Artigo 20 da Lei nº 8.213 de 24 de Julho de 1991

LBPS - Lei nº 8.213 de 24 de Julho de 1991

Dispõe sobre os Planos de Benefícios da Previdência Social e dá outras providências.
Art. 20. Consideram-se acidente do trabalho, nos termos do artigo anterior, as seguintes entidades mórbidas:
I - doença profissional, assim entendida a produzida ou desencadeada pelo exercício do trabalho peculiar a determinada atividade e constante da respectiva relação elaborada pelo Ministério do Trabalho e da Previdência Social;
II - doença do trabalho, assim entendida a adquirida ou desencadeada em função de condições especiais em que o trabalho é realizado e com ele se relacione diretamente, constante da relação mencionada no inciso I.
§ 1º Não são consideradas como doença do trabalho:
a) a doença degenerativa;
b) a inerente a grupo etário;
c) a que não produza incapacidade laborativa;
d) a doença endêmica adquirida por segurado habitante de região em que ela se desenvolva, salvo comprovação de que é resultante de exposição ou contato direto determinado pela natureza do trabalho.
§ 2º Em caso excepcional, constatando-se que a doença não incluída na relação prevista nos incisos I e II deste artigo resultou das condições especiais em que o trabalho é executado e com ele se relaciona diretamente, a Previdência Social deve considerá-la acidente do trabalho.

Acidente de Trabalho: Entendendo suas Implicações e Ampliações Legais

O conceito de acidente de trabalho é uma preocupação constante tanto para empregadores quanto para trabalhadores, pois abrange não apenas os eventos traumáticos súbitos, mas também as doenças…
1
0

Nexo Concausal no Acidente Laboral e a dinâmica de sua negativa no todo ou em parte em âmbito judicial

NEXO CONCAUSAL NO ACIDENTE LABORAL E A DINÂMICA DE SUA NEGATIVA NO TODO OU EM PARTE EM ÂMBITO JUDICIAL CONCAUSAL NEXUS IN WORK ACCIDENT AND THE DYNAMICS OF ITS NEGATIVE IN WHOLE OR IN PART IN THE…
2
0

Nexo concausal no acidente laboral e a dinâmica de sua negativa no todo ou em parte em âmbito judicial

Marcelo Rodrigues da Costa [1] Resenha da obra: DA COSTA, Marcelo Rodrigues. Nexo Concausal no acidente laboral e a dinâmica de sua negativa no todo ou em parte em âmbito judicial. Descomplica…
1
0
Vinicius Cursino, Advogado
mês passado

Tudo que os Advogados Precisam Saber sobre Burnout: Aspectos Jurídicos, Reconhecimento como Doença Ocupacional e Mudanças na CID 11

O Burnout, reconhecido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como uma síndrome ocupacional, representa um fenômeno complexo que resulta da exposição prolongada ao estresse no ambiente de trabalho.
2
0
Marco Viola, Advogado
mês passado

Conheça os direitos do trabalhador com doença ocupacional

Você sabe o que é o doença ocupacional? E quais são os direitos para o trabalhador e os deveres do empregador quando acontece com o trabalhador de sofrer doença ocupacional? Para saber mais confira…
1
0

Manifestação tardia dos sintomas de silicose: Um estudo de caso sobre a (im)possibilidade de cumulação da aposentadoria com o benefício de auxílio-acidente para trabalhadores portadores de silicose

1 INTRODUÇÃO O presente trabalho busca discutir se a possibilidade ou não da cumulação da aposentadoria com o benefício de auxílio-acidente para os trabalhadores portadores de silicose, nos casos em…
1
0

Síndrome de Burnout: uma doença relacionada ao trabalho

Segundo a ANAMT (Associação Nacional de Medicina do Trabalho) mais de 30 milhões de trabalhadores são atingidos pelo síndrome de burnout. Se você estiver apresentando alguns destes sintomas, tais…
1
0

Síndrome de Burnout: uma doença relacionada ao trabalho

Se você está apresentando alguns destes sintomas, tais como: esgotamento físico e mental, falta de atenção e de concentração, lapsos de memória, irritação frequente e desinteresse pelo trabalho.
1
0

Depressão como Doença Ocupacional

DEPRESSÃO: CONCEITO, CAUSAS e SINTOMAS Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) a depressão é um transtorno mental que atinge em torno de 5% dos adultos, sendo que nos próximos vinte anos será a…
1
0

Vantagens de se configurar o auxílio por incapacidade temporária como acidentário

 Para os benefícios de auxílio por incapacidade é necessário ter carência para poder receber o benefício. O art. 24 da Lei 8.213/1991 define o que é carência: Art. 24. Período de carência é o número…
1
0