Artigo 26 da Lei nº 9.394 de 20 de Dezembro de 1996

LDBE - Lei nº 9.394 de 20 de Dezembro de 1996

Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional.
Art. 26. Os currículos da educação infantil, do ensino fundamental e do ensino médio devem ter base nacional comum, a ser complementada, em cada sistema de ensino e em cada estabelecimento escolar, por uma parte diversificada, exigida pelas características regionais e locais da sociedade, da cultura, da economia e dos educandos. (Redação dada pela Lei nº 12.796, de 2013)
§ 1º Os currículos a que se refere o caput devem abranger, obrigatoriamente, o estudo da língua portuguesa e da matemática, o conhecimento do mundo físico e natural e da realidade social e política, especialmente do Brasil.
(Revogado)
§ 1º Os currículos a que se refere o caput devem abranger, obrigatoriamente, o estudo da língua portuguesa e da matemática, o conhecimento do mundo físico e natural e da realidade social e política, especialmente da República Federativa do Brasil, observado, na educação infantil, o disposto no art. 31, no ensino fundamental, o disposto no art. 32, e no ensino médio, o disposto no art. 36.
(Revogado)
(Redação dada pela Medida Provisória nº 746, de 2016)
(Revogado)
§ 1º Os currículos a que se refere o caput devem abranger, obrigatoriamente, o estudo da língua portuguesa e da matemática, o conhecimento do mundo físico e natural e da realidade social e política, especialmente do Brasil.
§ 2º O ensino da arte constituirá componente curricular obrigatório, nos diversos níveis da educação básica, de forma a promover o desenvolvimento cultural dos alunos.
(Revogado)
§ 2o O ensino da arte, especialmente em suas expressões regionais, constituirá componente curricular obrigatório nos diversos níveis da educação básica, de forma a promover o desenvolvimento cultural dos alunos. (Redação dada pela Lei nº 12.287, de 2010)
§ 2 º O ensino da arte, especialmente em suas expressões regionais, constituirá componente curricular obrigatório da educação infantil e do ensino fundamental, de forma a promover o desenvolvimento cultural dos alunos.
(Revogado)
(Redação dada pela Medida Provisória nº 746, de 2016)
(Revogado)
§ 2o O ensino da arte, especialmente em suas expressões regionais, constituirá componente curricular obrigatório da educação básica. (Redação dada pela Lei nº 13.415, de 2017)
§ 3º A educação física, integrada à proposta pedagógica da escola, é componente curricular da Educação Básica, ajustando-se às faixas etárias e às condições da população escolar, sendo facultativa nos cursos noturnos.
(Revogado)
§ 3o A educação física, integrada à proposta pedagógica da escola, é componente curricular obrigatório da Educação Básica, ajustando-se às faixas etárias e às condições da população escolar, sendo facultativa nos cursos noturnos. (Redação dada pela Lei nº 10.328, de 12.12.2001)
(Revogado)
§ 3o A educação física, integrada à proposta pedagógica da escola, é componente curricular obrigatório da educação básica, sendo sua prática facultativa ao aluno: (Redação dada pela Lei nº 10.793, de 1º.12.2003)
(Revogado)
§ 3º A educação física, integrada à proposta pedagógica da escola, é componente curricular obrigatório da educação infantil e do ensino fundamental, sendo sua prática facultativa ao aluno:
(Revogado)
(Redação dada pela Medida Provisória nº 746, de 2016)
(Revogado)
§ 3º A educação física, integrada à proposta pedagógica da escola, é componente curricular obrigatório da educação básica, sendo sua prática facultativa ao aluno: (Redação dada pela Lei nº 10.793, de 1º.12.2003)
I – que cumpra jornada de trabalho igual ou superior a seis horas; (Incluído pela Lei nº 10.793, de 1º.12.2003)
II – maior de trinta anos de idade; (Incluído pela Lei nº 10.793, de 1º.12.2003)
III – que estiver prestando serviço militar inicial ou que, em situação similar, estiver obrigado à prática da educação física; (Incluído pela Lei nº 10.793, de 1º.12.2003)
IV – amparado pelo Decreto-Lei no 1.044, de 21 de outubro de 1969; (Incluído pela Lei nº 10.793, de 1º.12.2003)
V – (VETADO) (Incluído pela Lei nº 10.793, de 1º.12.2003)
VI – que tenha prole. (Incluído pela Lei nº 10.793, de 1º.12.2003)
§ 4º O ensino da História do Brasil levará em conta as contribuições das diferentes culturas e etnias para a formação do povo brasileiro, especialmente das matrizes indígena, africana e européia.
§ 5º Na parte diversificada do currículo será incluído, obrigatoriamente, a partir da quinta série, o ensino de pelo menos uma língua estrangeira moderna, cuja escolha ficará a cargo da comunidade escolar, dentro das possibilidades da instituição.
(Revogado)
§ 5 º No currículo do ensino fundamental, será ofertada a língua inglesa a partir do sexto ano.
(Revogado)
(Redação dada pela Medida Provisória nº 746, de 2016)
(Revogado)
§ 5º No currículo do ensino fundamental, a partir do sexto ano, será ofertada a língua inglesa. (Redação dada pela Lei nº 13.415, de 2017)
