Artigo 1 do Decreto nº 2.673 de 16 de Julho de 1998

Decreto nº 2.673 de 16 de Julho de 1998

Dispõe sobre o pagamento, pelas empresas estatais federais, de dividendos ou de juros sobre o capital próprio, e dá outras providências.
Art 1º Ressalvado o disposto em lei, os administradores das empresas públicas, sociedades de economia mista, suas subsidiárias e controladas, bem assim das demais sociedades controladas direta ou indiretamente pela União, convocarão assembléia geral de acionistas ou adotarão as providências que se fizerem necessárias, no caso de o capital social pertencer exclusivamente à União, com vistas a inserir, nos seus estatutos sociais, dispositivos que determinem remuneração aos acionistas equivalente a, no mínimo, vinte e cinco por cento do lucro líquido ajustado, apurado em cada exercício social.
§ 1º Para efeito do pagamento da remuneração de que trata o caput, poderá ser computado o valor pago ou creditado a título de juros sobre o capital próprio, nos termos do art. 9º, § 7º, da Lei nº 9.249, de 26 de dezembro de 1995.
§ 2º O recolhimento, ao Tesouro Nacional, de dividendos ou juros, de que trata este Decreto, far-se-á mediante Documento de Arrecadação de Receitas Federais - DARF, observados os prazos a seguir:
(Revogado)
§ 2o O recolhimento, ao Tesouro Nacional, de dividendos ou juros, de que trata este Decreto, far-se-á na Conta Única do Tesouro Nacional, na forma a ser estabelecida pela Secretaria do Tesouro Nacional, nos prazos a seguir: (Redação dada pelo Decreto nº 3.381, de 2000)
I - pelas sociedades por ações, no prazo máximo de dez dias, a partir da data em que se iniciar o pagamento aos demais acionistas;
II - pelas empresas públicas, no prazo máximo de trinta dias, a contar da data da publicação a que se refere o art. 4º deste Decreto.
§ 3º As demais entidades a que se refere este artigo efetuarão o pagamento dos dividendos ou juros à respectiva controladora e aos demais acionistas no prazo máximo de dez dias, a partir da data em que se iniciar o pagamento aos demais acionistas.
§ 4º Os valores dos dividendos e dos juros, a título de remuneração sobre o capital próprio, devidos ao Tesouro Nacional e aos demais acionistas, sofrerão incidência de encargos financeiros equivalentes à Taxa Selic, a partir do encerramento do exercício social até o dia do efetivo recolhimento ou pagamento, sem prejuízo da incidência de juros moratórios quando esse recolhimento não se verificar na data fixada em lei, assembléia ou deliberação do Conselho Diretor.
(Revogado)
§ 4º Sobre os valores dos dividendos e dos juros, a título de remuneração sobre o capital próprio, devidos ao Tesouro Nacional e aos demais acionistas, incidirão encargos financeiros equivalentes à taxa SELIC, a partir do encerramento do exercício social até o dia do efetivo recolhimento ou pagamento, sem prejuízo da incidência de juros moratórios quando esse recolhimento ou pagamento não se verificar na data fixada em lei, assembléia ou deliberação do Conselho Diretor, devendo ser considerada como a taxa diária, para a atualização desse valor durante os cinco dias úteis anteriores à data do pagamento ou recolhimento, a mesma taxa SELIC divulgada no quinto dia útil que antecede o dia da efetiva quitação da obrigação. (Redação dada pelo Decreto nº 3.381, de 2000)
§ 5º Os valores antecipados pelas empresas a seus acionistas, a título de dividendos ou juros sobre o capital próprio, serão corrigidos pela Taxa Selic, desde a data do efetivo pagamento até o encerramento do respectivo exercício social.

Página 60 da Seção 1 do Diário Oficial da União (DOU) de 24 de Março de 2021

21.4. Garantia - Obrigação Especial - Cessão de Direitos Creditórios A CEAGESP fica obrigada a registrar em cobrança, na proporção mínima de 120% dos valores a receber a título de prestação de…

Página 44 da Seção 1 do Diário Oficial da União (DOU) de 16 de Março de 2020

Correspondem às retenções tributárias e outras obrigações. 18.1. Impostos e Taxas Municipais Corresponde ao IPTU e taxas. No terceiro trimestre ocorreu lançamento de IPTU complementar do Entreposto…

DECRETO Nº 10.082, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2019

Autoriza o aumento de capital social da Centrais Elétricas Brasileiras S.A. - Eletrobras.

Página 25 da Seção 1 do Diário Oficial da União (DOU) de 25 de Março de 2019

Correspondem às retenções na fonte de terceiros e outras obrigações tributárias. 18.1 - ICMS a Recolher - O valor total de R$ 86 mil refere-se ao parcelamento em 36 meses realizado junto à Secretaria…

Página 10 da Seção 1 do Diário Oficial da União (DOU) de 27 de Março de 2018

DEMONSTRAÇÃO DA MUTAÇÃO DO INTANGÍVEL Saldo em 31.12.2016 (-) Amortizações no exercício (+) Baixas de amortização de direito de propriedade Saldo final em 31.12.2017 1 6 . FORNECEDORES Serviços…

Tribunal de Justiça do Amapá TJ-AP - AGRAVO DE INSTRUMENTO : AI 0000890-22.2016.8.03.0000 AP

Acórdão Nº: 95664 Processo Nº: 0000890-22.2016.8.03.0000 Relator: Desembargador JOAO LAGES AGRAVO DE INSTRUMENTO Ementa PROCESSO CIVIL. AGRAVO DE INSTRUMENTO. IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA.

Página 7 da Seção 1 do Diário Oficial da União (DOU) de 20 de Março de 2017

18. OBRIGAÇÕES FISCAIS A RECOLHER Imposto de Renda na Fonte - Empregados Imposto de Renda na Fonte - Terceiros ISS de Terceiros ISS - Companhia Impostos Retidos - Lei 10.833/03 Impostos e Taxas…

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJ-DF : 0022977-26.2014.8.07.0001 DF 0022977-26.2014.8.07.0001

. 5. Nos termos do § 4º do artigo 1º do Decreto 2.673 /98, que dispõe sobre o pagamento, pelas empresas estatais... 1ª TURMA CÍVEL Publicado no DJE : 16/06/2016 . Pág.: 270-278 - 16/6/2016 …

Andamento do Processo n. 2014 01 1 096874-7 - 16/06/2016 do TJDF

Número Processo 2014 01 1 096874-7 APC - 0022977-26.2014.8.07.0001 Acórdão 946913 Relator Des. SIMONE LUCINDO Apelante: CENTRAIS ELETRICAS BRASILEIRAS SA ELETROBRAS Advogado (s) CLEBER MARQUES REIS…

Página 274 do Diário de Justiça do Distrito Federal (DJDF) de 16 de Junho de 2016

se encontrar em área de preservação ambiental, seja em virtude da não concessão de alvará de funcionamento, não há como ser afastada a obrigação de pagamento de alugueres com base em tais argumentos.

Termo ou Assunto relacionado