Artigo 56 da Lei nº 9.430 de 27 de Dezembro de 1996

Lei nº 9.430 de 27 de Dezembro de 1996

Dispõe sobre a legislação tributária federal, as contribuições para a seguridade social, o processo administrativo de consulta e dá outras providências.
Art. 56. As sociedades civis de prestação de serviços de profissão legalmente regulamentada passam a contribuir para a seguridade social com base na receita bruta da prestação de serviços, observadas as normas da Lei Complementar nº 70, de 30 de dezembro de 1991.
Parágrafo único. Para efeito da incidência da contribuição de que trata este artigo, serão consideradas as receitas auferidas a partir do mês de abril de 1997.
Art. 56-A. A entidade privada de abrangência nacional e sem fins lucrativos, constituída pela conjunto das cooperativas de crédito e dos bancos cooperativos, na forma da legislação e regulamentação próprias, destinada a administrar mecanismo de proteção a titulares de créditos contra essas instituições e a contribuir para a manutenção da estabilidade e a prevenção de insolvência e de outros riscos dessas instituições, é isenta do imposto de renda, inclusive do incidente sobre ganhos líquidos mensais e do retido na fonte sobre os rendimentos de aplicação financeira de renda fixa e de renda variável, bem como da contribuição social sobre o lucro líquido. (Incluído pela Lei nº 12.873, de 2013)
§ 1o Para efeito de gozo da isenção, a referida entidade deverá ter seu estatuto e seu regulamento aprovados pela Conselho Monetário Nacional. (Incluído pela Lei nº 12.873, de 2013)
§ 2o Ficam autorizadas as transferências, para a entidade mencionada no caput, de recursos oriundos de recolhimentos realizados pelas cooperativas de crédito e bancos cooperativos, de forma direta ou indireta, ao Fundo Garantidor de Crédito de que trata o art. 4o da Lei no 9.710, de 19 de novembro de 1998. (Incluído pela Lei nº 12.873, de 2013)
§ 3o As transferências dos recursos de que trata o § 2o não serão tributadas, nos termos deste artigo. (Incluído pela Lei nº 12.873, de 2013)
§ 4o Em caso de dissolução, por qualquer motivo, da entidade de que trata o caput, os recursos eventualmente devolvidos às associadas estarão sujeitos à tributação na instituição recebedora, na forma da legislação vigente. (Incluído pela Lei nº 12.873, de 2013)
§ 5o O disposto neste artigo entra em vigor no dia seguinte ao da aprovação pela Conselho Monetário Nacional do estatuto e do regulamento da entidade de que trata o caput. (Incluído pela Lei nº 12.873, de 2013)
Associações de Poupança e Empréstimo

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Apelação Cível : AC 1005701-71.2016.8.26.0451 SP 1005701-71.2016.8.26.0451

art. 56 da Lei 9.430/1996 e art. 6º, II, da LC 70/1991 não se resolveria por critérios hierárquicos, mas por critérios... e do Artigo 65 da Lei Complementar n. 444, de 27 de dezembro de 1985;”. …

Andamento do Processo n. 0019296-97.2004.4.02.5101 - Apelacao em Mandado de Segurança - 22/12/2020 do TRF-2

legítima a revogação da isenção estabelecida no art. 6º, II, da Lei Complementar 70/91 pelo art. 56, da Lei 9430/96, dado... sobrestado até o julgamento definitivo do STF no RE 377.457 (fl. …

Página 43 da Judicial - TRF do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) de 22 de Dezembro de 2020

estabelecida no art. 6º, II, da Lei Complementar 70/91 pelo art. 56, da Lei 9430/96, dado que a LC 70/91 é apenas... definitivo do STF no RE 377.457 (fl. 206) e os autos retornaram a esta …

Página 1354 do Diário de Justiça do Estado de Rondônia (DJRO) de 11 de Dezembro de 2020

Máquinas Pesadas, provou, por meio de suas fichas financeiras (ID Num. 45614252), que recebe o adicional de insalubridade desde junho de 2018. Nesse sentido, como se trata de pleito de percepção de…

Página 1357 do Diário de Justiça do Estado de Rondônia (DJRO) de 11 de Dezembro de 2020

insalubridade desde junho de 2018. Nesse sentido, como se trata de pleito de percepção de diferença de verba paga à título de insalubridade, portanto, trata-se de prova já existente, não havendo que…

Página 1360 do Diário de Justiça do Estado de Rondônia (DJRO) de 11 de Dezembro de 2020

prova já existente, não havendo que se falar em perícia para tal comprovação pelo autor. Explico. O pleito para receber apenas a diferença do adicional não depende de perícia, isso porque o exercício…

Página 309 da Judicial I - Capital SP do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) de 11 de Dezembro de 2020

- CUMULATIVIDADE - ENCARGO - COFINS -REVOGAÇÃO DE ISENÇÃO - ART. 56 DA LEI 9.430/96 - CONSTITUCIONALIDADE 1. Correta... a inconstitucionalidade material e formal do artigo 13 da Lei

Página 310 da Judicial I - Capital SP do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) de 11 de Dezembro de 2020

, nos termos do art. 2º da Lei n.º 5.421/68, que revogou a limitação de 30%prevista no artigo 16 da Lei 4.862/65. 7. Acessórios... a revogação da isenção do recolhimento da COFINS, por sociedade …

Tribunal Regional Federal da 3ª Região TRF-3 - APELAÇÃO CÍVEL : ApCiv 5001169-03.2018.4.03.6105 SP

MATERIALMENTE ORDINÁRIA). REVOGAÇAO. ART. 56 DA LEI N. 9.430/96. OCORRÊNCIA. PRECEDENTE DE RECURSO REPRESENTATIVO..., esta deverá ser realizada nos termos do artigo 74, da Lei 9.430/96, com as …

Andamento do Processo n. 5001169-03.2018.4.03.6105 - Apelação Cível - 10/12/2020 do TRF-3

APELAÇÃO CÍVEL(198) Nº 5001169-03.2018.4.03.6105 RELATOR:Gab. 09 - DES. FED. NELTON DOS SANTOS APELANTE:CHEMLUB PRODUTOS QUIMICOS LTDA Advogado do(a)APELANTE:DANIELHENRIQUE CACIATO - SP185874-A…

Termo ou Assunto relacionado