Artigo 4 da Lei nº 3.244 de 14 de Agosto de 1957

Lei nº 3.244 de 14 de Agosto de 1957

Dispõe sobre a reforma da tarifa das alfândegas, e dá outras providências.
Art.4º - Quando não houver produção nacional de matéria-prima e de qualquer produto de base, ou a produção nacional desses bens for insuficiente para atender ao consumo interno, poderá ser concedida isenção ou redução do imposto para a importação total ou complementar, conforme o caso. (Redação dada pelo Decreto-Lei nº 63, de 1966)
§ 1º A isenção ou redução do impôsto será concedida mediante prova de aquisição de determinada quota do produto nacional, na fonte de produção, ou prova de recusa, ou incapacidade de fornecimento, dentro do prazo e a preço CIF não superior ao do similar estrangeiro acrescido do impôsto de importação.
(Revogado)
§ 1º A isenção ou redução do impôsto será concedida mediante prova de aquisição de determinada quota do produto nacional, na fonte de produção, ou prova de recusa, ou incapacidade de fornecimento, dentro do prazo e a preço CIF não superior ao do similar estrangeiro acrescido do impôsto de importação.
(Revogado)
§ 1º - A insenção ou redução do imposto, conforme as características de produção e de comercialização, e a critério do Conselho de Política Aduaneira, será concedida: (Redação dada pelo Decreto-Lei nº 63, de 1966)
a) mediante comprovação da inexistência de produção nacional, e, havendo produção, mediante prova, anterior ao desembaraço aduaneiro, de aquisição de quota determinada do produto nacional na respectiva fonte, ou comprovação de recusa, incapacidade ou impossibilidade de fornecimento em prazo e a preço normal; (Incluído pelo Decreto-Lei nº 63, de 1966)
a) mediante comprovação da inexistência de produção nacional, e, havendo produção, mediante prova, anterior ao desembaraço aduaneiro, de aquisição de quota determinada do produto nacional na respectiva fonte, ou comprovação de recusa, incapacidade ou impossibilidade de fornecimento em prazo e a preço normal; (Incluído pelo Decreto-Lei nº 63, de 1966)
d) de país que dificultar a exportação brasileira para seu mercado, ouvido previamente o Ministério das Relações Exteriores;
b) por meio de estabelecimento de quotas tarifárias globais e/ou por período determinado, que não ultrapasse um ano, ou quotas percentuais em relação ao consumo nacional. (Incluído pelo Decreto-Lei nº 63, de 1966)
b) por meio de estabelecimento de quotas tarifárias globais e/ou por período determinado, que não ultrapasse um ano, ou quotas percentuais em relação ao consumo nacional. (Incluído pelo Decreto-Lei nº 63, de 1966)
e) de país que desvalorizar sua moeda ou conceder subsídio à exportação, de forma a frustar os objetivos da Tarifa.
§ 2º A concessão será de caráter geral em relação a cada espécie de produto, garantida a aquisição integral da produção nacional.
(Revogado)
§ 2º A concessão será de caráter geral em relação a cada espécie de produto, garantida a aquisição integral da produção nacional.
(Revogado)
§ 2º - A concessão será de caráter geral em relação a cada espécie de produto, garantida a aquisição integral de produção nacional, observada, quanto ao preço, a definição do Art.3º, do Decreto-Lei nº 37, de 18 de novembro de 1966. (Redação dada pelo Decreto-Lei nº 63, de 1966)
§ 3º - Quando, por motivo de escassez no mercado interno, se tornar imperiosa a aquisição no exterior, de gêneros alimentícios de primeira necessidade, de matérias-primas e de outros produtos de base, poderá ser concedida para a sua importação, por ato do Conselho de Política Aduaneira, isenção do imposto de importação e da taxa de despacho aduaneiro, ouvidos os órgãos ligados à execução da política do abastecimento e da produção. (Incluído pelo Decreto-Lei nº 63, de 1966)
§ 3º - Quando, por motivo de escassez no mercado interno, se tornar imperiosa a aquisição no exterior, de gêneros alimentícios de primeira necessidade, de matérias-primas e de outros produtos de base, poderá ser concedida para a sua importação, por ato do Conselho de Política Aduaneira, isenção do imposto de importação e da taxa de despacho aduaneiro, ouvidos os órgãos ligados à execução da política do abastecimento e da produção. (Incluído pelo Decreto-Lei nº 63, de 1966)
§ 4º - Será no máximo de um ano, a contar da emissão, o prazo de validade dos comprovantes da aquisição da quota de produto nacional prevista neste artigo e nas notas correlatas da Tarifa Aduaneira. (Incluído pelo Decreto-Lei nº 63, de 1966)
§ 5º - A isenção do imposto de importação sobre matéria-prima e outro qualquer produto de base, industrializado ou não, mesmo os de aplicação direta, somente poderá beneficiar a importação complementar da produção nacional se observadas as normas deste artigo. (Incluído pelo Decreto-Lei nº 63, de 1966)
§ 5º - A isenção do imposto de importação sobre matéria-prima e outro qualquer produto de base, industrializado ou não, mesmo os de aplicação direta, somente poderá beneficiar a importação complementar da produção nacional se observadas as normas deste artigo. (Incluído pelo Decreto-Lei nº 63, de 1966)