§ 6o A música deverá ser conteúdo obrigatório, mas não exclusivo, do componente curricular de que trata o § 2o deste artigo. (Incluído pela Lei nº 11.769, de 2008)
§ 6º As artes visuais, a dança, a música e o teatro são as linguagens que constituirão o componente curricular de que trata o § 2o deste artigo. (Redação dada pela Lei nº 13.278, de 2016)
§ 7o Os currículos do ensino fundamental e médio devem incluir os princípios da proteção e defesa civil e a educação ambiental de forma integrada aos conteúdos obrigatórios. (Incluído pela Lei nº 12.608, de 2012)
(Revogado)
§ 7 º A Base Nacional Comum Curricular disporá sobre os temas transversais que poderão ser incluídos nos currículos de que trata o caput.
(Revogado)
(Redação dada pela Medida Provisória nº 746, de 2016
(Revogado)
§ 7º A integralização curricular poderá incluir, a critério dos sistemas de ensino, projetos e pesquisas envolvendo os temas transversais de que trata o caput. (Redação dada pela Lei nº 13.415, de 2017)
§ 8º A exibição de filmes de produção nacional constituirá componente curricular complementar integrado à proposta pedagógica da escola, sendo a sua exibição obrigatória por, no mínimo, 2 (duas) horas mensais. (Incluído pela Lei nº 13.006, de 2014)
§ 9º Conteúdos relativos aos direitos humanos e à prevenção de todas as formas de violência contra a criança e o adolescente serão incluídos, como temas transversais, nos currículos escolares de que trata o caput deste artigo, tendo como diretriz a Lei no 8.069, de 13 de julho de 1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente), observada a produção e distribuição de material didático adequado. (Incluído pela Lei nº 13.010, de 2014)
§ 9º Conteúdos relativos aos direitos humanos e à prevenção de todas as formas de violência contra a criança, o adolescente e a mulher serão incluídos, como temas transversais, nos currículos de que trata o caput deste artigo, observadas as diretrizes da legislação correspondente e a produção e distribuição de material didático adequado a cada nível de ensino. (Redação dada pela Lei nº 14.164, de 2021)
§ 9º-A. A educação alimentar e nutricional será incluída entre os temas transversais de que trata o caput. (Incluído pela Lei nº 13.666, de 2018)
§ 10. A inclusão de novos componentes curriculares de caráter obrigatório na Base Nacional Comum Curricular dependerá de aprovação do Conselho Nacional de Educação e de homologação pelo Ministro de Estado da Educação, ouvidos o Conselho Nacional de Secretários de Educação - Consed e a União Nacional de Dirigentes de Educação - Undime.
(Revogado)
(Incluído pela Medida Provisória nº 746, de 2016)
(Revogado)
§ 10. A inclusão de novos componentes curriculares de caráter obrigatório na Base Nacional Comum Curricular dependerá de aprovação do Conselho Nacional de Educação e de homologação pelo Ministro de Estado da Educação. (Incluído pela Lei nº 13.415, de 2017)
Art. 26-A. Nos estabelecimentos de ensino fundamental e médio, oficiais e particulares, torna-se obrigatório o ensino sobre História e Cultura Afro-Brasileira. (Incluído pela Lei nº 10.639, de 9.1.2003)
(Revogado)
§ 1o O conteúdo programático a que se refere o caput deste artigo incluirá o estudo da História da África e dos Africanos, a luta dos negros no Brasil, a cultura negra brasileira e o negro na formação da sociedade nacional, resgatando a contribuição do povo negro nas áreas social, econômica e política pertinentes à História do Brasil. (Incluído pela Lei nº 10.639, de 9.1.2003)
(Revogado)
§ 2o Os conteúdos referentes à História e Cultura Afro-Brasileira serão ministrados no âmbito de todo o currículo escolar, em especial nas áreas de Educação Artística e de Literatura e História Brasileiras. (Incluído pela Lei nº 10.639, de 9.1.2003)
(Revogado)
§ 3o (VETADO) (Incluído pela Lei nº 10.639, de 9.1.2003)
(Revogado)
Art. 26-A. Nos estabelecimentos de ensino fundamental e de ensino médio, públicos e privados, torna-se obrigatório o estudo da história e cultura afro-brasileira e indígena. (Redação dada pela Lei nº 11.645, de 2008).
§ 1º O conteúdo programático a que se refere este artigo incluirá diversos aspectos da história e da cultura que caracterizam a formação da população brasileira, a partir desses dois grupos étnicos, tais como o estudo da história da África e dos africanos, a luta dos negros e dos povos indígenas no Brasil, a cultura negra e indígena brasileira e o negro e o índio na formação da sociedade nacional, resgatando as suas contribuições nas áreas social, econômica e política, pertinentes à história do Brasil. (Redação dada pela Lei nº 11.645, de 2008).
§ 2º Os conteúdos referentes à história e cultura afro-brasileira e dos povos indígenas brasileiros serão ministrados no âmbito de todo o currículo escolar, em especial nas áreas de educação artística e de literatura e história brasileiras. (Redação dada pela Lei nº 11.645, de 2008).

