Artigo 59 da Lei nº 8.245 de 18 de Outubro de 1991

LINQ - Lei nº 8.245 de 18 de Outubro de 1991

Dispõe sobre as locações dos imóveis urbanos e os procedimentos a elas pertinentes.
Art. 59. Com as modificações constantes deste capítulo, as ações de despejo terão o rito ordinário.
§ 1º Conceder - se - á liminar para desocupação em quinze dias, independentemente da audiência da parte contrária e desde que prestada a caução no valor equivalente a três meses de aluguel, nas ações que tiverem por fundamento exclusivo:
I - o descumprimento do mútuo acordo (art. 9º, inciso I), celebrado por escrito e assinado pelas partes e por duas testemunhas, no qual tenha sido ajustado o prazo mínimo de seis meses para desocupação, contado da assinatura do instrumento;
II - o disposto no inciso II do art. 47, havendo prova escrita da rescisão do contrato de trabalho ou sendo ela demonstrada em audiência prévia;
III - o término do prazo da locação para temporada, tendo sido proposta a ação de despejo em até trinta dias após o vencimento do contrato;
IV - a morte do locatário sem deixar sucessor legítimo na locação, de acordo com o referido no inciso I do art. 11, permanecendo no imóvel pessoas não autorizadas por lei;
V - a permanência do sublocatário no imóvel, extinta a locação, celebrada com o locatário.
VI - o disposto no inciso IV do art. 9o, havendo a necessidade de se produzir reparações urgentes no imóvel, determinadas pelo poder público, que não possam ser normalmente executadas com a permanência do locatário, ou, podendo, ele se recuse a consenti-las; (Incluído pela Lei nº 12.112, de 2009)
VII - o término do prazo notificatório previsto no parágrafo único do art. 40, sem apresentação de nova garantia apta a manter a segurança inaugural do contrato; (Incluído pela Lei nº 12.112, de 2009)
VIII - o término do prazo da locação não residencial, tendo sido proposta a ação em até 30 (trinta) dias do termo ou do cumprimento de notificação comunicando o intento de retomada; (Incluído pela Lei nº 12.112, de 2009)
IX - a falta de pagamento de aluguel e acessórios da locação no vencimento, estando o contrato desprovido de qualquer das garantias previstas no art. 37, por não ter sido contratada ou em caso de extinção ou pedido de exoneração dela, independentemente de motivo. (Incluído pela Lei nº 12.112, de 2009)
2º Qualquer que seja o fundamento da ação dar - se - á ciência do pedido aos sublocatários, que poderão intervir no processo como assistentes.
§ 3o No caso do inciso IX do § 1o deste artigo, poderá o locatário evitar a rescisão da locação e elidir a liminar de desocupação se, dentro dos 15 (quinze) dias concedidos para a desocupação do imóvel e independentemente de cálculo, efetuar depósito judicial que contemple a totalidade dos valores devidos, na forma prevista no inciso II do art. 62. (Incluído pela Lei nº 12.112, de 2009)

Análise do conflito entre os direitos do locador e do locatário no âmbito da ação de despejo diante do advento da Lei 12.122/09

ANÁLISE DO CONFLITO ENTRE OS DIREITOS DO LOCADOR E DO LOCATÁRIO NO ÂMBITO DA AÇÃO DE DESPEJO DIANTE DO ADVENTO DA LEI 12.122 /09 E DAS ALTERAÇÕES PROMOVIDAS NA LEI Nº 8.245 /91 Resumo O presente…
1
0
Daniela Siqueira, Advogado
há 2 meses

Como não errar na elaboração do contrato de locação

O contrato de locação é um documento essencial para estabelecer os termos e condições da relação entre o locador (proprietário) e o locatário (inquilino) de um imóvel. É a máxima do direito: “o…
1
0
Gabriel Gambôa, Advogado
há 4 meses

O despejo liminar e as garantias contratuais

A Lei nº 12.112/2009 trouxe importantes inovações na Lei nº 8.245/91, que regula as locações urbanas, residenciais e comerciais. Dentre tais novidades destaca-se a possibilidade de obtenção de…
1
0
Fabiana Mendes, Advogado
há 4 meses

DESPEJO: Como fazer um inquilino inadimplente desocupar o imóvel?

A ação de despejo por falta de pagamento é um procedimento jurídico em que o locador busca reaver a posse do bem em razão da inadimplência do inquilino. Quando o proprietário/locador já tentou…
1
1

Da Prescindibilidade De Prestar Caução para despejo liminar

A Lei de Locações (lei n. 8.245/91) regulamenta as locações de imóveis urbanos, criando direitos e obrigações para o locatário e o locador, e cria um sistema de locação que salvaguarda principalmente…
2
0

Ação de Despejo contra Locatário Devedor

A ação de despejo é um procedimento judicial que protege o proprietário de um imóvel (locador) e o ajuda a retomar a sua posse quando o locatário não está cumprindo com os pagamentos acordados no…
2
0

Lei do Inquilinato - Cumulação de pedidos e a obrigatoriedade das notificações extrajudiciais.

Como se sabe a cobrança de alugueis e o despejo está prevista na Lei do Inquilinato , nº 8.245 criada em 1991. Após a criação dessa lei o processo de despejo se tornou muito mais célere. Desse modo,…
9
2
99Contratos, Estudante de Direito
há 6 meses

Alugando um Imóvel para Temporada: Direitos e Regulamentações

Alugar um imóvel para temporada é uma opção muito comum para quem deseja aproveitar um período temporário em uma cidade, para férias, cursos, tratamentos de saúde ou até mesmo enquanto seu imóvel…
1
0
99Contratos, Estudante de Direito
há 7 meses

As Vantagens da Locação de Imóveis sem Garantia: Uma Análise Detalhada

A locação de imóveis é uma prática comum em todo o mundo, e a segurança das partes envolvidas é um aspecto fundamental para o sucesso desse processo. Tradicionalmente, uma garantia é exigida para…
1
0
99Contratos, Estudante de Direito
há 7 meses

Como Agir quando o Inquilino não Paga o Aluguel: Um Guia Completo

A relação entre locadores e inquilinos é fundamental no mercado de aluguel de imóveis, mas às vezes essa parceria pode se deteriorar devido à falta de pagamento do aluguel por parte do inquilino.
2
0