. 5667659-76.2019.4.03.9999 - Apelação Cível - 23/08/2019 do TRF-3

APELAÇÃO CÍVEL(198) Nº 5667659-76.2019.4.03.9999 RELATOR:Gab. 31 - DES. FED. DALDICE SANTANA APELANTE:INSTITUTO NACIONALDO SEGURO SOCIAL- INSS APELADO:N. V. D. M. REPRESENTANTE:FATIMA SELMA DOS...

Andamento do Processo n. 5074914-71.2018.4.03.9999 - Reexame Necessário - 23/08/2019 do TRF-3

REEXAME NECESSÁRIO (199) Nº 5074914-71.2018.4.03.9999 RELATOR:Gab. 34 - DES. FED. BAPTISTA PEREIRA JUÍZO RECORRENTE:CELSO MATHIAS, COMARCA DE ROSEIRA/SP - 1ª VARA Advogado do(a) JUÍZO RECORRENTE:IVAN...

Andamento do Processo n. 5075556-44.2018.4.03.9999 - Apelação Cível - 23/08/2019 do TRF-3

APELAÇÃO CÍVEL(198) Nº 5075556-44.2018.4.03.9999 RELATOR:Gab. 34 - DES. FED. BAPTISTA PEREIRA APELANTE:INSTITUTO NACIONALDO SEGURO SOCIAL- INSS APELADO:HEDELY DIAS PIRES Advogado...

Andamento do Processo n. 5000005-24.2019.4.03.9999 - Apelação Cível - 23/08/2019 do TRF-3

APELAÇÃO CÍVEL(198) Nº 5000005-24.2019.4.03.9999 RELATOR:Gab. 34 - DES. FED. BAPTISTA PEREIRA APELANTE:NERCI REZENDE DE LIMA Advogado do(a)APELANTE:CRISTIANE DE LIMA VARGAS - MS7355-...

Andamento do Processo n. 0011300-03.2006.4.03.9999 - Apelação Cível - 23/08/2019 do TRF-3

(APELAÇÃO CÍVEL Nº 0011300-03.2006.4.03.9999/SP, Proc. 2006.03.99.011300-0/SP, Rel. Desembargador Federal David Dantas, 8ª Turma, D.E. 21/03/2016); e "AGRAVO LEGAL. APELAÇÃO CÍVEL. BENEFÍCIO...

Andamento do Processo n. 5045918-63.2018.4.03.9999 - Apelação Cível - 23/08/2019 do TRF-3

APELAÇÃO CÍVEL(198) Nº 5045918-63.2018.4.03.9999 RELATOR:Gab. 34 - DES. FED. BAPTISTA PEREIRA APELANTE:LETICIA PEDRO CARDOSO ALVES Advogado do(a)APELANTE:TIAGO AMBROSIO ALVES - SP194322-N...