Reconvenção - TRT02 - Ação Depósito / Diferença de Recolhimento - Atord - contra Instituicao Paulista Adventista de Educ e ASS Social

Fls.: 2 C ONVENÇÃO C OLETIVA DE T RABALHO DOS A UXILIARES DE A DMINISTRAÇÃO E SCOLAR educação infantil, ensino fundamental e médio, curso técnico e profissionalizante e pré-vestibular 2019/2021 …

Página 107 da UNICO do Diário Oficial do Estado do Acre (DOEAC) de 24 de Junho de 2022

PORTARIA Nº 185/2022 O Prefeito do Município de Plácido de Castro, Senhor Camilo da Silva, no uso de suas atribuições legais em conformidade com a Lei Orgânica do Município� R E S O L V E: Art� 1º -…

Página 112 da UNICO do Diário Oficial do Estado do Acre (DOEAC) de 24 de Junho de 2022

Para a elaboração do Regimento Escolar deve-se observar a seguinte estrutura e seus detalhamentos: TITULO I DA IDENTIFICAÇÃO DO ESTABELECIMENTO CAPITULO I Do Estabelecimento de Ensino Seção I -Da…

Andamento do Processo n. 000XXXX-47.2020.5.09.0018 - ROT - 22/06/2022 do TRT-9

Processo Nº ROT-000XXXX-47.2020.5.09.0018 Relator ARION MAZURKEVIC RECORRENTE EDITORA E DISTRIBUIDORA EDUCACIONAL S/A ADVOGADO DURVAL ANTONIO SGARIONI JUNIOR(OAB: 14954/PR) ADVOGADO GABRIEL RUFINI…

Andamento do Processo n. 000XXXX-47.2020.5.09.0018 - ROT - 22/06/2022 do TRT-9

Processo Nº ROT-000XXXX-47.2020.5.09.0018 Relator ARION MAZURKEVIC RECORRENTE EDITORA E DISTRIBUIDORA EDUCACIONAL S/A ADVOGADO DURVAL ANTONIO SGARIONI JUNIOR(OAB: 14954/PR) ADVOGADO GABRIEL RUFINI…

Petição Inicial - TJSP - Ação Aposentadoria por Tempo de Contribuição (Art. 55/6) - Procedimento Comum Cível

MINISTÉRIO DO TRABALHO 2 196 8 14207 Comunicação de Dispensa - CD fERNANOO R U A S ENDEREÇO DO DISPENSADO ( DISTRITO, ETC .) O I A S O E ALMEIDA 9 1 6 C E N T R O TELEFONE PARA CONTATO CEP DO…

Página 32 do Associação Amazonense de Municípios (AAM) de 20 de Junho de 2022

§3º - Caso o servidor venha a solicitar exoneração do cargo ou aposentadoria, antes de cumprido o período de permanência previsto no §2º deste artigo, deverá ressarcir a municipalidade o valor…

Petição Inicial - TJSP - Ação de Orbi Gação de Fazer C/ Cpedido de Tutela Antecipada de Urgência - Procedimento Comum Cível

EXCELENTÍ SSI MO SENHOR DOUTOR JUI Z DE DI REI TO DA _ VARA DA FAZENDA PUBLI CA DA COMARCA DE I LHABELA/ SP. LAI Z MARTI NS TORRES, brasileira, professora, portadora do RG n. , inscrito no CPF sob o…

Reconvenção - TRT02 - Ação Grupo Econômico - Atord - contra Instituto Educacional BAT, Centro Educacional ABC da Crianca EIRELI, Centro Educacional Bauer LAR EIRELI e Centro de Recreacao Infantil PE de Feijao

Fls.: 2 C ONVENÇÃO C OLETIVA DE T RABALHO DOS A UXILIARES DE A DMINISTRAÇÃO E SCOLAR educação infantil, ensino fundamental e médio, curso técnico e profissionalizante e pré-vestibular 2016/2018 …

Andamento do Processo n. 100XXXX-94.2022.8.26.0405 - Procedimento do Juizado Especial Cível - 15/06/2022 do TJSP

Processo 100XXXX-94.2022.8.26.0405 - Procedimento do Juizado Especial Cível - Abono Pecuniário (Art. 78 Lei 8.112/1990) - Janice Aparecida de Oliveira - Vistos. Relatório dispensado, nos termos do…