Carregando...
Jusbrasil - Tópicos
23 de julho de 2017
Artigo 17 da Lei nº 8.213 de 24 de Julho de 1991

Art. 17 da Lei de Benefícios da Previdência Social - Lei 8213/91

LBPS - Lei nº 8.213 de 24 de Julho de 1991

Dispõe sobre os Planos de Benefícios da Previdência Social e dá outras providências.

Art. 17. O Regulamento disciplinará a forma de inscrição do segurado e dos dependentes.

§ 1º Incumbe ao segurado a inscrição de seus dependentes, que poderão promovê-la se ele falecer sem tê-la efetivado .

§ 1o Incumbe ao dependente promover a sua inscrição quando do requerimento do benefício a que estiver habilitado. (Redação dada pela Lei nº 10.403, de 8.1.2002)

§ 2º O cancelamento da inscrição do cônjuge se processa em face de separação judicial ou divórcio sem direito a alimentos, certidão de anulação de casamento, certidão de óbito ou sentença judicial, transitada em julgado.

(Revogado pela Medida Provisória nº 664, de 2014) (Revogado pela Lei nº 13.135, de 2015)

§ 3º A Previdência Social poderá emitir identificação específica, para os segurados referidos nos incisos III, IV, V, VI e VII do art. 11 e no art. 13 desta Lei, para produzir efeitos exclusivamente perante ela, inclusive com a finalidade de provar a filiação . (Revogado pela Lei nº 11.718, de 2008)

§ 4o A inscrição do segurado especial será feita de forma a vinculá-lo ao seu respectivo grupo familiar e conterá, além das informações pessoais, a identificação da propriedade em que desenvolve a atividade e a que título, se nela reside ou o Município onde reside e, quando for o caso, a identificação e inscrição da pessoa responsável pela unidade familiar. (Incluído Lei nº 11.718, de 2008)

§ 4o A inscrição do segurado especial será feita de forma a vinculá-lo ao seu respectivo grupo familiar e conterá, além das informações pessoais, a identificação da propriedade em que desenvolve a atividade e a que título, se nela reside ou o Município onde reside e, quando for o caso, a identificação e inscrição da pessoa responsável pelo grupo familiar.

(Redação dada pela Medida Provisória nº 619, de 2013)

§ 4o A inscrição do segurado especial será feita de forma a vinculá-lo ao respectivo grupo familiar e conterá, além das informações pessoais, a identificação da propriedade em que desenvolve a atividade e a que título, se nela reside ou o Município onde reside e, quando for o caso, a identificação e inscrição da pessoa responsável pelo grupo familiar. (Redação dada pela Lei nº 12.873, de 2013)

§ 5o O segurado especial integrante de grupo familiar que não seja proprietário ou dono do imóvel rural em que desenvolve sua atividade deverá informar, no ato da inscrição, conforme o caso, o nome do parceiro ou meeiro outorgante, arrendador, comodante ou assemelhado. (Incluído Lei nº 11.718, de 2008)

§ 6o Simultaneamente com a inscrição do segurado especial, será atribuído ao grupo familiar número de Cadastro Específico do INSS - CEI, para fins de recolhimento das contribuições previdenciárias.

(Incluído Lei nº 11.718, de 2008)

(Vide Medida Provisória nº 619, de 2013)

(Revogado pela Lei nº 12.873, de 2013) (Produção de efeito)

Pg. 587. Judicial - JFRJ. Tribunal Regional Federal da 2ª Região TRF-2 de 20/07/2017

g) Extratos comprovando uma conta corrente conjunta às fls. 150/154; h) Comprovantes de residência no endereço da rua Belfort Roxo 351/203 que passo a especificar separadamente, inclusive por serem

Andamento do Processo n. 0500492-04.2017.8.05.0137 - Alvará Judicial - Lei 6858/80 - Levantamento de Valor - 18/07/2017 do TJBA

ADV: TICIANA DA SILVA VESPASIANI (OAB 45835/BA) - Processo 0500492-04.2017.8.05.0137 - Alvará Judicial - Lei 6858/80 - Levantamento de Valor - AUTORA: Ilda Maria de Oliveira Moraes - Decerto por mera

Pg. 357. Judicial I - JEF. Tribunal Regional Federal da 3ª Região TRF-3 de 18/07/2017

5) 20 (vinte) anos, entre 41 (quarenta e um) e 43 (quarenta e três) anos de idade; 6) vitalícia, com 44 (quarenta e quatro) ou mais anos de idade. § 2o A. Serão aplicados, conforme o caso, a regra

Pg. 803. Caderno 2 - Entrância Final - Capital. Diário de Justiça do Estado da Bahia DJBA de 18/07/2017

antecipatória. Em perícia-médica realizada ainda na Seção Judiciária de Campo Formoso, a Dra. Neila Renata A. Souza afirmou o seguinte: "1. A parte autora é portadora de deficiência/moléstia doença

Pg. 1185. Judicial I - Interior SP e MS. Tribunal Regional Federal da 3ª Região TRF-3 de 06/07/2017

Ramalho desde 14/12/1996 até o óbito ocorrido em22/12/2000, responsabilizando-se inclusive pela guarda dos filhos dele.Aduz que o falecido segurado viveu emmatrimônio coma Sra. Rosângela Vilar

Pg. 3526. Judicial - JFRJ. Tribunal Regional Federal da 2ª Região TRF-2 de 06/07/2017

AUTOR: CRISTIANE FAUSTINO XAVIER REU: INSS-INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL A - FUNDAMENTAÇÃO INDIVIDUALIZADA SENTENÇA Vistos etc. Dispensado o relatório, por força do art. 38, da Lei n.º

Andamento do Processo n. 1000863-75.2017.5.02.0061 - RTOrd - 23/06/2017 do TRT-2

Processo Nº RTOrd-1000863-75.2017.5.02.0061 RECLAMANTE ELIZENE ALVES DO NASCIMENTO ADVOGADO KARINA LEMOS DI PROSPERO (OAB: 218607/SP) RECLAMADO EDIFICIO THE WORLD EXECUTIVE FLAT TERCEIRO (1º Grau) -

Pg. 602. Judicial - JFRJ. Tribunal Regional Federal da 2ª Região TRF-2 de 23/06/2017

“Súmula n. 359 - Ressalvada a revisão prevista em lei, os proventos da inatividade regulam-se pela lei vigente ao tempo em que o militar, ou servidor civil, reuniu os requisitos necessários,

Pg. 595. Judiciário. Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região TRT-2 de 23/06/2017

A Lei nº 6.858/1980, em seu artigo 1º, dispõe que “os valores devidos pelos empregadores aos empregados e os montantes das contas individuais do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e do Fundo de

Pg. 6227. Judiciário. Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região TRT-15 de 21/06/2017

CONFAB INDUSTRIAL SOCIEDADE ANONIMA ajuizou, em 24/2/2017, ação de consignação em pagamento em face de LAZARO DE MELO ESTEVES, MARIA BENTO DA SILVA, SYLLAS DE MELO ESTEVES e ANDERSON DE MELO ESTEVES,

×