Artigo 3 da Lei nº 7.802 de 11 de Julho de 1989

Lei nº 7.802 de 11 de Julho de 1989

Dispõe sobre a pesquisa, a experimentação, a produção, a embalagem e rotulagem, o transporte, o armazenamento, a comercialização, a propaganda comercial, a utilização, a importação, a exportação, o destino final dos resíduos e embalagens, o registro, a classificação, o controle, a inspeção e a fiscalização de agrotóxicos, seus componentes e afins, e dá outras providências.
Art. 3º Os agrotóxicos, seus componentes e afins, de acordo com definição do art. 2º desta Lei, só poderão ser produzidos, exportados, importados, comercializados e utilizados, se previamente registrados em órgão federal, de acordo com as diretrizes e exigências dos órgãos federais responsáveis pelos setores da saúde, do meio ambiente e da agricultura.
§ 1º Fica criado o registro especial temporário para agrotóxicos, seus componentes e afins, quando se destinarem à pesquisa e à experimentação.
§ 2º Os registrantes e titulares de registro fornecerão, obrigatoriamente, à União, as inovações concernentes aos dados fornecidos para o registro de seus produtos.
§ 3º Entidades públicas e privadas de ensino, assistência técnica e pesquisa poderão realizar experimentação e pesquisas, e poderão fornecer laudos no campo da agronomia, toxicologia, resíduos, química e meio ambiente.
§ 4º Quando organizações internacionais responsáveis pela saúde, alimentação ou meio ambiente, das quais o Brasil seja membro integrante ou signatário de acordos e convênios, alertarem para riscos ou desaconselharem o uso de agrotóxicos, seus componentes e afins, caberá à autoridade competente tomar imediatas providências, sob pena de responsabilidade.
§ 5º O registro para novo produto agrotóxico, seus componentes e afins, será concedido se a sua ação tóxica sobre o ser humano e o meio ambiente for comprovadamente igual ou menor do que a daqueles já registrados, para o mesmo fim, segundo os parâmetros fixados na regulamentação desta Lei.
§ 6º Fica proibido o registro de agrotóxicos, seus componentes e afins:
a) para os quais o Brasil não disponha de métodos para desativação de seus componentes, de modo a impedir que os seus resíduos remanescentes provoquem riscos ao meio ambiente e à saúde pública;
b) para os quais não haja antídoto ou tratamento eficaz no Brasil;
c) que revelem características teratogênicas, carcinogênicas ou mutagênicas, de acordo com os resultados atualizados de experiências da comunidade científica;
d) que provoquem distúrbios hormonais, danos ao aparelho reprodutor, de acordo com procedimentos e experiências atualizadas na comunidade científica;
e) que se revelem mais perigosos para o homem do que os testes de laboratório, com animais, tenham podido demonstrar, segundo critérios técnicos e científicos atualizados;
f) cujas características causem danos ao meio ambiente.
há 6 dias

Página 95 do DOERS (DOERS) de 17 de Janeiro de 2022

Departamento Administrativo ROMANO SCAPIN Av. Getúlio Vargas, 1384 Porto Alegre / RS / 90150-900 Diversos Protocolo: 2022000666396 NOTIFICAÇÃO Com fulcro no artigo 17 da Lei Federal 7.802/1989, e no…

Petição - Ação Agrotóxicos

11/01/2022 Número: Classe: AÇÃO CIVIL PÚBLICA CÍVEL Órgão julgador: 1a Vara Federal de Dourados Última distribuição : 30/03/2020 Valor da causa: Assuntos: Agrotóxicos Segredo de justiça? NÃO Justiça…

Petição - Ação Agrotóxicos

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL P ROCURADORIA DA EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) JUIZ(ÍZA) FEDERAL DA 1a VARA DA 2a SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL - DOURADOS Autos n. O MINISTÉRIO PÚBLICO…

Supremo Tribunal Federal STF - RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO : ARE 5003957-35.2016.4.04.7106 RS 5003957-35.2016.4.04.7106

DECISAO 1. O presente agravo foi interposto pela União contra decisão proferida pelo Vice-Presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região que inadmitiu o recurso extraordinário à anotação de …

Andamento do Processo n. 1.355.930 - Recurso Extraordinário / Agravo - 10/01/2022 do STF

RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.355.930 (1850) ORIGEM : 50039573520164047106 - TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 4ª REGIÃO PROCED. : RIO GRANDE DO SUL RELATOR :MIN. NUNES MARQUES RECTE.(S) : UNIÃO…

Página 633 do Supremo Tribunal Federal (STF) de 10 de Janeiro de 2022

1. O presente agravo foi interposto pela União contra decisão proferida pelo Vice-Presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região que inadmitiu o recurso extraordinário à anotação de que a…

Intimação - Ação Penal - Procedimento Ordinário - 0002482-59.2019.8.16.0057 - Disponibilizado em 03/01/2022 - TJPR

NÚMERO ÚNICO: 0002482-59.2019.8.16.0057 POLO ATIVO MINISTéRIO PúBLICO DO ESTADO DO PARANá POLO PASSIVO ANDERSON CARLOS VIANA DE SOUZA ADVOGADO(A/S) ELIANE MARCIA PAIM MARTINS | 47232/PR PODER…

Petição - Ação Revogação/Concessão de Licença Ambiental

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DE DIREITO DA 3a VARA CÍVEL DA COMARCA DE RONDONÓPOLIS-MT Autos : Ação Civil Pública n. Requerente : Requeridos : ESTADO DE MATO GROSSO E OUTROS O ESTADO DE MATO GROSSO,…
mês passado

Página 747 do DOERS (DOERS) de 23 de Dezembro de 2021

Com fulcro no artigo 17 da Lei Federal 7.802/1989, e no artigo 86 do Decreto Federal nº 4.074/2002 NOTIFICAMOS a autuada Prática Comércio de Insumos Ltda , CNPJ nº 30.982.210/0001-93, que se encontra…

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul TJ-RS - Embargos de Declaração Cível : EMBDECCV 0050519-37.2021.8.21.7000 RS

EMBARGOS DE DECLARAÇÃO. APELAÇÃO CÍVEL. DIREITO PÚBLICO NÃO ESPECIFICADO. MANDADO DE SEGURANÇA PREVENTIVO. FUNDAÇÃO ESTADUAL DE PROTEÇÃO AMBIENTAL HENRIQUE LUIS ROESSLER ? FEPAM. RESTRIÇÕES DE …