Artigo 10 da Lei nº 9.263 de 12 de Janeiro de 1996

Lei nº 9.263 de 12 de Janeiro de 1996

Regula o § 7º do art. 226 da Constituição Federal, que trata do planejamento familiar, estabelece penalidades e dá outras providências.
Art. 10. Somente é permitida a esterilização voluntária nas seguintes situações: (Artigo vetado e mantido pelo Congresso Nacional - Mensagem nº 928, de 19.8.1997)
I - em homens e mulheres com capacidade civil plena e maiores de vinte e cinco anos de idade ou, pelo menos, com dois filhos vivos, desde que observado o prazo mínimo de sessenta dias entre a manifestação da vontade e o ato cirúrgico, período no qual será propiciado à pessoa interessada acesso a serviço de regulação da fecundidade, incluindo aconselhamento por equipe multidisciplinar, visando desencorajar a esterilização precoce;
(Revogado)
I - em homens e mulheres com capacidade civil plena e maiores de 21 (vinte e um) anos de idade ou, pelo menos, com 2 (dois) filhos vivos, desde que observado o prazo mínimo de 60 (sessenta) dias entre a manifestação da vontade e o ato cirúrgico, período no qual será propiciado à pessoa interessada acesso a serviço de regulação da fecundidade, inclusive aconselhamento por equipe multidisciplinar, com vistas a desencorajar a esterilização precoce; (Redação dada pela Lei nº 14.443, de 2022) Vigência
II - risco à vida ou à saúde da mulher ou do futuro concepto, testemunhado em relatório escrito e assinado por dois médicos.
§ 1º É condição para que se realize a esterilização o registro de expressa manifestação da vontade em documento escrito e firmado, após a informação a respeito dos riscos da cirurgia, possíveis efeitos colaterais, dificuldades de sua reversão e opções de contracepção reversíveis existentes.
§ 2º É vedada a esterilização cirúrgica em mulher durante os períodos de parto ou aborto, exceto nos casos de comprovada necessidade, por cesarianas sucessivas anteriores.
(Revogado)
§ 2º A esterilização cirúrgica em mulher durante o período de parto será garantida à solicitante se observados o prazo mínimo de 60 (sessenta) dias entre a manifestação da vontade e o parto e as devidas condições médicas. (Redação dada pela Lei nº 14.443, de 2022) Vigência
§ 3º Não será considerada a manifestação de vontade, na forma do § 1º, expressa durante ocorrência de alterações na capacidade de discernimento por influência de álcool, drogas, estados emocionais alterados ou incapacidade mental temporária ou permanente.
§ 4º A esterilização cirúrgica como método contraceptivo somente será executada através da laqueadura tubária, vasectomia ou de outro método cientificamente aceito, sendo vedada através da histerectomia e ooforectomia.
§ 5º Na vigência de sociedade conjugal, a esterilização depende do consentimento expresso de ambos os cônjuges. (Vide Lei nº 14.443, de 2022) Vigência
(Revogado pela Lei nº 14.443, de 2022) Vigência
§ 5º (Revogado). (Redação dada pela Lei nº 14.443, de 2022) Vigência
§ 6º A esterilização cirúrgica em pessoas absolutamente incapazes somente poderá ocorrer mediante autorização judicial, regulamentada na forma da Lei.

Petição Inicial - TJMG - Ação de Reparação por Danos Morais e Materiais - [Cível] Procedimento Comum Cível - contra Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus

EXCELENTÍSSIMO (A) SENHOR (A) JUIZ (ÍZA) DE DIREITO DA __ VARA CÍVEL DA COMARCA DE JUIZ DE FORA/MG. , brasileira, casada, técnica de enfermagem, inscrita no CPF sob o nº. , com endereço na , nº 335,…
0
0

Petição - TJMG - Ação Indenização por Dano Moral - [Cível] Procedimento Comum Cível - contra Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus

AO JUÍZO DA 5a VARA CÍVEL DA COMARCA DE JUIZ DE FORA/MG Processo nº: , já qualificada nos autos da Ação de Responsabilidade Civil de número em epígrafe, a qual move em desfavor de HOSPITAL E…
0
0

Petição Inicial - TJSP - Ação de Indenização por Danos Morais por Erro Médico c/c Obrigação de Fazer e Pedido de Liminar - Procedimento Comum Cível - contra Amil Assistência Médica Internacional

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA ___ VARA CÍVEL DO FORO REGIONAL DE SANTO AMARO - SP. , brasileira, casada, analista financeiro, portadora do RG/SP n. 41.017.137 SSP-SP, inscrita no…
0
0

Elementos de Prova - TJSP - Ação Indenização por Dano Moral - Apelação Cível - de Notre Dame Intermédica Saúde

EXCELENTÍSSIMA SENHORA JUIZA DE DIREITO DA 1a VARA CÍVEL DO FORO REGIONAL XV - BUTANTÃ - SÃO PAULO Processo n°: , já qualificada aos autos em epígrafe, por seu advogado, que a esta subscreve, vem,…
0
0

Contrarrazões - TJSP - Ação Indenização por Dano Moral - Apelação Cível - de Notre Dame Intermédica Saúde

EXCELENTÍSSIMA SENHORA DOUTORA JUIZA DE DIREITO DA 1a VARA CÍVEL O FORO REGIONAL XV - BUTANTÃ - SÃO PAULO Processo n°: , já qualificada aos autos em epígrafe, por seu advogado, que a esta subscreve,…
0
0

Contestação - TJSP - Ação Indenização por Dano Moral - Apelação Cível - de Notre Dame Intermédica Saúde

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA 1a VARA CÍVEL DO FORO REGIONAL DO BUTATÃ DA COMARCA DE SÃO PAULO-SP Processo n° NOTRE DAME INTERMÉDICA SAÚDE S.A. atual mantenedora do HOSPITAL E…
0
0

Petição (Outras) - TJSP - Ação Indenização por Dano Moral - Apelação Cível - de Notre Dame Intermédica Saúde

EXCELENTÍSSIMA SENHORA DOUTORA JUIZA DE DIREITO DA 1a VARA CÍVEL DO FORO REGIONAL XV - BUTANTÃ - SÃO PAULO Processo n°: , já qualificada aos autos em epígrafe, por seu advogado, que a esta subscreve,…
0
0

Petição Inicial - TJBA - Ação de Reparação de Danos Morais com Pedido de Tutela de Urgência - Procedimento Comum Cível - contra Municipio de Central

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA ___ VARA CÍVEL DA COMARCA DE CENTRAL - BA , brasileira, solteira, portadora da Cédula de Identidade n° e inscrita no CPF sob o n° , cartão SUS n° ,…
1
0

Petição Inicial - TJBA - Ação de Reparação de Danos Morais com Pedido de Tutela de Urgência - Procedimento Comum Cível - contra Municipio de Central

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA ___ VARA CÍVEL DA COMARCA DE CENTRAL - BA , brasileira, solteira, portadora da Cédula de Identidade n° e inscrita no CPF sob o n° , cartão SUS n° ,…
1
0

Contestação - TJSC - Ação Erro Médico - Procedimento do Juizado Especial Cível

EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) DOUTOR(A) JUIZ(A) DE DIREITO DO JUIZADO ESPECIAL CÍVEL DA COMARCA DE CRICIÚMA - ESTADO DE SANTA CATARINA. Processo n° Requerente: Requeridas: Criciúma Cooperativa de…
0
0