Intimação - Mandado De Segurança Cível - 5033291-79.2021.4.03.6100 - Disponibilizado em 25/11/2021 - TRF3

NÚMERO ÚNICO: 5033291-79.2021.4.03.6100 POLO ATIVO CIMED INDUSTRIA DE MEDICAMENTOS LTDA ADVOGADO(A/S) DANIELA CRISTINA ISMAEL FLORIANO | 257862/SP MANDADO DE SEGURANÇA CÍVEL (120) Nº…

Tribunal Regional Federal da 4ª Região TRF-4 - APELAÇÃO CIVEL : AC 5006541-26.2017.4.04.7208 SC 5006541-26.2017.4.04.7208

Poder Judiciário TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 4ª REGIAO Apelação Cível Nº 5006541-26.2017.4.04.7208/SC RELATOR: Juiz Federal ALEXANDRE ROSSATO DA SILVA ÁVILA APELANTE: TECNOTÊMPERA TRATAMENTOS…

Intimação - Mandado De Segurança Cível - 5006459-94.2021.4.03.6104 - Disponibilizado em 11/11/2021 - TRF3

NÚMERO ÚNICO: 5006459-94.2021.4.03.6104 POLO ATIVO AXITEC COMPONENTES SOLARES DO BRASIL LTDA ADVOGADO(A/S) GODOFREDO DE SOUZA DANTAS NETO | 17874/BA MANDADO DE SEGURANÇA CÍVEL (120) nº…

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL : AREsp 1932352 SC 2021/0223824-1

AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 1932352 - SC (2021/0223824-1) DECISAO Trata-se de Agravo de decisão que inadmitiu Recurso Especial (art. 105, III, "a" e "c", da CF) interposto contra acórdão assim …

Andamento do Processo n. 1932352 - Agravo em Recurso Especial - 03/11/2021 do STJ

AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 1932352 - SC (2021/0223824-1) RELATOR : MINISTRO HERMAN BENJAMIN AGRAVANTE : FLATS OVER EQUIPAMENTOS DE SEGURANCA EIRELI ADVOGADOS : JOSÉ ANTÔNIO HOMERICH VALDUGA -…

Página 8435 do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de 3 de Novembro de 2021

AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 1932352 - SC (2021/0223824-1) RELATOR : MINISTRO HERMAN BENJAMIN AGRAVANTE : FLATS OVER EQUIPAMENTOS DE SEGURANCA EIRELI ADVOGADOS : JOSÉ ANTÔNIO HOMERICH VALDUGA -…

Tribunal Regional Federal da 4ª Região TRF-4 - APELAÇÃO CIVEL : AC 5001764-10.2017.4.04.7107 RS 5001764-10.2017.4.04.7107

Poder Judiciário TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 4ª REGIAO Apelação Cível Nº 5001764-10.2017.4.04.7107/RS PROCESSO ORIGINÁRIO: Nº 5001764-10.2017.4.04.7107/RS RELATOR: Desembargador Federal RÔMULO…

Intimação - Mandado De Segurança Cível - 5006581-78.2019.4.03.6104 - Disponibilizado em 01/10/2021 - TRF3

NÚMERO ÚNICO: 5006581-78.2019.4.03.6104 POLO ATIVO BARRY CALLEBAUT BRASIL INDUSTRIA E COMERCIO DE PRODUTOS ALIMENTICIOS LTDA ADVOGADO(A/S) THAMIRES ISSA CASTELLO FILETTO | 424846/SP ROGERIO ZARATTINI…

Intimação - Procedimento Comum Cível - 5006502-02.2019.4.03.6104 - Disponibilizado em 21/09/2021 - TRF3

NÚMERO ÚNICO: 5006502-02.2019.4.03.6104 POLO ATIVO LUIZ GUILHERME SARTORI & CIA LTDA - EPP ADVOGADO(A/S) THAMIRES ISSA CASTELLO FILETTO | 424846/SP ROGERIO ZARATTINI CHEBABI | 175402/SP PROCEDIMENTO…

Tribunal Regional Federal da 4ª Região TRF-4 - APELAÇÃO CIVEL : AC 5053537-13.2020.4.04.7100 RS 5053537-13.2020.4.04.7100

Poder Judiciário TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 4ª REGIAO Apelação Cível Nº 5053537-13.2020.4.04.7100/RS RELATOR: Desembargador Federal RÔMULO PIZZOLATTI APELANTE: UNIAO - FAZENDA NACIONAL (RÉU)…